Lista de questão: Demografia-Crescimento Demográfico e Teorias        Quantidade de questões: 120        Criada por: MARCIO PADOVANI

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

1)

Em 1500, a Europa contava com cerca de 80 milhões de habitantes; em 1800, atingia aproximadamente 190 milhões. Londres, em 1378, contava com 50 mil habitantes; em 1600, com 200 mil; em 1800, com mais de um milhão. Das alternativas abaixo, apenas uma delas não pode ser apresentada como um dos motivos para este crescimento populacional.

A)

Abolição do celibato sacerdotal adotado nos países protestantes.

B)

Implemento de inovações tecnológicas nas práticas agrícolas da época.

C)

Surgimento de novas oportunidades de emprego proporcionado pela Revolução Comercial.

D)

Deslocamento populacional do campo para a cidade.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

2)

“Hoje totalizam 26 [regiões metropolitanas]. O conjunto metropolitano reúne atualmente 413 municípios, onde vivem pouco mais de 68 milhões de habitantes, distribuídos em aproximadamente 167 mil quilômetros quadrados [...]”

(Luiz Cesar de Queiroz RIBEIRO. Metrópoles: entre a coesão e a fragmentação, a cooperação e o conflito. São Paulo: Fund. PerseuAbramo, 2004, p. 9)

 

Como decorrência da condição demográfica das regiões metropolitanas deve-se concluir que

A)

esse é o motivo da criação (1988) da figura dos governos metropolitanos, para coordenar as ações públicas, antes diluídas em vários municípios.

B)

essa condição explica e, ao mesmo tempo, favorece o maior dinamismo econômico dessas regiões, o que é expresso também pela concentração do PIB.

C)

a formação dessas imensas concentrações acaba resultando numa condição inadministrável, o que é a principal causa da violência urbana, por exemplo.

D)

a elevada densidade demográfica que existe em boa parte delas é responsável pelas dificuldades incontornáveis para a criação de serviços públicos decentes.

E)

as condições ambientais precárias decorrem dessa concentração, visto, por exemplo, a impossibilidade em se conter os malefícios ocasionados pelo excesso de lixo.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

3)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010geog38.pnghttp://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010geog39.png

Com relação às condições da população urbana mundial, é correto afirmar que:

 

I. a maior parte da população urbana mundial vive em boas condições, pois está localizada nos países centrais.

II. a maior parte da população urbana mundial vive sem os serviços urbanos mais básicos como saneamento, habitação, saúde, educação e transporte.

III. as estatísticas mostram uma considerável melhora nas condições de vida da população urbana mundial, destacando-se, principalmente, os países da periferia.

 

É verdadeiro o que se afirma em

A)

I e II apenas.

B)

I, II e III.

C)

II apenas.

D)

II e III apenas.

E)

III apenas.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

4)

Sobre estrutura da população mundial e brasileira, pode-se afirmar:

A)

A velhice demográfica é uma característica dos países da África e da América Latina.

B)

A pirâmide etária dos países subdesenvolvidos costuma apresentar uma base bem mais estreita e um ápice bem mais largo do que a dos países desenvolvidos.

C)

O grau de instrução varia entre a população de vários países, todavia ele não interfere no crescimento demográfico nem na expectativa de vida da população.

D)

A pirâmide etária resulta da interação de dois elementos básicos, que são o crescimento vegetativo e a expectativa média de vida.

E)

A transição demográfica é uma característica dos países centrais, devido à implantação de políticas antinatalistas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

5)

Nos últimos anos, ocorreu redução gradativa da taxa de crescimento populacional em quase todos os continentes. A seguir, são apresentados dados relativos aos países mais populosos em 2000 e também as projeções para 2050.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/questoesoffline/questoes/95141-1019-imgs/img1.jpg

Com base nas informações dos gráficos mostrados, suponha que, no período 2050-2100, a taxa de crescimento populacional da Índia seja a mesma projetada para o período 2000-2050. Sendo assim, no início do século XXII, a população da Índia, em bilhões de habitantes, será

A)

inferior a 2,0.

B)

superior a 2,0 e inferior a 2,1.

C)

superior a 2,1 e inferior a 2,2.

D)

superior a 2,2 e inferior a 2,3.

E)

superior a 2,3.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

6)

Leia os fragmentos a seguir:

FRAGMENTO 1

“As migrações feitas de maneira espontânea são chamadas de migrações voluntárias. Há, também, as migrações forçadas, que ocorrem quando as pessoas são praticamente obrigadas a abandonar o lugar onde vivem.”

Fonte: SAMPAIO, F. dos S.; SUCENA, I. e S. Geografia: ser protagonista. Editora Edições SM, 2010. v. 2, p. 172.

 

FRAGMENTO 2

ONU pede verba para ajudar refugiados eritreus e etíopes no Sudão Genebra, 26 agosto de 2011 O Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU pediu nesta sexta-feira aos doadores que contribuam para alimentar 90 mil refugiados eritreus e etíopes que vivem em acampamentos no sul e no sudeste do Sudão e que "dependem totalmente" da ajuda internacional. A porta-voz da agência da ONU, Christiane Berthiaume explicou que os refugiados não têm oportunidades de emprego na região onde se encontram e que dependem inteiramente da ajuda oferecida pelo PMA. A porta-voz disse ainda que em certos acampamentos a situação de má nutrição é alarmante e que recentes estudos indicam que esse problema atinge 13% da população infantil.

Fonte: Adaptado de http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2005/08/26/ult1766u11613.jhtm

 

Considerando os dois fragmentos é CORRETO afirmar que:

A)

As imigrações no Sudão são consequências de uma emigração voluntária.

B)

Os refugiados africanos devem ser classificados como emigrantes espontâneos.

C)

A situação no Sudão é uma consequência do processo emigratório forçado.

D)

A situação apresentada acontece sempre que ocorre a emigração forçada na Ásia.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

7)

“O governo francês irá pagar uma licença de 750 euros (cerca de R$ 2.050,00) por mês, durante um ano, a famílias que decidirem ter um terceiro filho, anunciou ontem o primeiro-ministro do país, Dominique de Villepin.”

(Folha de S. Paulo, 23.09.2005)

A reportagem acima ilustra uma política cada vez mais comum entre os países europeus.

 

As alternativas abaixo contém possíveis causas que motivam a adoção de tais medidas, EXCETO:

A)

as baixas taxas de natalidade de muitos países europeus.

B)

as altas taxas de mortalidade europeias, que resultam na diminuição da PEA – população economicamente ativa.

C)

a tentativa de evitar que num futuro a médio prazo a população nativa possa tornar-se minoritária diante da população imigrante – cujas taxas de crescimento vegetativo são bem mais altas.

D)

o impacto que a diminuição da mão de obra ativa está causando ao sistema previdenciário europeu.

E)

a difícil tarefa dos dirigentes da União Europeia em administrar a necessidade de manutenção de um fluxo controlado de movimentos populacionais horizontais ao mesmo tempo em que tenta reprimir o aumento da xenofobia.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

8)

A questão refere-se à ilustração abaixo.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/dancadochapeu.JPG

A charge representa a(o)

A)

discriminação social do imigrante que, ao realizar seu trabalho, não pode reivindicar seus direitos.

B)

emprego da mão-de-obra imigrante, ainda que a maioria não expresse corretamente o idioma local.

C)

resistência dos norte-americanos ao endurecimento das leis de imigração a serem discutidas em Washington.

D)

restrição à entrada de imigrantes e à concessão de vistos para turistas latino-americanos, africanos e asiáticos.

E)

relutância dos imigrantes em abandonar suas tradições culturais, acarretando sua inferioridade socioeconômica.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

9)

Nos últimos anos, ocorreu redução gradativa da taxa de crescimento populacional em quase todos os continentes. A seguir, são apresentados dados relativos aos países mais populosos em 2000 e também as projeções para 2050.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/questoesoffline/questoes/95141-1008-imgs/img1.jpg

 

Com base nas informações acima, é correto afirmar que, no período de 2000 a 2050,

A)

a taxa de crescimento populacional da China será negativa.

B)

a população do Brasil duplicará.

C)

a taxa de crescimento da população da Indonésia será menor que a dos EUA.

D)

a população do Paquistão crescerá mais de 100%.

E)

a China será o país com a maior taxa de crescimento populacional do mundo.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

10)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/poverty.JPG

O mapa, anamorfose referente a dados populacionais, representa

A)

as áreas de maiores e menores densidades demográficas do planeta.

B)

as áreas de estagnação demográfica e de maior expectativa de vida.

C)

as regiões de repulsão populacional e as receptoras desses fluxos migratórios.

D)

os países de crescimento demográfico negativo e de maior desemprego estrutural.

E)

a PEA empregada em atividades agrárias nas partes mais úmidas e nos polos agroindustriais das demais regiões.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

11)

Em 1968, o biólogo americano Paul Ehrlich escreveu, no livro A Bomba Populacional, que milhões de pessoas morreriam de fome nas décadas seguintes. Sua previsão estava parcialmente correta. O que Ehrlich não antecipou foi um fenômeno [...] baseado no desenvolvimento de técnicas modernas para aumentar a produtividade dos campos. A introdução de variedades selecionadas de plantas, irrigação e da química (com nitrogênio, fósforo e potássio adubando o solo) fez a produtividade das lavouras se multiplicarem.

(EM 1968...2010, p. 55).

O fenômeno que o autor do texto não antecipou veio a ocorrer, surpreendentemente, no espaço agrário dos países subdesenvolvidos, sendo conhecido como

A)

surgimento da plantation.

B)

revolução verde.

C)

transformação energética (aumento das proteínas vegetais).

D)

reforma agrária.

E)

revolução do pequeno produtor.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

12)

O quadro abaixo mostra a taxa de crescimento natural da população brasileira no século XX.

Período

Taxa anual média de

crescimento natural (%)

1920-1940

1,90

1940-1950

2,40

1950-1960

2,99

1960-1970

2,89

1970-1980

2,48

1980-1991

1,93

1991-2000

1,64

Fonte: IBGE, Anuários Estatísticos do Brasil

 

Analisando os dados podemos caracterizar o período entre

A)

1920 e 1960, como de crescimento do planejamento familiar.

B)

1950 e 1970, como de nítida explosão demográfica.

C)

1960 e 1980, como de crescimento da taxa de fertilidade.

D)

1970 e 1990, como de decréscimo da densidade demográfica.

E)

1980 e 2000, como de estabilização do crescimento demográfico.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

13)

O gráfico abaixo representa a dinâmica demográfica brasileira no período de 1872 a 2000.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/ufrn057geo.JPG

Considerando-se o período de 1970 a 2000, pode-se inferir que

A)

houve um desequilíbrio entre as taxas de natalidade e mortalidade, provocando um elevado aumento populacional, em virtude dos avanços da medicina na área de genética humana do aumento da taxa de fecundidade.

B)

houve um aumento no crescimento vegetativo, em virtude do aumento da taxa de natalidade, tendo em vista a diminuição da taxa de mortalidade provocada pelos avanços das pesquisas na área de engenharia genética e a descoberta de produtos quimioterápicos.

C)

houve um desequilíbrio entre as taxas de natalidade e mortalidade, tendo em vista a diminuição da taxa de fertilidade feminina, o surgimento de antibióticos e a participação da mulher no mercado de trabalho.

D)

houve uma redução no crescimento vegetativo do país, tendo em vista o acesso da população aos métodos contraceptivos, a urbanização e a maior participação da mulher no mercado de trabalho.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

14)

Os dados já publicados pelo Censo Demográfico de 2010 pelo IBGE indicam uma mudança de posição no ranking das cidades mais populosas do país. A cidade de Belo Horizonte é agora a 6ª cidade brasileira em população, apesar de possuir a terceira maior aglomeração metropolitana do país. Esse fenômeno, aparentemente contraditório, pode ser assim interpretado:

A)

O crescimento da população da Grande BH tem ocorrido sobretudo em municípios no entorno da capital, que oferecem áreas mais apropriadas para expansão urbana, maiores atrativos ao mercado imobiliário ou ainda terrenos mais acessíveis à população de baixa renda.

B)

A estagnação econômica de Belo Horizonte tem contribuído para um aumento dos fluxos de população em direção às cidades médias do interior do Estado, onde os incentivos fiscais vêm promovendo surtos expressivos de crescimento.

C)

A falta de oportunidades de trabalho e a precária estrutura de serviços têm provocado um movimento migratório de retorno da população para suas regiões de origem, no interior do Estado.

D)

A criação de vastas áreas de preservação ambiental nas regiões periféricas da cidade tem impedido o processo de ocupação urbana, direcionando os investimentos imobiliários para os municípios vizinhos à capital.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

15)

O gráfico apresentado abaixo revela:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UESPI20101geo28.PNG

A)

as taxas de crescimento correspondentes às crianças de 0 a 14 anos de idade já mostram que este segmento vem diminuindo em valor absoluto desde o período 1990-2000.

B)

as taxas correspondentes ao contingente de 65 anos ou mais de idade, embora oscilem, são as menos elevadas.

C)

entre 1980 e 1990 já estava havendo mais população idosa numa proporção 18% superior à de crianças.

D)

O Brasil caminha velozmente rumo a um perfil demográfico cada vez menos envelhecido.

E)

O envelhecimento populacional caracteriza-se pelo aumento da população relativa de jovens, acompanhada da diminuição do peso proporcional dos adultos.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

16)

Leia a informação e, com base nesta, assinale a alternativa incorreta em relação aos principais desafios demográficos deste século.

“A população mundial, em 2005, atingiu a cifra de 6,45 bilhões de pessoas e, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas) chegará em outubro de 2011 a 7 bilhões”.

(Fonte: http://www.brasil.gov.br/noticias/arquivos/2011/07/11)

A)

Ocorrência de um rápido envelhecimento da população (nos países em geral);

B)

Migrações de áreas pobres para mais desenvolvidas;

C)

Racismo ou preconceitos étnicos, culturais, entre outros;

D)

Fome ou subnutrição de uma significativa parcela da população mundial;

E)

Excesso de consumo de alimentos; obesidade.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

17)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uefs20112geo34.png

Considerando-se os gráficos e os conhecimentos sobre a estrutura da população mundial e brasileira, é correto afirmar:

A)

A expansão da rede de saneamento básico em todas as regiões do país é responsável pelo aumento da expectativa de vida da população brasileira, principalmente na região Norte.

B)

O Brasil possui uma população majoritariamente masculina em todas as regiões, com exceção do Nordeste, em razão da melhoria nas condições de vida das mulheres.

C)

O crescimento demográfico brasileiro vem se desacelerando nas últimas quatro décadas, em decorrência, principalmente, da queda constante da taxa de fecundidade.

D)

Nos países desenvolvidos, onde a natalidade e a expectativa de vida são altas, as pirâmides etárias apresentam, de forma geral, uma base larga e um ápice mais estreito.

E)

A população brasileira atingiu uma alta qualidade de vida, assemelhando-se aos países desenvolvidos da Europa.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

18)

No Brasil, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realiza o recenseamento da população a cada dez anos, desde 1940. Assim, as informações nos permitem realizar análises com base em séries históricas e apontar certas tendências.

Se considerarmos os dados a serem coletados e divulgados após o censo de 2010, é razoável afirmarmos que, provavelmente, teremos

I. uma continuidade do processo de queda da taxa de fecundidade e um aumento do percentual da população jovem em decorrência disso.

II. a confirmação de que a violência urbana é um fenômeno preocupante e que explica, por si só, a contínua redução da expectativa de vida verificada nas últimas quatro décadas.

III. a manutenção do processo de redução dos índices de natalidade, que tem ocorrido desde o fim da década de 1970, e que resulta, entre outros fatores, no aumento do acesso a métodos contraceptivos, mesmo entre as camadas mais pobres da população.

IV. a elevação da proporção de idosos em decorrência da ampliação do acesso a serviços de saúde e saneamento, que tem determinado o aumento da longevidade.

Estão corretas, apenas,

A)

I e II.

B)

II e III.

C)

III e IV.

D)

I e III.

E)

II e IV.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

19)

Sobre as teorias Malthusiana e a Neomalthusiana, é correto afirmar que

A)

a teoria Malthusiana afirmava que a população crescia em progressão geométrica e a Neomalthusiana postulava que o crescimento populacional estacionaria no final de século XIX.

B)

a teoria Malthusiana defendia o emprego da tecnologia como solução para amenizar a fome no mundo, enquanto a Neomalthusiana não considerava o papel da tecnologia na produção de alimentos.

C)

ambas propunham o controle da natalidade através do emprego de preservativos e de pílulas anticoncepcionais.

D)

embora as duas teorias fossem antinatalistas, os neomalthusianos defendiam o controle da natalidade preponderantemente nos países subdesenvolvidos, e os malthusianos propunham um mecanismo chamado sujeição moral.

E)

também chamados alarmistas, os malthusianos afirmavam que a solução para conter a miséria do mundo seria a abstinência sexual e o desenvolvimento de tecnologias para o melhoramento genético.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

20)

A figura abaixo apresenta uma notícia publicada recentemente.

0

Com base na manchete, é correto afirmar:

A)

A explosão demográfica foi contida, e a população latino-americana é menor que a dos demais países da América.

B)

A idade média da população deve ter diminuído em função da redução das taxas de fecundidade.

C)

A população continua crescendo, mas em proporção cada vez menor em relação aos anos anteriores.

D)

O índice de mortalidade da população é cada vez menor em decorrência da melhoria das condições sanitárias.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

21)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/pucrj119geo.JPG

Assinale a interpretação correta para o cartograma acima.

A)

As taxas de mortalidade infantil no continente africano são elevadíssimas.

B)

O continente africano é o que possui a menor expectativa de vida do mundo.

C)

A África é um continente com baixa presença de mão de obra infanto-juvenil.

D)

O fluxo migratório interno do continente africano é limitado à sua faixa central.

E)

A natalidade nos extremos sul e norte da África é menor do que a da sua região central.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

22)

TRANSFORMAÇÃO DEMOGRÁFICA NO BRASIL POPULAÇÃO ENVELHECE, CRESCE MAIS DEVAGAR E TEM MENOS FILHOS

PESSOAS EM IDADE PRODUTIVA De 15 a 65 anos, em % do total

 http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010mate14A.png

MÉDIA GERAL DE IDADE Em anos

 http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010mate14B.png

TAXA DE CRESCIMENTO POPULACIONAL Em % ao ano

 http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010mate14C.png

TAXA DE FECUNDIDADE Média de filhos por mulher

 http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010mate14D.png

Com base nas informações do gráfico “Transformação Demográfica no Brasil”, analise as afirmativas a seguir.

I. A diminuição da taxa de crescimento populacional é inversamente proporcional à diminuição da taxa de fecundidade.

II. A média geral de idade da população brasileira revela um envelhecimento da mesma, o que implica na importância de políticas públicas relativas à previdência social e da saúde.

III. A composição etária do país tem reflexos diretos no mercado de trabalho, pois o aumento do número de pessoas em idade produtiva exige sua inserção em atividades remuneradas.

É verdadeiro o que se afirma em

A)

I apenas.

B)

I e III apenas.

C)

II apenas.

D)

II e III apenas.

E)

I, II e III.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

23)

Responder à questão abaixo com base nos gráficos referentes ao crescimento vegetativo de diferentes regiões do mundo.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/PUCRS2010INVERNOGEO15.png

A análise dos gráficos permite concluir que

A)

o menor crescimento vegetativo em 2010, nas três regiões comparadas, é o da Ásia Meridional, apesar de a Índia fazer parte deste espaço geográfico.

B)

a América Latina, em 1960, apresentava o maior crescimento vegetativo entre as áreas comparadas, sendo que nas décadas seguintes a redução das taxas de natalidade foram maiores que a redução das taxas de mortalidade.

C)

as três áreas comparadas apresentam em todas as décadas um decréscimo da natalidade inferior ao decréscimo da mortalidade, deixando estável a taxa de crescimento vegetativo.

D)

a taxa de crescimento populacional vegetativo da África Subsaariana, em 2010, é mais alta que o crescimento vegetativo da Ásia Meridional e da América Latina juntas.

E)

a região da América Latina, comparada proporcionalmente com as outras regiões, apresentou ao longo das décadas a maior queda nas taxas de mortalidade.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

24)

Analise o quadro abaixo.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/fnuap.JPG

Para o estudo da população é essencial a análise estatística, acompanhada das características históricas e geográficas das sociedades existentes no planeta.

Sobre o conjunto de países constantes no quadro, afirma-se que

I- a menor densidade demográfica é encontrada no Canadá.

II- o discurso neomalthusiano se aplica predominantemente ao Japão, em função de suas elevadas taxas de natalidade.

III- o Brasil pode ser considerado um país de superpopulação relativa, em relação à Nova Zelândia.

IV- a Índia apresenta a maior densidade demográfica agravada pelas condições socioeconômicas de sua população.

V- os países de maior concentração demográfica apresentam os maiores problemas econômicos e sociais.

São corretas apenas as afirmativas

A)

I e V.

B)

II e III.

C)

II e IV.

D)

I, III e IV.

E)

II, IV e V.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

25)

A taxa de mortalidade infantil de um país está relacionada às condições de vida oferecidas à população. Com base nessa informação, analise o gráfico abaixo.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFPA20112GEOG17.PNG

A alternativa que explica a redução do indicador desse quadro é:

A)

A redução da taxa de mortalidade ocorreu graças aos investimentos no setor de saúde, como campanhas de vacinação, por exemplo; ao aumento da escolarização; e ao investimento em obras de saneamento básico.

B)

Diretamente relacionado com a redução da taxa de mortalidade infantil está o êxodo rural, ou seja, a redução da população no campo possibilitou que as pessoas que migram para a cidade pudessem usufruir melhores condições de vida.

C)

O fim da desigualdade social no país, dado pelo aumento do salário mínimo, elevou a qualidade de vida da população mais pobre, que passou a não depender do serviço público de saúde.

D)

A mortalidade infantil no Brasil, que resulta das características naturais da uma região, diminui nas regiões de clima quente e seco, onde os serviços de saúde, água tratada e esgoto são mais fáceis de serem garantidos, como no Nordeste Brasileiro.

E)

Os investimentos realizados pelos governos federal, estadual e municipal para conter a poluição hídrica, principalmente nas áreas rurais de contaminação de petróleo, contribuíram para a diminuição da mortalidade infantil a partir da década de 1990.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

26)

Observe e compare o mapa com o gráfico e o quadro abaixo, e, com base na observação destes, assinale a leitura plausível a partir das referidas figuras e dados.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uepb2011geo10.png

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uepb2011geo11.png

I - O século XX apresentou o mais rápido processo de urbanização conhecido pela humanidade, fazendo com que ao final deste período a população mundial já fosse majoritariamente urbana.

II - As megacidades com mais de dez milhões de habitantes se concentram majoritariamente nos países onde o processo de industrialização clássica favoreceu a urbanização acelerada e uma rede urbana macrocefálica.

III - Os países subdesenvolvidos, em grande parte agrários, apresentam um crescimento mais acelerado das suas metrópoles que os países centrais mais urbanizados, motivo pelo qual o maior número de megacidades tende a se intensificar nesse grupo de países.

IV - O crescimento explosivo das cidades no terceiro mundo transfere a pobreza presente no campo para suas metrópoles, cujo crescimento é concomitante com a falta de infraestrutura, desemprego ou subemprego, aumento da violência, surgimento de favelas e outros tantos problemas geralmente denominados de urbanos.

Estão corretas apenas as proposições:

A)

I, III e IV 

B)

II, III e IV

C)

I, II e IV 

D)

II e III

E)

I e III

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

27)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/pucrj076geog1.JPG

De acordo com o gráfico apresentado, pode-se concluir que:

 

A)

desde 1950, a população urbana é superior à população rural no Brasil, fruto da intensa industrialização nas macrorregiões Norte, Centro-Oeste e Sudeste.

B)

desde 1940, o percentual da população rural no Brasil está em declínio e o da urbana em crescimento.

C)

o Brasil se transformou em um país urbano entre 1940 e 2001. O marco dessa transformação se deu na década de 1980.

D)

o processo de crescimento populacional das cidades se acentuou a partir da década de 1960, chegando, em 2001, a estabelecer a seguinte relação: de cada 100 pessoas no Brasil, 56 estão fixadas em cidades e 44 no campo.

E)

as macrorregiões Norte e Nordeste, se comparadas às demais, são hoje as que possuem o maior percentual de população vivendo no meio urbano.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

28)

Uma ajuda considerável: 750 euros, o equivalente a R$ 2 mil por mês, durante um ano. Este foi o auxílio anunciado hoje pelo governo francês para os casais que decidirem ter o terceiro filho. (...)(...) Hoje em dia, o governo oferece, por mês, durante 3 anos, 512 euros – o equivalente a R$ 1.350 – a quem opta por deixar o emprego e cuidar do filho recém-nascido. O novo auxílio financeiro entra em vigor no dia 1° de julho de 2006. Bebês caros para a França. Pelos cálculos do governo, serão gastos, todo ano, 140 milhões de euros – aproximadamente R$ 370 milhões. (...)

FONTE: Disponível em: 3586-358373,00.html>. Acesso em: 22 set. 2005.

A medida adotada pelo governo francês tem por finalidade

A)

estimular o crescimento vegetativo do País que apresenta valores próximos de zero.

B)

amparar os casais com o auxílio-natalidade de valores bem superiores aos pagos no Brasil.

C)

ampliar o mercado consumidor francês que, atualmente, apresenta-se com forte participação dos imigrantes.

D)

diminuir os encargos sociais resultantes das obrigações do governo para com a população em geral, principalmente os mais jovens.

E)

reduzir custos com saúde pública, repassando os recursos[ diretamente aos pais, responsáveis pela manutenção dos filhos recém-nascidos.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

29)

A questão refere-se à tabela seguinte.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/medici.JPG

Considerando-se esses dados, é correto afirmar que

A)

a atual taxa de crescimento da população mundial é maior nos países subdesenvolvidos, concentrados na África, América Latina e Ásia.

B)

o aumento acentuado do número médio de filhos por mulher constitui o fator determinante do crescimento da população mundial, a partir dos anos 80 do século XX.

C)

a queda do crescimento demográfico da América do Sul, entre as décadas de 1970 e 1980, foi decorrente do desaparecimento de cidadãos, vítimas do regime ditatorial.

D)

a América Anglo-saxônica registra um crescimento populacional estável com taxas próximas de 1% ao ano, devido ao processo migratório intensificado a partir dos anos 70.

E)

a população de todos os países europeus, na atual década, apresenta um crescimento vegetativo de - 0,06% que implicará a predominância de adultos e idosos no período 2010-2015.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

30)

A questão do crescimento populacional no mundo tem sido analisada de maneira bastante controversa entre os estudiosos. Essa discussão envolve tanto os que são favoráveis à implantação de um rigoroso controle do crescimento demográfico quanto aqueles que asseguram que o planeta teria condições de abrigar uma população muito maior que a atual.

Os especialistas que defendem o controle populacional são também chamados de

A)

leninistas.

B)

marxistas.

C)

neomalthusianos

D)

otimistas.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

31)

Sobre as diferenças entre continentes e países e os indicadores dessas diferenças, é correto afirmar que:

A)

o desenvolvimento da farmacologia e da medicina reduziu a mortalidade infantil apenas nos países ricos.

B)

o consumo de calorias abaixo do necessário é maior nas populações dos países setentrionais.

C)

o desenvolvimento da TIC e o acesso a ela são reduzidos nos países da Ásia.

D)

o IDH elevado ocorre em maior concentração no Hemisfério Norte.

E)

a maior concentração do PIB mundial está no Hemisfério Sul.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

32)

Proporção da População por grandes grupos de idade – 1980-2000

 http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010geog36.png

Taxas de natalidade – 1990 – 2008

 http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010geog37.png

Com relação às taxas de natalidade no período 1990-2008, é correto afirmar que

 

I. houve um significativo decréscimo dessas taxas em virtude, entre outros motivos, da maior inserção da mulher no mercado de trabalho.

II. foram crescentes, com um aumento significativo entre os anos 1995 e 2000.

III. atingiram índices negativos no ano de 2008.

 

É verdadeiro o que se afirma em

A)

I apenas.

B)

I e II apenas.

C)

I e III apenas.

D)

II apenas.

E)

I, II e III.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

33)

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mede o nível de desenvolvimento humano dos países, utilizando como critérios os indicadores socioeconômicos, como: educação (alfabetização e taxa de matrícula), longevidade (esperança de vida ao nascer) e renda (PIB per capita). Além dos avanços nos indicadores macroeconômicos, o Brasil vem apresentando uma evolução dos principais indicadores sociais.

 

Assinale a afirmativa que apresenta um indicador sócio-econômico que não contribui para a elevação do IDH no Brasil:

A)

A redução do índice de pobreza, medida pelo salário mínimo.

B)

O aumento da concentração de renda entre os 10% da população mais rica.

C)

A diminuição da mortalidade infantil.

D)

O aumento do número de pessoas alfabetizadas.

E)

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

34)

Analisando o gráfico abaixo quanto à distribuição da população brasileira por ocupação, é correto afirmar:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/PUCPR2008geo32.PNG

A)

Os dados permitem dizer que diminuiu gradativamente o percentual de trabalhadores que contribuem para a previdência.

B)

Em consequência da composição da ocupação, observa-se que o grau de informalidade caiu, dando continuidade, e até aprofundando, à tendência esboçada em todos os anos anteriores.

C)

O gráfico mostra dados bastante positivos no que tange ao mercado de trabalho. Há um crescimento expressivo da geração de novas ocupações desde 2004 e grande parte delas formais.

D)

A informalidade é medida pelo trabalho assalariado sem carteira e o trabalho por conta própria, embora não sofram influência da pressão competitiva que a abertura da economia causa no setor.

E)

O setor informal é uma ação complementar das políticas de assistência ou uma estratégia de organização da produção capitalista, o que significa também a diminuição da produção.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

35)

Sobre o crescimento da população brasileira, é incorreto afirmar:

A)

até o início da década de 1930 o crescimento da população do Brasil contou com forte contribuição da imigração.

B)

as taxas de natalidade no Brasil aumentaram consideravelmente nos últimos anos, devido ao grande apoio do governo, que ao fazer uso de medidas assistencialistas, provocou um maior crescimento demográfico.

C)

o intenso processo de urbanização, verificado no Brasil principalmente a partir da década de 60 do século XX, foi o principal responsável pela redução das taxas de fecundidade e a consequente queda das taxas de crescimento demográfico.

D)

no caso do Brasil e de outros países classificados como "emergentes", a proporção de jovens tem diminuído a cada ano, ao passo que o índice da população idosa vem aumentando.

E)

no caso do Brasil e de outros países classificados como "emergentes", a proporção de jovens tem diminuído a cada ano, ao passo que o índice da população idosa vem aumentando.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

36)

Analise os gráficos sobre a população brasileira.

0

A partir das informações dadas, assinale a afirmativa correta.

A)

As densidades demográficas das cinco macrorregiões brasileiras são bastante homogêneas, o que mostra haver planejamento oficial nas políticas que direcionam os fluxos migratórios.

B)

Em 2000, a região Norte era a que apresentava a menor densidade demográfica, inferior a 5 hab/km2, já a região Sudeste continuava a mais densa, superior a 75 hab/km2.

C)

O Brasil passou a receber o status de país urbanizado somente na década de 50 do século XX, período em que ocorreu o movimento migratório conhecido como êxodo rural.

D)

Apesar do adensamento populacional nas cidades brasileiras, nas décadas de 80 e 90 do século XX, o meio rural ainda registrava metade da população total.

E)

Com a explosão demográfica da década de 90 do século XX, a taxa média geométrica de crescimento populacional ficou acima de 3% ao ano.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

37)

Observe a charge e o esquema sobre os Processos Sociais.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFLA20121etapaGEO09.PNG

A charge possibilita compreender a existência de um processo social classificado como:

A)

associativo de assimilação

B)

associativo de acomodação

C)

dissociativo de competição

D)

dissociativo de conflito

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

38)

Com relação à organização do espaço terrestre, a exemplo de clima, modelado terrestre, solos como matrizes, produção do espaço socioeconômico e populacional, é correto afirmar:

A)

O homem modifica, domina e controla todos os fenômenos naturais, devido ao desenvolvimento  tecnológico alcançado nas últimas décadas.

B)

Os fenômenos climáticos interferem diretamente nos elementos da biosfera, da litosfera e da hidrosfera (em particular, nas águas continentais).

C)

Os solos constituem a superfície consolidada do planeta, onde vivem em equilíbrio com todos os fatores que determinam sua formação, como o clima, a topografia e a biota.

D)

A internacionalização da tecnologia, da informação, das telecomunicações e da informática, com livre acesso para todos os povos, mundializou a organização do espaço geográfico.

E)

O crescimento econômico de uma região é resultante da concentração de riquezas naturais, em razão de o homem, historicamente, ser submetido à natureza.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

39)

SETE BILHÕES DE CONSUMIDORES, UM PLANETA

A nova geração dos países emergentes quer mais confortos modernos. Mas esbarra nos limites naturais da Terra.

Como viveremos num mundo lotado?

Como um todo, a humanidade não parou de crescer. Desde Thomas Malthus (1776-1834), passaram 130 anos até a humanidade chegar ao segundo bilhão, em 1930. No século passado, com a queda na mortalidade infantil e as conquistas da medicina, o ritmo acelerou. Em 1960, éramos três bilhões. Em 1974, quatro bilhões. Em 1987, cinco bilhões. Em 1998, seis bilhões. E bastaram 13 anos para crescermos o último bilhão. Se as projeções (conservadoras) das Nações Unidas se confirmarem, e o crescimento mantiver o ritmo atual, seremos oito bilhões em 2025 e nove bilhões em 2043.É verdade que, aos poucos, a taxa de natalidade tenderá a cair nos países que hoje mais crescem. Segundo as previsões dos demógrafos, em algum momento em torno de 2100, a população se estabilizaria pouco acima de 10 bilhões e depois declinaria lentamente. Os políticos saudaram a conquista na televisão. Agora, a marca dos sete bilhões inspira uma reação maisambígua. São sete bilhões com potencial criativo, capazes de produzir riqueza e progresso. Mas exigirão mais recursos naturais de um planeta que chegou ao limite. O desafio para as próximas décadas é desenvolver novas formas de produção e criar novos padrões de consumo, para garantir que a humanidade caiba na Terra com conforto.

Fonte: Adaptado de http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI238604-15228,00-BILHOES+DE+CONSUMIDORES+PLANETA.html

 

Todas as situações abaixo mantêm relação direta com o texto anterior, EXCETO:

A)

O crescente aumento populacional foi mais intenso durante o século XX.

B)

Com a redução da taxa de natalidade, durante o século XXI, ocorrerá um decréscimo populacional.

C)

A causa principal para o crescimento populacional é a imposição econômica dos países ricos aos países subdesenvolvidos.

D)

Atualmente, os recursos naturais estão escassos, fato que compromete a qualidade de vida da população no planeta.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

40)

As características de uma determinada população mudam em função de condições socioeconômicas, políticas e territoriais, submetidas às múltiplas determinações culturais. A análise da orientação, do ritmo e da natureza do crescimento dessa população, a par dos deslocamentos, permite entender seu comportamento e fazer projeções para o futuro.

(TARNDJIAN, 2004, p. 113).

Considerando-se as informações do texto e os conhecimentos sobre a dinâmica populacional, é correto afirmar:

A)

O total de habitantes de um lugar tem como principal fator de aumento os movimentos migratórios.

B)

As taxas de natalidade, nos países desenvolvidos, registraram aumentos intensos no decorrer do século XX.

C)

O crescimento vegetativo e os fluxos migratórios internacionais tornam mais compreensível a dinâmica demográfica brasileira.

D)

As últimas décadas registram grande aumento dos fluxos imigratórios no Brasil, devido ao apoio do governo à expansão do agronegócio.

E)

O aumento da fecundidade das mulheres brasileiras, a partir dos anos cinquenta do século passado, está relacionado com a crescente urbanização do país.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

41)

Observe a figura.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UNIMONTES20112GEOG27.PNG

A figura traz uma estimativa populacional, elaborada pela ONU, para a população mundial em 2050.Com base nas tendências do crescimento demográfico mundial para 2050, é CORRETO afirmar que

A)

a população estará concentrada em países pobres, principalmente na Ásia e na África.

B)

a maior parte da população mundial será representada, nos países ricos, por jovens.

C)

a taxa de urbanização mundial diminuirá devido à concentração de problemas socioambientais nas cidades.

D)

os Estados Unidos, devido ao crescimento econômico, terão a maior população do planeta.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

42)

No Brasil, o mais completo levantamento sobre a população é o censo demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, nos municípios brasileiros. Considerando a informação acima e correlacionando a tabela abaixo com a realidade brasileira, e as informações dos censos demográficos de 1980 a 2000, pode-se concluir corretamente que

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uece201010ficial2fasegeo15.png

I. As informações dos censos demográficos são importantes para ações de planejamento, tomada de decisões para investimentos públicos e privados, elaboração e execução de políticas públicas de saúde, educação, saneamento básico, moradia e outras, tanto para as áreas rurais como para as áreas urbanas. Estas são algumas das possibilidades de uso, para as informações dos censos demográficos.

II. A partir da década de 90, a população jovem vem diminuindo enquanto a população até 65 anos vem aumentando gradativamente. Com isso pode-se concluir também que os brasileiros estão vivendo mais e que a taxa de fecundidade está diminuindo. Se comparássemos os dados por meio de pirâmides etárias de 1980 com os de 2000, perceberíamos que a base está ficando mais estreita à medida que, o topo se torna mais largo.

III. Uma das principais características da população brasileira atual é o fato desta constituir uma população eminentemente urbana, que passa por um processo de envelhecimento. Esta situação traz consigo um custo social maior, do que se a maior parcela da população fosse constituída por pessoas na faixa etária de até 40 anos.

É correto o que se afirma

A)

somente em I e II.

B)

em I, II, e III.

C)

somente em II.

D)

somente em II e III.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

43)

Observe o gráfico.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/ucsal08224.JPG

A leitura do gráfico e os conhecimentos sobre a população brasileira permitem afirmar que a expectativa de vida da população brasileira

A)

tem aumentado rapidamente a partir das últimas décadas do século XX, sendo um dos fatores considerados importantes para o aumento do IDH brasileiro.

B)

apresenta uma evolução muito lenta, com tendência de se estabilizar nesta década por falta de políticas públicas eficientes.

C)

tem sido alvo de pesquisas, pois diferentemente do que ocorre em outros países, mantém um sensível equilíbrio entre homens e mulheres.

D)

atingiu, nesta década, o patamar dos países desenvolvidos o que leva a crer que deverá evoluir pouco nos próximos anos.

E)

manteve, entre as décadas de 1990 e 2000, níveis de evolução semelhantes aos que foram observados entre as décadas de 1940 e 1970.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

44)

Considere as afirmações sobre a dinâmica demográfica mundial.

I. Atualmente, é o continente africano quem lidera o crescimento demográfico mundial, e as maiores taxas  aparecem justamente nas áreas de grande pobreza, como o Sahel.

II. A transição demográfica tem sido acelerada na América Latina em razão das posições favoráveis do Vaticano ao controle da natalidade por métodos anticoncepcionais.

III. O continente asiático apresenta grandes diferenças na dinâmica demográfica com alguns países importantes, como a China e a Índia, ainda apresentando altas taxas de natalidade.

IV. Os governos de alguns países europeus têm lançado políticas de estímulo à natalidade, em razão do baixo crescimento vegetativo e envelhecimento da população.

 

Está correto apenas o que se afirma em

A)

I e II.

B)

I e III.

C)

I e IV.

D)

II e III.

E)

III e IV.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

45)

A evolução populacional mundial seguiu uma lógica de crescimento, identificada em 5 fases, indicadas abaixo. Enumere as fases de crescimento populacional mundial, segundo sua ordem cronológica e, em seguida, assinale a sequência CORRETA.

 

( ) Explosão demográfica – Período do êxodo rural. As famílias pobres urbanas tiveram muitos filhos, que ajudavam na renda familiar e graças às melhorias das condições médicosanitárias, a mortalidade foi reduzida. Em trinta anos, a população mundial dobrou.

( ) Crescimento acelerado – A natalidade era alta e a mortalidade diminuiu com os avanços na medicina. O crescimento foi mais rápido: em um século, a população mundial dobrou.

( ) Crescimento rápido – As famílias necessitavam de filhos para aumentar a renda (elevadas taxas de natalidade) e os avanços médicos diminuíram o número de mortes. Resultado: a população mundial dobrou em dois séculos.

( ) Diminuição do crescimento demográfico – Ocorreu quando alguns países emergentes diminuíram suas taxas de natalidade. Foi a fase de estabilização do crescimento, também chamada de transição demográfica. Não ocorreu de modo igual em todos os países.

( ) Crescimento lento – A economia era rural, as famílias tinham muitos filhos (altas taxas de natalidade), mas o número de óbitos era alto (elevadas taxas de mortalidade) devido às guerras e epidemias. Dessa forma, o aumento populacional era pequeno.

A)

3 – 4 – 5 – 1 – 2

B)

4 – 3 – 2 – 5 – 1

C)

1 – 2 – 3 – 5 – 4

D)

5 – 1 – 2 – 4 – 3

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

46)

Sobre a população brasileira, pode-se afirmar:

I. No Censo de 2000, a população brasileira era de quase 170 milhões de habitantes. Em 2010, esse número aumentou para mais de 190 milhões.

II. Na população brasileira, há aproximadamente 97 milhões de mulheres e 93 milhões de homens.

III. A maioria das famílias brasileiras (91%) é formada por pessoas com laços de parentesco. Mas existem também as famílias sem parentesco, que podem ser duas ou mais pessoas ou unipessoais (apenas uma pessoa). O número de famílias unipessoais foi o que mais aumentou: de 2,4 milhões em 1991 para 4,1 milhões em 2000.IV.

 

A taxa de fecundidade vem reduzindo, no Brasil, desde a década de 1960.Assinale a alternativa correta.

A)

Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras.

B)

Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

C)

Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras.

D)

Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

E)

Todas as afirmativas são verdadeiras.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

47)

Responder à questão abaixo com base nas pirâmides etárias e nas afirmativas, que tratam do tema população.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/pucrs2006Vgeo12.png

I. A pirâmide B apresenta uma configuração que demonstra o aumento das taxas de natalidade nas três últimas décadas.

II. A pirâmide D evidencia uma estrutura estável, embora deva ter passado por uma situação de guerra, pois há uma diminuição considerável no número de homens adultos.

III. A pirâmide A apresenta uma contradição típica de países pobres: alta natalidade e mortalidade infantil, acompanhadas de uma elevada expectativa de vida da população.

IV. A pirâmide C indica elevado índice de expectativa de vida e a pirâmide A, elevada taxa de mortalidade.

Com base nas pirâmides e nas afirmativas, conclui-se que somente estão corretas

A)

I e II

B)

I, II e III

C)

I e III

D)

II e IV

E)

III e IV

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

48)

O Brasil, com dimensões continentais e uma distribuição populacional irregular, apresenta características singulares.

 

Sobre essas características, pode-se afirmar:

A)

A única região do país que apresenta vazios demográficos é a Nordeste, em função das secas prolongadas.

B)

A região mais populosa e povoada do país é a oriental, situação que tem origem em fatores históricos e econômicos.

C)

O relevo pouco acidentado, o clima subtropical e a fertilidade do solo explicam o fato de a Campanha Gaúcha ser a área mais povoada do Rio Grande do Sul.

D)

A Região Sudeste recebeu o maior número de imigrantes europeus, em relação às outras regiões do país, em razão de o seu clima e de sua topografia serem semelhantes aos do continente europeu.

E)

A expansão do agronegócio, a concentração fundiária e a grande oferta de empregos no setor terciário, na Região Centro-Oeste, constituem os principais fatores responsáveis pelo declínio do êxodo rural nessa região.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

49)

Observe o seguinte texto.

CARACTERÍSTICAS DO RECENSEAMENTO

1 – Projetado e executado pelo Governo;

2 – São contados, uma única vez, todos os habitantes do território;

3 – Simultaneidade de recolha das informações;

4 – Recolha com base no indivíduo, em sua residência;

5 – Âmbito territorial bem delimitado;

6 – Elaboração periódica dos dados;

7 – Realização periódica.

Fonte: wikipédia.org (Com adaptações)

 

Tendo por base as informações acima e as características gerais que envolvem um censo populacional no Brasil, assinale a alternativa INCORRETA:

A)

A periodicidade mencionada diz respeito ao intervalo de 10 anos entre a realização de censos.

B)

O órgão responsável pela realização de censos no Brasil é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/IBGE.

C)

Todo o sistema se baseia na coleta direta de informações junto ao indivíduo, independentemente do local onde a mesma se dá.

D)

Por simultaneidade, se entende a coleta de informações ao mesmo tempo e em todos os lugares.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

50)

Examine atentamente o gráfico a seguir.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uespi2012geo22.png

Com base nesse gráfico, é correto afirmar que:

1) nas décadas de 1970 e 1980, do século passado, a maior parte da população economicamente ativa exercia atividades remuneradas no setor Secundário da economia.

2) antes da década de 1960, a população brasileira era dominantemente rural; esse quadro modifica-se sensivelmente de 1970 em diante.

3) de 1965 até 2000, a população total permaneceu estável, enquanto a população rural atravessava um crescimento considerável, refletindo, assim, um nítido processo de urbanização do país.

4) as migrações internas da população diminuem consideravelmente a partir de 1965, em face das políticas proibitivas adotadas pelo regime de exceção instalado em 1964.

Está(ão) correta(s) apenas:

A)

1

B)

2

C)

1 e 4

D)

3 e 4

E)

2 e 3

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

51)

Analise o gráfico.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFTM2012geog27.bmp 

 

O gráfico de transição demográfica auxilia na interpretação da nova dinâmica populacional no mundo. A partir da análise do gráfico e de seus conhecimentos, assinale a alternativa correta.

A)

O período de pós-transição define-se pelas baixas taxas de mortalidade e natalidade.

B)

O regime demográfico tradicional ocorre nos países de elevado crescimento vegetativo.

C)

O crescimento natural da população é resultado direto do saldo migratório que vem ocorrendo no mundo.

D)

A fase de transição demográfica caracteriza-se pelo aumento acentuado das taxas de natalidade.

E)

A tendência demográfica mundial é manter a mortalidade e natalidade sob taxas elevadas.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

52)

Veja a tabela abaixo:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/enem0358.JPG

 É correto afirmar que a população brasileira

A)

apresentou crescimento percentual menor nas últimas décadas.

B)

apresentou crescimento percentual maior nas últimas décadas.

C)

decresceu em valores absolutos nas cinco últimas décadas.

D)

apresentou apenas uma pequena queda entre 1950 e 1980.

E)

permaneceu praticamente inalterada desde 1950.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

53)

Observe a tabela a seguir:

                                                           1999                                  2050 (Previsão)

População mundial                            6.0 bilhões                         9.4 bilhões

Suficiência de água                            92%                                   58%  

Insuficiência de água                         5%                                     24%  

Escassez de água                               3%                                     18%

Adaptado de: KENNEDY. P. Preparando para o Séc. XXI.

Sobre os dados apresentados na tabela acima, é CORRETO afirmar que:

A)

A tabela apresenta uma relação equivocada entre os dados, pois o processo de dessalinização da água do mar é uma alternativa para a atual escassez de água doce.

B)

Aumentará a escassez de água à medida que houver aumento de população. Assim, em 2050, pouco mais da metade da população terá água suficiente.

C)

Em 2050 somente 24% da população mundial terá água em quantidade suficiente e 76% enfrentará problemas devido à falta desse recurso natural.

D)

Os dados da tabela já indicam o declínio da população nos países desenvolvidos, que são os maiores consumidores de água.

E)

Considerando que os dados de 2050 são apenas uma previsão, o controle de natalidade e a redução da fecundidade nos países da África e Ásia já demonstram sensível redução no consumo de água.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

54)

Uma das questões mais polêmicas da agricultura mundial diz respeito às centenas de bilhões de dólares investidas todos os anos para dar apoio financeiro aos agricultores, principalmente no mundo desenvolvido. Essa ajuda aumenta de modo artificial a competitividade, prejudicando as vendas dos agricultores das nações pobres. Analise o gráfico abaixo, que apresenta a estimativa de apoio estatal ao produtor rural em percentual do PIB agrícola no ano de 2009:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UERJ20121GEOG58.PNG

Os cinco países com maior estimativa de dependência de subsídios para a agricultura apresentam em comum as seguintes características:

A)

propriedades com área reduzida – elevado custo de produção

B)

atividades de caráter extensivo – baixa produtividade do setor primário

C)

insumos oriundos da importação – grande percentual de terras devolutas

D)

latifúndios voltados para a exportação – pequena população ativa no campo

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

55)

Leia a notícia seguinte.

“A população brasileira chegou em 2008 a 189,6 milhões de habitantes, mas cresce em ritmo cada vez menor devido à queda nas taxas de fecundidade. Com isso, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) está revendo suas estimativas e antecipou a data em que prevê que a população começará a cair. Em vez de 2062, a nova projeção aponta que isso ocorrerá até 2040. [...] os técnicos do instituto adiantaram que o novo teto populacional ficará entre 217 e 220 milhões de habitantes ao final da década de 2040. A estimativa antiga apontava que a população ultrapassaria 260 milhões de pessoas e só depois diminuiria, em 2062.”

Folha de S. Paulo. Cotidiano, 30 de agosto de 2008. p. C1.

Os dados divulgados pela notícia são importantes para a definição de políticas públicas para o país. Considerando que a expectativa de vida da população brasileira vem aumentando, marque a alternativa correta.

A)

A distribuição da população brasileira por idade e sexo está mudando mais rapidamente e, em 2040, a pirâmide etária que representará graficamente essa distribuição terá uma base bem mais larga que o topo.

B)

Proporcionalmente, a população infantil diminuirá e a população idosa aumentará mais rápido do que se previa. Isso poderá melhorar a distribuição e aplicação dos recursos financeiros destinadas à educação básica, mas exigirá maiores investimentos em políticas voltadas para a saúde e para a previdência social.

C)

O país deve investir mais em programas de controle da natalidade para acelerar o aumento proporcional do número de idosos da população e, assim, diminuir a reprodução social da pobreza e a grande demanda por creches e escolas.

D)

As políticas públicas nas próximas décadas deverão priorizar a privatização dos serviços de saúde e a previdência para evitarem o colapso das finanças do país, decorrente do aumento do número de idosos que provocará maiores gastos públicos com saúde e aposentadoria.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

56)

Atualmente, dois fatores explicam a redução do crescimento demográfico de um país desenvolvido. Assinale a alternativa correta, identificando quais são esses fatores.

A)

Aumento das taxas de emigração e redução das taxas de mortalidade.

B)

Queda nos índices de fecundidade e aumento das taxas de natalidade.

C)

Aumento das taxas de crescimento vegetativo e diminuição das taxas de imigração.

D)

Redução das taxas de imigração e redução das taxas de natalidade.

E)

Reduzida taxa de incremento populacional e crescimento das taxas de natalidade.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

57)

“O crescimento demográfico não é causa primeira do subdesenvolvimento, mas ele contribui poderosamente para o desenvolvimento das contradições econômicas, sociais e políticas. O número de camponeses sem terra e dos desempregados não cessa de crescer, certamente para o maior lucro, a curto prazo, dos industriais e proprietários fundiários, mas as tensões sociais não param de se ampliar. O aumento da população não é excessivo senão em relação a um crescimento econômico restrito, e o impulso demográfico não teria tomado tal velocidade e engendrado tais dificuldades se a natalidade tivesse progressivamente sido reduzida pelos efeitos de um desenvolvimento econômico e social.”

Adaptado de Lacoste, Ives. Geografia do subdesenvolvimento. 7 ªed. São Paulo: Difel, 1985. p.119-126.

 

A partir desse fragmento e das teorias sobre esse assunto, considere as afirmativas abaixo.

I - O autor retrata as ideias da teoria neomalthusiana, que se caracteriza pela explícita oposição às ideias malthusianas.

II - O autor propõe a adoção de uma política antinatalista rigorosa sem a qual não seria possível o desenvolvimento socioeconômico.

III - A solução para os problemas sociais e econômicos não pode basear-se, unicamente, na limitação dos nascimentos e, sim, em uma melhor distribuição de renda, o que melhora a qualidade de vida da população.

 

Marque a alternativa correta.

A)

Apenas I e II estão corretas.

B)

Apenas II está correta.

C)

Apenas III está correta.

D)

Apenas I e III estão corretas.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

58)

Observe a tabela.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UNIMONTES20112GEOG29.PNG

Sobre os dados apresentados na tabela, assinale a alternativa INCORRETA.

A)

As regiões brasileiras de ocupação mais recente apresentaram crescimento demográfico percentual, entre 2000 e 2010, superior à média nacional.

B)

Os estados mais setentrionais do Brasil apresentaram as menores taxas de crescimento demográfico.

C)

Os dois estados com o menor crescimento percentual estão localizados na região Sul e na região Nordeste, respectivamente.

D)

Os dados mostram que a população brasileira continua concentrada nas regiões Sudeste e Nordeste.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

59)

A teoria demográfica de Malthus afirma que

A)

uma população numerosa seria um obstáculo ao desenvolvimento e levaria ao esgotamento dos recursos naturais, ao desemprego e à pobreza.

B)

proibir o casamento entre pessoas muito jovens; limitar o número de filhos entre as populações mais pobres; elevar o preço das mercadorias e reduzir os salários, seria a saída para pressionar os mais humildes a ter uma prole menos numerosa.

C)

enquanto o crescimento populacional tenderia a seguir um ritmo de progressão aritmética, a produção de alimentos cresceria segundo uma progressão geométrica.

D)

a solução para o elevado crescimento populacional estava na implantação de políticas oficiais de controle de natalidade mediante o emprego de pílulas anticoncepcionais, abortos, ligadura das trompas, vasectomia etc.

E)

considera a miséria como a principal causa do acelerado crescimento populacional e defendem a necessidade de reformas socioeconômicas que permitam a melhoria do padrão de vida da população mais pobre.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

60)

Analise a tabela.

Área

Região                                               Urbana                             Rural                                Total  

Norte                                                 35,4                                  38,1**                              36,2  

Nordeste                                           42,9                                   59,7                                  48,8  

Sudeste                                             14,9                                   34,3                                  17,0  

Sul                                                    15,7                                   28,4                                  18,3  

Centro-oeste                                     20,0                                   34,0                                  22,3  

Brasil                                                23,1                                   46,1                                  27,8

* Pessoas com renda familiar inferior às linhas de pobreza regionais estabelecidas pelo “Projeto Fome Zero”.** Inclui apenas o Estado de Tocantins. Fonte: Instituto Cidadania 2001.

 

Os dados da tabela demonstram que

A)

a pobreza é maior nas regiões que possuem maior desenvolvimento nos setores secundário e terciário.

B)

a região Norte apresenta o maior índice de pobreza tanto urbana quanto rural.

C)

o maior percentual de pessoas pobres no Brasil, no ano de 1999, encontrava-se na área rural, independentemente da região.

D)

as condições de vida são mais precárias nas áreas metropolitanas das regiões brasileiras, por causa do acúmulo de população.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

61)

Identifique as afirmativas verdadeiras.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEFS20101geo34.png

A análise do gráfico, aliada aos conhecimentos sobre o espaço urbano mundial, possibilita afirmar:

I. O continente africano apresenta o maior crescimento urbano da atualidade.

II. A Ásia e a África são continentes populosos, que possuem uma população majoritariamente rural.

III. Os países do Leste europeu apresentam o menor percentual de população urbana do planeta devido ao grande desenvolvimento das atividades rurais.

IV. A diminuição da população urbana é uma tendência mundial.

V. A urbanização, na América Latina, é um fenômeno contemporâneo e suas características estão associadas à segunda revolução tecnológica, informacional e científica.

A)

I, II

B)

IV, V

C)

I, II, III

D)

I, III, IV

E)

II, III, V

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

62)

Sobre a população mundial, analise:

I. Após a Segunda Guerra, houve um grande crescimento da população mundial, sobretudo nos países desenvolvidos, fato que se perpetua até os dias atuais.

II. Nos países subdesenvolvidos, a estrutura etária se caracteriza, em geral, pelo reduzido número de jovens.

III. O percentual de idosos nos países desenvolvidos é normalmente maior em relação aos países subdesenvolvidos.

IV. Na maioria dos países do mundo, ocorre uma enorme retração da população ativa do setor terciário e, consequentemente, um aumento dos setores primário e secundário.

 

Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):

A)

II, III, IV

B)

I, III

C)

III

D)

I, II, IV

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

63)

O movimento migratório no Brasil é significativo, principalmente em função do volume de pessoas que saem de uma região com destino a outras regiões. Um desses movimentos ficou famoso nos anos 80, quando muitos nordestinos deixaram a região Nordeste em direção ao Sudeste do Brasil. Segundo os dados do IBGE de 2000, este processo continuou crescente no período seguinte, os anos 90, com um acréscimo de 7,6% nas migrações deste mesmo fluxo. A Pesquisa de Padrão de Vida, feita pelo IBGE, em 1996, aponta que, entre os nordestinos que chegam ao Sudeste, 48,6% exercem trabalhos manuais não qualificados, 18,5% são trabalhadores manuais qualificados, enquanto 13,5%, embora não sejam trabalhadores manuais, se encontram em áreas que não exigem formação profissional. O mesmo estudo indica também que esses migrantes possuem, em média, condição de vida e nível educacional acima dos de seus conterrâneos e abaixo dos de cidadãos estáveis do Sudeste.

Disponível em: http://www.ibge.gov.br. Acesso em: 30 jul. 2009 (adaptado).

Com base nas informações contidas no texto, depreende-se que

A)

o processo migratório foi desencadeado por ações de governo para viabilizar a produção industrial no Sudeste.

B)

os governos estaduais do Sudeste priorizaram a qualificação da mão-de-obra migrante.

C)

o processo de migração para o Sudeste contribui para o fenômeno conhecido como inchaço urbano.

D)

as migrações para o sudeste desencadearam a valorização do trabalho manual, sobretudo na década de 80.

E)

a falta de especialização dos migrantes é positiva para os empregadores, pois significa maior versatilidade profissional.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

64)

Leia os fragmentos de textos.

Texto I- A equação é a seguinte: quanto mais gente no mundo, menor a fatia do bolo a que cada um tem direito.

(Revista Veja, 1992)

Texto II- As cidades do mundo em desenvolvimento estão a um passo da explosão pela pressão de suas populações. Seu enorme crescimento é similar ao que se produziu no Norte com a industrialização no século XIX, mas em escala gigantesca. A cada dia que passa, estima-se que cerca de 75 mil pobres cheguem às cidades, procedentes de áreas rurais, sobrecarregando serviços e administração.

(N. Myers, El Atlas Gaia de la Gestion del Planeta, 1987. Trad. Roberto Giansati)

 

Considerando os recortes temporal e espacial enfocados nos fragmentos dos textos e estabelecendo um paralelo com as teorias demográficas, é CORRETO afirmar que

A)

enfatizam a Teoria Malthusiana do século XVIII.

B)

reforçam a Teoria Neomalthusiana após a II Guerra Mundial.

C)

enfatizam a Teoria Socialista do início do século XX.

D)

reforçam a Teoria Reformista no final do século XIX.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

65)

A diminuição do ritmo de crescimento da população brasileira, a partir dos anos de 1980, teve como causa fundamental a

A)

disseminação da prática do aborto, em conformidade com a legislação vigente.

B)

esterilização de grandes efetivos demográficos, a partir da laqueadura e da vasectomia.

C)

redução das taxas de natalidade, associadas aos processos de urbanização.

D)

considerável emigração para os países localizados na zona temperada do globo.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

66)

Sobre a população brasileira, são feitas as seguintes considerações:

I. A população está distribuída de forma irregular no território brasileiro.

II. A maioria da população brasileira está concentrada nas áreas urbanas.

III. O Brasil é um país populoso e densamente povoado, principalmente nas regiões norte e sudeste.

IV. As mulheres apresentam uma expectativa de vida superior a dos homens.

 

Quais estão corretas?

A)

Apenas a I e II.

B)

Apenas a I, II e III.

C)

Apenas a I, II e IV.

D)

Apenas a I, III e IV.

E)

Apenas a II, III e IV.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

67)

90 milhões em ação, pra frente, Brasil, do meu coração. Todos juntos, vamos, pra frente, Brasil, salve a seleção. De repente é aquela corrente pra frente. Parece que todo o Brasil deu a mão. Todos ligados na mesma emoção. Tudo é um só coração. Todos juntos, vamos, pra frente, Brasil, Brasil, Salve a seleção.(Canção: Pra frente Brasil/ Copa 1970. Autor: Miguel Gustavo)

Da Copa de 1970 à Copa de 2010, a população brasileira passou de 93.139.037 para uma população estimada em 193.114.840 habitantes.

IBGE - Popclock em 23 jun. 2010.

Com base nos conhecimentos sobre a dinâmica do crescimento vegetativo da população no Brasil, ao longo desses 40 anos, assinale a alternativa correta.

A)

A taxa de crescimento anual da população brasileira foi maior na primeira década do século XXI que nos anos 1970, apesar da estabilização da taxa bruta de mortalidade.

B)

A contínua redução da taxa de fecundidade explica a queda na taxa de crescimento anual da população, apesar de o número total de habitantes ter mais que dobrado.

C)

Nas duas últimas décadas, apesar do aumento das taxas brutas de natalidade, as taxas anuais de crescimento vegetativo da população brasileira se estabilizaram devido ao comportamento do saldo migratório.

D)

O crescimento absoluto de aproximadamente 100 milhões de habitantes foi proporcionado pela elevação das taxas de fecundidade no Brasil ao longo do período.

E)

O fato de a população absoluta ter mais que dobrado no período se deve ao saldo migratório positivo ocasionado pela absorção de centenas de milhares de imigrantes italianos e japoneses.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

68)

Proporção da População por grandes grupos de idade – 1980-2000

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010geog36.png

 

Taxas de natalidade – 1990 - 2008

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMS2010geog37.png

 

Considerando as informações dos gráficos sobre a população brasileira, é correto afirmar que

A)

no período 1980-2000, houve uma diminuição significativa da população com idade entre 15 e 64 anos, o que revela o envelhecimento da população brasileira.

B)

o aumento das taxas de natalidade no período 1990-2008 tem relação direta com o crescimento da população com idade entre 0 e 14 anos.

C)

a população com idade entre 15 e 64 anos aumentou no período 1980-2000, o que significou maior número de pessoas em idade produtiva exigindo sua inserção no mercado de trabalho.

D)

a diminuição das taxas de natalidade no período 1990-2008 é explicada pelo envelhecimento da população brasileira nesse período.

E)

em todos os períodos, houve diminuição da população em idade produtiva (15 a 64 anos) e aumento da população mais idosa (65 anos ou acima dessa idade).

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

69)

Analise as afirmativas relacionadas aos gráficos abaixo.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UCPEL2006FEVEREIROGEOG42.PNG

I - Através das pirâmides etárias, (A) e (B), é possível conhecer a realidade socioeconômica de um país e suas implicações.

II - A pirâmide etária (B), típica de um país subdesenvolvido, demonstra que a alta taxa de natalidade implicará em gastos excessivos com educação e saúde, desviando os capitais que poderiam ser investidos nas indústrias de base e na melhoria dos setores de transportes e energético.

III - As pirâmides etárias (A) e (B) são representações gráficas da população classificada por sexo e idade. No eixo vertical, estão indicadas as diversas faixas etárias, enquanto no eixo horizontal está indicada a quantidade de população. As barras da esquerda representam a população masculina e as barras da direita representam a população feminina.

Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)

A)

I e II.

B)

I, II e III.

C)

III.

D)

I e III.

E)

II.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

70)

Analise as proposições:

I – A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) constatou diversos avanços no mercado de trabalho brasileiro em 2008, especialmente nas regiões Norte e Nordeste. De 2007 para 2008, o contingente de trabalhadores cresceu, impulsionado pelo setor da construção civil, que gerou cerca de 900 mil novos postos de trabalho em todo o país.

II – A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), de 2008, confirmou o envelhecimento da população.

III – Segundo a Pnad de 2008, o Norte continua a ter a estrutura etária mais jovem do país.

IV – As regiões Sul e Sudeste apresentaram as estruturas etárias mais envelhecidas na Pnad de 2008.V – Segundo a Pnad de 2008, houve um aumento dos trabalhadores com carteira assinada entre os anos de 2007 e 2008.

 

Assinale a alternativa correta.

A)

Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras.

B)

Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

C)

Somente as afirmativas I e V são verdadeiras.

D)

Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

E)

Todas as afirmativas são verdadeiras.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

71)

Considere as seguintes afirmações sobre a população brasileira.

I. A taxa de fecundidade e, consequentemente, de natalidade, vem declinando acentuadamente nas últimas décadas.

II. Tem, gradativamente, aumentado a esperança de vida.

III. O percentual de idosos em nosso País é mais elevado que em nações desenvolvidas.

IV. Apresenta, nestas últimas décadas, redução da taxa de fertilidade.

 

Assinale a alternativa correta.

A)

Apenas II, III e IV estão corretas.

B)

Apenas I e III estão corretas.

C)

Apenas I, III e IV estão corretas.

D)

Apenas I, II e IV estão corretas.

E)

Apenas III e IV estão corretas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

72)

A teoria demográfica de Thomas Malthus apoiava-se em dois postulados que afirmavam que sem guerras, epidemias e desastres, a tendência era a população duplicar-se em 25 anos; e que a produção de alimentos não seria capaz de atender à demanda mundial, que cresceria em progressão aritmética.

 

As previsões de Thomas Malthus não se concretizaram em função

A)

da política de controle de natalidade e o desenvolvimento tecnológico aplicado à agricultura.

B)

da política de controle de natalidade e dos progressos tecnológicos relacionados aos avanços da medicina.

C)

dos efeitos decorrentes da urbanização na evolução demográfica e do desenvolvimento tecnológico aplicado à agricultura.

D)

dos efeitos decorrentes de catástrofes naturais, como os tsunamis de 2004 e 2011 e das grandes guerras do século XX.

E)

da fome que castiga mais da metade da população mundial e da baixa expectativa de vida nos países subdesenvolvidos.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

73)

Observe o quadro.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UNIMONTES20111GEOG34.PNG

Sobre a taxa de fecundidade brasileira, assinale a alternativa CORRETA.

A)

Nas áreas urbanas, a taxa de fecundidade é maior que na zona rural, pois há melhores condições para educar os filhos.

B)

A maior taxa de fecundidade registrada no quadro foi em 1940, período de grande migração para a cidade.

C)

A redução no número de filhos por casal faz com que o Brasil apresente falta de mão de obra nas principais cidades.

D)

A taxa de fecundidade é inversamente proporcional ao índice de urbanização no Brasil.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

74)

Os livros didáticos de geografia, ao discutirem a questão da demografia mundial, têm indicado tendências quanto à dinâmica populacional para os próximos anos. As alternativas abaixo indicam tais tendências, EXCETO:

A)

Há uma efetiva desaceleração nas médias de crescimento populacional mundial, a despeito do fato de que a média mundial esconde diferenças como: ser muito baixa nos países ricos e ainda ser alta nos países pobres.

B)

As migrações estão inseridas nas tendências mundiais da população, e estão diminuindo. Os movimentos migratórios, em termos mundiais, têm se dirigido a países em desenvolvimento, como o Brasil.

C)

Em 2007, pela primeira vez na história mundial, ocorreu o fato de haver mais pessoas morando na zona urbana, do que na zona rural. O crescimento urbano ocorre de maneira mais acelerada nos países em desenvolvimento, onde tal processo deve agravar os problemas socioeconômicos próprios da urbanização.

D)

Há uma tendência de envelhecimento da população mundial. Isso se observa a partir da combinação entre crescimento vegetativo baixo e aumento da longevidade.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

75)

Observe o gráfico abaixo com as mudanças na estrutura etária da população brasileira:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UERGS20081geo60.png

As mudanças apresentadas no gráfico acima são consequências:

A)

da diminuição da taxa de natalidade e do aumento da expectativa de vida.

B)

da diminuição da densidade demográfica e do aumento da taxa de natalidade.

C)

da diminuição da expectativa de vida e da estabilidade da taxa de natalidade.

D)

da diminuição da população absoluta e do aumento da população relativa.

E)

da diminuição da expectativa de vida e da taxa de natalidade.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

76)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UENF2010geog57.bmp

 

A transição demográfica que ocorre no Brasil gera diferenças socioespaciais entre as macrorregiões do país. De acordo com os mapas, as menores proporções de população em idade ativa são encontradas na seguinte macrorregião brasileira:

A)

Sul

B)

Norte

C)

Sudeste

D)

Nordeste

 

 

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

77)

Analise o gráfico a seguir:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/pucsp0566.JPG

Sobre esse quadro comparativo (Nordeste, Sul e Brasil) da evolução da taxa de mortalidade infantil pode-se afirmar que

A)

hoje as grandes cidades são lugares que produzem a pobreza, o que explica por que o Nordeste possui maiores taxas de mortalidade infantil que a região sul.

B)

a distância entre as taxas do Nordeste em relação à média do Brasil e às do Sul vêm diminuindo recentemente, embora as do Nordeste ainda sejam as mais elevadas.

C)

a diminuição da mortalidade infantil no Brasil termina por influenciar a elevação das taxas de fecundidade em vista das melhores condições atuais para a sobrevivência nessa faixa etária.

D)

o ritmo comum de queda das taxas (sobretudo a partir de 1970) deve-se a fatores distintos; no Nordeste, por exemplo, o fator principal foi a migração populacional para o Sudeste.

E)

os níveis mais recentes de mortalidade infantil que aparecem no gráfico já são similares aos de países do primeiro mundo, à exceção dos índices nordestinos.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

78)

O mundo apresenta redes de mobilidade populacional que transcendem fronteiras internacionais em busca de melhores condições de vida. Nesse deslocamento, pode-se afirmar corretamente que

A)

na América do Sul, os imigrantes que chegaram nas duas últimas décadas são representados por refugiados políticos e por japoneses que veem nas áreas metropolitanas melhores condições de vida do que no seu país.

B)

todos os países da América do Norte apresentam excelentes possibilidades econômicas para os imigrantes, continuando válida a ideia de “fazer a América”.

C)

são dos países africanos a maioria dos imigrantes que chegam atualmente ao Brasil para trabalhar nas indústrias da Grande São Paulo.

D)

a busca dos melhores salários oferecidos pelos países produtores de petróleo atrai ao Golfo Pérsico muitos trabalhadores da Índia e de outras nações.

E)

a porcentagem de população estrangeira na Austrália é superior à dos Estados Unidos, devido à proximidade com a África e à estabilidade econômica e política do país.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

79)

O crescimento demográfico está ligado a dois fatores: ao crescimento natural e à taxa de migração. Desde a Antiguidade, o crescimento populacional é tema de reflexão para os que se preocupam com o equilíbrio entre a população e os recursos naturais. Diversas teorias buscam entender o relacionamento entre população e recursos.

 

Sobre as teorias demográficas, é correto afirmar que

A)

Malthus concluiu que o ritmo de crescimento populacional seria mais acelerado que o ritmo da produção de alimentos, o que geraria a fome.

B)

quanto menor fosse o número de habitantes de um país, menor seria a renda per capita e a disponibilidade de capital a ser distribuído pelos agentes econômicos, para os neomalthusianos.

C)

os reformistas defendem a ideia de que as elevadas taxas de natalidade são causa do subdesenvolvimento, sendo necessário impor o controle da natalidade.

D)

se verifica na média mundial, atualmente, uma queda na fecundidade e aumento da natalidade, mantendo estável o crescimento populacional no mundo.

E)

a taxa de natalidade, nos países desenvolvidos, de forma geral, mantém-se e a taxa de mortalidade diminui, o que contribui para que o crescimento vegetativo continue elevado.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

80)

“A bem da verdade, a raça humana vem se multiplicando explosivamente desde que existem as vacinas. Orgulham-se pelo fato de conseguir controlar epidemias e as doenças infantis, mas agora enfrenta a superpopulação. O homem não se deu conta que todas essas doenças eram a seleção natural dos mais fortes e mais aptos [...] Não foi exatamente Deus que controlava a superpopulação pelas epidemias que matavam os mais fracos e menos aptos?”.

(Ana Primavesi - Agroecologia: ecoesfera, tecnologia e agricultura, 1977.)

 

Com base no texto podemos afirmar que a teoria populacional desenvolvida pela autora baseia-se em princípios tipicamente

A)

reformistas, ao ver na miséria a causa do crescimento demográfico.

B)

marxistas, ao entender que só existem superpopulações relativas, vinculadas à forma como se desenvolve e se reproduz o capitalismo.

C)

malthusianos, ao defender as calamidades como um obstáculo positivo ao crescimento populacional.

D)

neomalthusianos, ao defender que o crescimento populacional provoca o subdesenvolvimento, se não for compatível com os recursos do território.

E)

natalistas, ao observar que há um “ótimo populacional” para a qualidade do padrão de vida de uma nação.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

81)

Em relação à população, a maior cidade brasileira é:

A)

Brasília

B)

Rio de Janeiro

C)

São Paulo

D)

Salvador

E)

Fortaleza

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

82)

Compare os gráficos de pirâmides etárias abaixo.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/PUCPR2005geo06.PNG

Assinale a INCORRETA:

A)

A distribuição da população brasileira por classes etárias das décadas de 1960 e 1970 se assemelha à representada no gráfico I.

B)

Enquanto o gráfico II pode estar representando um país desenvolvido ou em desenvolvimento, o gráfico I é característico dos países mais pobres da Terra, como os da África Subsaariana.

C)

Os dois gráficos acima correspondem aos quadros populacionais de países europeus. Enquanto no gráfico I é representado um país do Leste Europeu, de onde partiram milhares de emigrantes após a queda do socialismo, o gráfico II corresponde a um país da parte ocidental europeia, destino de muitos imigrantes.

D)

O gráfico I revela um país de elevada taxa de natalidade e uma baixa longevidade.

E)

O gráfico II apresenta uma realidade das duas últimas décadas na demografia brasileira: queda na natalidade e uma concentração maior de habitantes entre os 10 e 20 anos de idade, bem como uma considerável população de adultos.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

83)

Leia o fragmento de texto a seguir.

 

Retrocedendo no tempo, verifica-se que para os homens, já em 1940, a média de idade no ato do casamento legal era de 27,1 anos, a qual se manteve quase inalterada até nossos dias [1998]. Com as mulheres não ocorreu o mesmo. Em 1940, elas se casavam no civil mais cedo, em média aos 21,7 anos, idade que veio crescendo sistematicamente e passou a 23,3 anos em 1950, 23,8 em 1960 e 24 em 1970.

BERQUÓ, Elza. Arranjos familiares no Brasil: uma visão demográfica. In:SCHWARCZ, Lilia M. História da vida privada no Brasil. Contrastes da intimidade contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. v. 4.p. 416-417. [Adaptado]

 

O texto retrata diferenças na idade média das mulheres, em relação à dos homens, no que se refere ao casamento civil. No Brasil, o aumento progressivo da idade de casamento das mulheres entre as décadas de 1940 e 1970 se deve, sobretudo, à

A)

instituição do divórcio, que deu aos divorciados o direito de contrair novo matrimônio.

B)

aprovação do código eleitoral, que garantiu a participação política das mulheres.

C)

elevação da escolaridade, que possibilitou maior inclusão das mulheres no mercado de trabalho.

D)

ampliação da longevidade feminina, que influenciou na nupcialidade e nas parturições.

E)

implementação de políticas de saúde pública, que permitiu o acesso à contracepção e à esterilização.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

84)

Considere a tabela a seguir.

NÚMERO DE MUNICIPIOS NOS CENSOS DEMOGRÁFICOS, SEGUNDOAS GRANDES REGIÕES BRASILEIRAS

                                               1980              2010

Região Norte                          203                449

Região Nordeste                   1375              1794

Região Sudeste                     1410              1668

Região Sul                             719                1188

Região Centro-Oeste             284                466

BRASIL                               3991               5565

BRASIL. IBGE, Censo de 2010.

De acordo com a tabela, no que se refere à dinâmica de criação de municípios, no período de 1980 a 2010, constata-se que o

A)

acréscimo de 182 municípios à região Centro-Oeste se explica pela expansão econômica resultante das estratégias do chamado “milagre brasileiro”.

B)

aumento, na região Norte, de aproximadamente 121% no número de municípios, é resultante da forte corrente migratória e do fluxo de capitais multinacionais para a região.

C)

número de municípios, na região Sudeste, em 2010, correspondia a, aproximadamente, 30% do total dos municípios brasileiros, resultante da concentração espacial das atividades econômicas e populacionais.

D)

aumento absoluto de 469 municípios, na região Sul, está relacionado ao desenvolvimento da fronteira agrícola e à divisão territorial dos estados.

E)

menor aumento absoluto no número de municípios, apresentado pela região Nordeste, é motivado pelo esvaziamento demográfico decorrente de fluxos migratórios em direção às demais regiões brasileiras.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

85)

O IDH pode ser utilizado para comparar as realidades socioeconômicas de países ou regiões do planeta.

 

Sobre o IDH brasileiro, pode-se afirmar:

A)

É o mesmo, quanto a seus valores, para todo país, sem apresentar diferenças regionais.

B)

Apresenta-se como o mais elevado, entre os países latino-americanos.

C)

Tem seu atual desempenho influenciado pelo aumento da pobreza e da exclusão social.

D)

Sua evolução indica o aumento do PIB per capita, do nível de instrução e da expectativa de vida ao nascer.

E)

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

86)

O quadro abaixo mostra o crescimento da população brasileira em diferentes períodos do século XX. Percebe-se que as taxas de crescimento são bem distintas em relação a esses períodos.

 PERÍODO                   Taxa anual média de crescimento natural (%)  

1920 – 1940                   1,90  

1940 – 1950                   2,40  

1950 – 1960                   2,99  

1960 – 1970                   2,89  

1970 – 1980                   2,48  

1980 – 1990                  1,93  

1991 – 2000                  1,64

Fonte: IBGE

Analisando os dados do quadro e os fatores relacionados ao crescimento natural da população brasileira, assinale a alternativa correta.

A)

O período de 1980 a 2000 é caracterizado como de forte crescimento demográfico, em função da urbanização e da maior oferta de emprego.

B)

O período de 1970 a 1990 é caracterizado como de decréscimo das taxas de densidade demográfica, em função da estabilização da taxa de mortalidade e diminuição da taxa de natalidade.

C)

O período de 1960 a 1980 é caracterizado como de crescimento das taxas de natalidade e de mortalidade, consequentemente diminuição do crescimento natural.

D)

O período de 1950 a 1970 é caracterizado como de nítida explosão demográfica, em função da diminuição mais acentuada da taxa de mortalidade em relação a taxa de natalidade.

E)

O período de 1920 a 1940 é caracterizado como de estabilização das taxas de mortalidade e de natalidade, em função da adoção do planejamento familiar.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

87)

Responder à questão abaixo com base no quadro e nas afirmativas, referentes ao crescimento da população urbana no Brasil.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/pucrs2009geo14.png

I. A maior parcela da população passa a viver em áreas urbanas, provavelmente a partir do final da década de sessenta.

II. No período entre 1960 e 1970, o ritmo de crescimento da população urbana foi menor que no período de 1980 a 1991.

III. A taxa de urbanização evidenciada em 2000 e o ritmo de crescimento urbano em décadas anteriores se assemelham aos dados de países considerados desenvolvidos, como a Noruega e a Suécia.

IV. A taxa de urbanização tem aumentado a partir de 1940, porém o ritmo de crescimento variou em função de diferentes contextos socioeconômicos pelos quais o país passou.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas apenas

A)

I e IV.

B)

II e III.

C)

III e IV.

D)

I, II e III.

E)

I, II e IV.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

88)

Observe os dados a seguir, sobre um aspecto demográfico do continente europeu.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uemg08troca17.JPG

(ONU, IBGE e Instituto de Política Familiar - Revista Veja. 24 de outubro de 2007.)

A análise dos dados demográficos ilustrados acima SÓ permite afirmar que

A)

na população europeia, os casais têm menos filhos, cresce a expectativa de vida e, como resultado, aumenta a presença de idosos.

B)

está ocorrendo a queda na taxa de fecundidade e a redução da expectativa de vida dos europeus.

C)

as taxas de fecundidade continuam elevadas, aumentando o crescimento populacional neste continente.

D)

o aumento da presença de idosos na população e a redução da natalidade não comprometem o futuro econômico das nações europeias.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

89)

Observe o gráfico abaixo e as afirmativas a ele referentes:

0

I. O crescimento da população brasileira se intensificou após a Segunda Guerra Mundial.

II. O aumento populacional verificado no período 1940-1980 não está associado ao crescimento vegetativo.

III. O crescimento populacional brasileiro observado no período 1890-1900 deve-se à contribuição da intensa migração dos países africanos para o Brasil.

IV. O crescente aumento da população brasileira está associado a investimentos nos setores de saúde, educação e saneamento básico.

Está CORRETO o que se afirma apenas em:

A)

II e III.

B)

III e IV.

C)

I e IV.

D)

I e II.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

90)

Leia a tira abaixo:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFG2005fgeo56.png

A resposta à indagação, expressa ao final do diálogo entre Mafalda e Susanita, na perspectiva dos estudos demográficos, é que

A)

a distribuição da população na superfície terrestre ocorre de forma desigual.

B)

o aumento populacional ocorre em todas as áreas do globo.

C)

a existência de áreas inóspitas na superfície terrestre dificulta a ocupação do espaço geográfico.

D)

a distribuição da população no globo ocorre mediante o valor da terra.

E)

o crescimento populacional mundial é compatível com a ocupação do espaço geográfico.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

91)

O mapa da distribuição da população mundial mostra a irregularidade de ocupação humana pelo espaço, que de um modo geral está associada a três fatores principais: físico ou natural, histórico e econômico. Identifique as áreas assinaladas pelos numerais de 1 a 5 com os seus respectivos fatores favoráveis ou não à ocupação humana.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uepb2011geo10.png

( ) Norte do Canadá, que deve sua baixa densidade demográfica ao fator climático de influência polar.

( ) Nordeste dos Estados Unidos e Região dos Grandes Lagos, que devem sua intensa densidade demografia à presença da maior concentração industrial norte-americana.

( ) Leste da China, tem na história muito antiga da sua ocupação um dos motivos para apresentar uma alta densidade demográfica.

( ) Bangladesh, cuja localização no delta dos rios Ganges, Brahmaputra e Meghna, deve a esses rios as terras de aluvião muito férteis que atraíram uma das maiores concentrações populacionais do mundo.

( ) Planalto do Tibete na Ásia Central, cuja grande altitude e consequente associação de baixa temperatura e pressão atmosférica dificultam a ocupação humana.

A sequência correta da numeração é:

A)

5 3 1 4 2 

B)

4 3 2 4 5

C)

3 2 5 1 4 

D)

3 4 1 5 2

E)

4 3 2 1 5

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

92)

Província Russa tem feriado para casais procriarem

O governador de uma das províncias da Rússia Ocidental instituiu a data de 12 de setembro para incentivar os casais a pensar em procriação em um dia livre do trabalho.

(www.notícias.uol.com.br acesso em 12.09.2008)

Esse tipo de iniciativa evidencia

A)

a questão demográfica alarmante da Rússia, que apresenta uma taxa de natalidade muito baixa e registra, atualmente, um crescimento natural negativo.

B)

a necessidade de o governo russo demonstrar a superioridade étnica dos eslavos frente a grupos étnicos minoritários, como os tchetchenos.

C)

o esforço do Estado para associar o crescimento demográfico com o econômico, pois ambos ainda se ressentem do período de transição política.

D)

a preocupação geopolítica russa com os grandes espaços vazios a serem povoados, principalmente, nas áreas de fronteira com os outros países da CEI.

E)

a nova política demográfica do governo russo, voltada para recuperar a posição que tinha até o final da década de 1980, de país populoso.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

93)

A possibilidade de acesso às conquistas socioeconômicas (escolaridade, emprego, moradia, saúde) por grupos excluídos (negros, índios, pobres em geral, mulheres, gays, entre outros) tem incentivado políticas públicas e novas legislações. Considerando esse cenário, leia a charge a seguir.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFPB2012GEOG01.PNG

Nesse contexto, essa charge permite uma reflexão sobre a atual realidade social brasileira e pode ser associada à seguinte medida governamental:

A)

Aprovação da união homoafetiva pelo Supremo Tribunal Federal.

B)

Aprovação da lei de redução da maioridade penal.

C)

Aprovação do novo Estatuto do Adolescente.

D)

Implementação de políticas públicas de ampliação do acesso de negros a bens culturais.

E)

Distribuição de recursos dos Programas Bolsa Família e Bolsa Escola.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

94)

Em Outubro Seremos 7 Bilhões de Habitantes no Planeta Terra.

Até outubro deste ano, provavelmente em alguma cidade indiana ou chinesa, nascerá o bebê que fará a população atingir a marca de 7 bilhões de habitantes. A ONU estima que seremos 10 bilhões até o fim do século, quando, finalmente, a população vai começar a diminuir (...).A questão, que está representada no gráfico abaixo, sempre afligiu a humanidade, pelo menos desde que o reverendo britânico, Thomas Malthus (1766-1834) previu, em 1798, um desfecho catastrófico para o aumento rápido da população mundial(...).

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEMG2012GEOG47.PNG

A análise dos dados no gráfico e no texto acima, aliada a seus conhecimentos, permite afirmar CORRETAMENTE que

A)

a chamada teoria Malthusiana afirmava que os recursos naturais cresceriam a uma velocidade superior à população, resultando num quadro de fome em massa, no final do século passado.

B)

a produção mundial de alimentos per capita foi inferior a 70%, no período de 1951 a 1995, quando o crescimento da população mundial foi alarmante.

C)

o aquecimento global, a educação e o controle de natalidade estão entre os fatores apontados por demógrafos para assegurar a qualidade de vida no planeta.

D)

o problema não está na incapacidade de produzir comida em escala global para alimentar a população, e sim na distribuição dos recursos econômicos.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

95)

Os  riscos  que  o  crescimento  demográfico  representa  para  a  humanidade  são  diferenciados.  Dependem  dos  interesses  econômicos,  do  desenvolvimento  social  e  das  políticas  internas  que  os  diferentes  países adotam para controlar a natalidade e a dimensão das famílias. Acerca dos riscos das diferentes formas de crescimento  demográfico,  e  das  intervenções  dos  governos  para  evitá-los,  é  possível  afirmar, corretamente, que:

A)

as  altas  taxas  de  natalidade  aliadas  à  redução  da  mortalidade  ocasionam  a  explosão  demográfica manifestada, em especial, entre os países mais desenvolvidos.

B)

os  baixos  índices  de  natalidade,  associados  à  elevada mortalidade  decorrente  do  envelhecimento  da população, ocasionam as implosões demográficas, típicas de países ricos.

C)

a  redução  da natalidade, motivada  pelas  políticas  demográficas,  em médio prazo  leva  à  carência  de mão-de-obra, ocasionando graves prejuízos à economia dos países onde ocorre.

D)

a atual  redução do crescimento populacional em áreas marginais aos rios e mares decorre do risco de furacões, enchentes e inundações a que estas áreas estão sujeitas.

E)

a  queda  da  mortalidade  resulta  da  melhoria  do  padrão  de  vida  das  populações,  mas  ocasiona  o crescimento demográfico que resulta em desemprego e déficit habitacional.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

96)

Assinale a alternativa que contém apenas países em que mais de 60% da população é islâmica.

A)

Bósnia e Laos.

B)

Chade e Armênia.

C)

Filipinas e Cazaquistão.

D)

Paquistão e Turquia.

E)

Uganda e Vietnã.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

97)

Observe os dados da tabela a seguir.

 Países Taxa de crescimento da população entre 2000 e 2005 (% ao ano) Taxa de fecundidade 2002 SomáliaÍndiaBrasilEUAAlemanhaItáliaRússia  4,21,51,21,00,1-0,1-0,5  7322111

Por meio dos dados apresentados e de seus conhecimentos sobre os aspectos da população mundial, é correto afirmar que

 

A)

a população vai aumentar apenas em países considerados muito ricos.

B)

o crescimento vegetativo é positivo nos países desenvolvidos e subdesenvolvidos.

C)

com base nos dados, a população mundial deverá se reduzir nos próximos dez anos.

D)

EUA e Brasil têm números bem próximos, estando em 3.º e 5.º lugares entre os mais populosos, respectivamente.

E)

o crescimento reduzido na Rússia deve-se à enorme extensão territorial do país.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

98)

O processo de povoamento do Brasil apresentou características peculiares. Todavia, duas áreas com localização e características naturais diferentes tiveram na pecuária sua principal motivação.

 

Essas áreas foram

A)

o Agreste nordestino e o leste do Paraná.

B)

a Zona da Mata baiana e o Meio Norte.

C)

o Oeste Paulista e o norte do Mato Grosso.

D)

o Sertão nordestino e a Campanha Gaúcha.

E)

o leste da Amazônia e o sul de Santa Catarina.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

99)

As tabelas abaixo referem-se aos municípios com maior população no Brasil.

1

A comparação entre as duas tabelas apresentadas nos permite afirmar que

I - o ritmo de crescimento populacional de Salvador e Fortaleza é mais acelerado que o de Belo Horizonte e Recife;

II - Porto Alegre apresenta um ritmo de crescimento populacional mais elevado que Curitiba;

III - as principais concentrações urbanas brasileiras correspondem aos núcleos das principais regiões metropolitanas, evidenciando a correspondência entre urbanização e metropolização;

IV - Manaus representa um dos ritmos mais expressivos de crescimento populacional, considerando os municípios apresentados.

Estão corretas as afirmativas:

A)

I, III, IV.

B)

I, II e III.

C)

II, III e IV.

D)

somente a II e IV.

E)

somente a I e III.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

100)

O crescimento demográfico está ligado a dois fatores: crescimento natural ou vegetativo, que corresponde à diferença entre nascimento e óbitos verificada numa população, e a taxa de migração, que é a diferença entre a entrada e a saída de pessoas de um território. Em relação ao crescimento demográfico, analise as afirmativas abaixo.

I - Pelo princípio malthusiano, a população tenderia sempre a crescer mais do que os meios de subsistência, tornando a fome e a miséria uma realidade inexorável (PG x PA). Uma alternativa lógica para se evitar o desastre populacional seria o controle da natalidade por meio do uso de métodos contraceptivos, aborto, abstinência sexual no casamento etc.

II - Os avanços da medicina, as medidas de avanço da higiene pública e a melhoria do padrão de vida da população possibilitaram uma forte redução da taxa bruta de mortalidade em todo o mundo. Para os neomaethusianos, a queda da mortalidade não tem efeito se não for seguida da redução da taxa de fecundidade, pois impediria o crescimento econômico do país. Por isso, a solução seria o controle da fecundidade, por meio de métodos contraceptivos e esterilização em massa.

III - Uma das consequências da queda da fecundidade brasileira são taxas de crescimento diferenciadas dos vários grupos etários, com taxas menores para os grupos mais jovens. Isto tem resultado numa diminuição do peso da população jovem no país e num aumento da importância do segmento idoso. Esta tendência é chamada de envelhecimento populacional, pois se dá em detrimento da diminuição do peso da população jovem no total, o que acarreta também um aumento da idade média e mediana da população.

Assinale a alternativa correta.

A)

Apenas I é verdadeira.

B)

I e III são verdadeiras.

C)

I e II são verdadeiras

D)

II e III são verdadeiras

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

101)

A população trabalhadora de um país é chamada de população economicamente ativa. Esta população, voltada ao mercado de trabalho, compreende também os desempregados, e pode ser dividida em setores de atividades econômicas.

Com base nessa informação, assinale a alternativa CORRETA.

A)

Setor primário inclui todas as pessoas que trabalham nas indústrias.

B)

Setor secundário inclui todas as pessoas que trabalham nas atividades de agricultura, pecuária e extrativismo.

C)

Setor terciário inclui todas as pessoas que prestam serviços, em geral, nos bancos, nos comércios, no setor público, na educação, saúde, entre outros.

D)

Setor terciário inclui apenas as pessoas que prestam serviços nos bancos.

E)

Setor quartenário inclui todas as pessoas que prestam serviços na zona rural.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

102)

Sobre a população feminina e sua participação no mercado de trabalho, assinale a alternativa incorreta.

A)

Chama a atenção a maior participação no mercado de trabalho das mulheres da região Sul, onde também são verificadas as maiores taxas de ocupação da população feminina.

B)

O aumento da escolaridade feminina, a queda da fecundidade, as novas oportunidades oferecidas pelo mercado e as mudanças nos padrões culturais são as principais causas do aumento da participação feminina no mercado de trabalho.

C)

As mulheres vêm aumentando sua participação no mercado de trabalho nos últimos anos.

D)

"A volta ao lar" já é uma realidade absoluta para a maioria das mulheres trabalhadoras nas grandes cidades brasileiras, fruto do desemprego e das desigualdades salariais entre homens e mulheres.

E)

As mulheres ainda hoje fazem parte da maioria que estão à procura de emprego.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

103)

Com base no crescimento e na distribuição da população mundial, é correto afirmar que

A)

os países africanos apresentam as maiores taxas de crescimento demográfico por falta de políticas de planejamento familiar.

B)

a Europa é o continente mais populoso, pois os países entraram no processo de explosão demográfica iniciado no século XX.

C)

a China perdeu sua condição de país mais populoso para a Índia, a partir da instalação de uma política de controle de natalidade.

D)

o Brasil possui uma taxa de fecundidade maior que as apresentadas na Argentina, porque ampliou a participação da mulher no mercado de trabalho brasileiro.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

104)

Com relação à distribuição e ao crescimento da população brasileira, é correto afirmar:

A)

As capitais e grandes cidades deixaram de ser polos de crescimento e de migração interna, ou seja, não atraem mais como já atraíram em passado recente. A maioria delas cresceu a uma média menor do que a nacional.

B)

O menor desafio do Brasil, na área demográfica, é o acelerado envelhecimento da população.

C)

A distribuição homogênea da população brasileira é uma característica negativa, pois não permite uma maior expansão dos nossos centros urbanos.

D)

As taxas de natalidade do Brasil vêm crescendo rapidamente, demonstrando nosso processo de desenvolvimento econômico.

E)

O Brasil é um país cada vez mais jovem, em função da mortalidade de adultos e velhos.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

105)

A partir dos dados dos quadros e da análise geoeconômica do mundo atual, assinale a alternativa correta.

0

A)

A participação das cidades com mais de 10 milhões de habitantes em países centrais reduziu-se, desde 1950, indicando declínio da sua importância para o capitalismo.

B)

Em 2000, menos de 1/5 das grandes cidades localizava-se em países centrais e as latino-americanas predominavam entre as cidades com mais de 10 milhões de habitantes.

C)

As projeções para 2015 apontam que o número de cidades globais será superior ao número de megacidades e que estas se concentrarão na América Latina, Ásia e África.

D)

Em 2015, será igual o número de cidades de países centrais entre as maiores do mundo, e as mais populosas estarão na Ásia, sobretudo em países como a China e a Índia.

E)

Apesar do maior número de grandes cidades no mundo subdesenvolvido desde 2000, há mais problemas nos países centrais, visto que a cidade mais populosa é Tóquio.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

106)

Texto I Os cinco anos do governo Juscelino são lembrados como um período de otimismo associado a grandes realizações, cujo maior exemplo é a construção de Brasília. [...] A ideia não era nova, pois a primeira Constituição Republicana, de 1891, atribuía ao Congresso a competência de “mudar a capital da União”. Coube porém a Juscelino levar o projeto à prática, com enorme entusiasmo, mobilizando recursos e mão de obra constituída principalmente por migrantes nordestinos – os chamados “candangos”.

(Adaptado de: FAUSTO, B. História do Brasil. 8 ed. São Paulo: EDUSP/FDE, 2000, p. 425-430.)

Texto II

[...] Eu inauguro o monumento No Planalto Central do País [...] O monumento é de papel crepom e prata Os olhos verdes da mulata A cabeleira esconde atrás da verde mata O luar do sertão [...] O monumento não tem porta A entrada é uma rua antiga, Estreita e torta E no joelho uma criança sorridente, Feia e morta, Estende a mão [...]

(VELOSO, C. Tropicália. Álbum Tropicália. Ed. Polygram, 1967.)

Considerando o texto I e os conhecimentos sobre migrações internas e urbanização, analise as afirmativas a seguir:

I. Na década de 1960, a migração de milhares de nordestinos para o planalto central foi estimulada pela construção de Brasília e viabilizada pela tecnificação do território mediante a ampliação das redes rodoviárias.

II. Em Brasília, desde a sua fundação, a distribuição da população foi marcada pela segregação espacial expressa nas desigualdades sociais e nas diferenças de acesso a equipamentos urbanos entre ocupantes do plano piloto e das cidades satélites.

III. Produtos do planejamento urbano modernista, as cidades satélites de Brasília caracterizam-se pela harmonização físico-territorial entre zoneamento funcional, traçado viário e topografia.

IV. A construção de Brasília, marco do planejamento territorial no Brasil, representou uma efetiva ampliação das áreas modernizadas do território com a interiorização do processo de urbanização e a redistribuição dos fluxos econômicos e demográficos.

Assinale a alternativa correta.

A)

Somente as afirmativas I e II são corretas.

B)

Somente as afirmativas I e III são corretas.

C)

Somente as afirmativas III e IV são corretas.

D)

Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.

E)

Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

107)

O Brasil ocupa a 65ª posição no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Para a definição deste índice, são utilizadas ariáveis básicas, referentes ao modo como vive a população. Entre essas variáveis, fazem parte do IDH:

A)

Expectativa de vida, renda per capita e taxa de importação.

B)

Taxa de exportação, consumo de energia e educação.

C)

Renda per capita, expectativa de vida e educação.

D)

Taxa de desemprego, taxa de exportação e expectativa de vida.

E)

Educação, taxa de fecundidade e taxa de desemprego.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

108)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/uesc2006geo21z.png

 A análise do mapa e os conhecimentos sobre os movimentos migratórios brasileiros, suas causas e consequências permitem concluir:

A)

Os movimentos mais expressivos da população brasileira são a transumância e o urbano-rural.

B)

Os fluxos migratórios do Nordeste para o Sudeste, em I, ocorreram mais intensamente a partir da década de 90 do século XX, porque a PEA era absorvente no setor secundário.

C)

As ações migratórias nordestinas, em II, se deslocaram para a Amazônia, devido ao interesse do governo em povoar as fronteiras nacionais.

D)

Os movimentos migratórios mais intensos, em III, se deslocaram do Nordeste para a Região Centro-Oeste, devido aos assentamentos implantados pelo Governo Federal na região.

E)

As migrações, em IV, se intensificaram da Região Sul, além dos Estados de Minas Gerais e São Paulo, para a Norte e a Centro-Oeste, em decorrência de novas fronteiras agrícolas.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

109)

Sobre o crescimento da população brasileira, é correto afirmar que:

A)

A variação nas taxas de natalidade e de mortalidade não refletiu no crescimento da população.

B)

Não houve uma redução gradual nas taxas de fecundidade, ou seja, da redução do número de filhos por mulher.

C)

A inserção da mulher no mercado de trabalho permitiu que as famílias aumentassem o número de filhos em razão das facilidades em educar.

D)

Todas as Unidades da Federação entre 1980 e 2000 tiveram um aumento de população, em alguns casos chegando a triplicar como aconteceu com o Acre.

E)

Entre o primeiro recenseamento oficial do Brasil, realizado em 1872, até o Censo de 2000, verificou-se o aumento constante da população brasileira, que chegou a crescer dez vezes no século XX (1901-2000).

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

110)

Texto Cada vez mais humanos vivem em cidades. Somos 3,3 bilhões de pessoas em áreas urbanas – o que corresponde a 51% da população mundial – , contra 49% de habitantes de áreas rurais, segundo dados da ONU. Apesar da escalada das megalópoles ao longo do século XX, essa inversão ocorreu em escalada global apenas em 2008. No Brasil, o fenômeno consolidou-se já na década de 70. Hoje, apenas 16% dos 192 milhões de brasileiros vivem na zona rural, de acordo com o IBGE. Com tanta gente ocupando o mesmo espaço, agravam-se os problemas de saneamento, transporte e uso de recursos naturais, entre muitos outros.

(O futuro das cidades é verde. Isto É, v. 34, n. 2.106, p. 92-93, 24 mar. 2010.)

No início de século XIX, nenhuma cidade do mundo ocidental tinha um milhão de habitantes. A população urbana mundial cresce em torno de 70 milhões de habitantes todo ano e, com isso, muitos problemas surgem e outros se agravam. refletindo sobre esse conteúdo, marque a única alternativa correta:

A)

Crescimento urbano ou urbanização consiste na expansão das cidades em decorrência dos atrativos que elas exercem sobre a população rural, deslocando-a para as pequenas e médias cidades, já que as metrópoles não conseguem mais absorver essa mão de obra emergente.

B)

O processo de urbanização do Brasil, fruto de uma industrialização tardia e de um capitalismo dependente, trouxe uma série de problemas muito parecidos com os ocorridos nos países desenvolvidos, como má distribuição de renda, violência urbana e desemprego. O que nos difere agora desses países é que eles já superaram essa fase e nós não.

C)

Um dos graves problemas urbanos diz respeito à moradia. Por causa do baixo poder aquisitivo, muitas pessoas vão morar nos morros. A despeito da crescente política de habitação popular e do trabalho de conscientização e fiscalização do poder público, a demanda por esses locais aumenta a cada dia e junto com ela as tragédias, como no rio de Janeiro, há pouco tempo.

D)

Um dos grandes problemas das cidades é a violência. Infelizmente o Brasil é considerado um dos países do planeta com o maior índice de ocorrências como roubo, homicídio, narcotráfico. Isso pode ser explicado por fatores como impunidade, falta de segurança, grande desigualdade social, corrupção, dentre outros.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

111)

Analise o gráfico.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFTM20112geo33.PNG

Os dados demográficos publicados pelo IBGE em 2011 confirmam algumas tendências. A esse respeito pode-se afirmar que

A)

a estabilização da população rural se manteve no mesmo patamar, desde 1970, com ligeiras elevações.

B)

o crescimento da população urbana teve um ritmo próximo ao da população total.

C)

houve uma pequena diminuição do ritmo de crescimento da população total desde os anos 1960.

D)

houve uma desaceleração importante do ritmo de crescimento da população urbana entre 2000 e 2010.

E)

a estabilização da população urbana ficou no mesmo patamar de 1960 a 2010.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

112)

Leia o texto a seguir.

“A urbanização vertiginosa, coincidindo com o fim do período de acelerada expansão da economia brasileira, introduziu no território das cidades um novo e dramático significado: mais do que evocar progresso ou desenvolvimento, elas passam a retratar – e reproduzir – de forma paradigmática as injustiças e desigualdades da sociedade.”

BRASIL. Estatuto da cidade. Brasília: Câmara dos Deputados, 2001. p. 23; 25.

As contradições apontadas no texto são confirmadas pelo Censo Demográfico de 2010, indicando que 84% da população mora nas cidades. Essas contradições podem ser reduzidas com a adoção de um mecanismo que torne mais eficaz a ocupação do espaço urbano. Trata-se do seguinte instrumento:

A)

adoção de um sistema de arrecadação municipal baseado no aumento progressivo do imposto territorial urbano.

B)

implementação do planejamento urbano por meio de planos diretores e zoneamento que regulem o espaço construído.

C)

criação de condições que permitam às empresas ampliar seus negócios e possibilitar a abertura de vagas no mercado de trabalho.

D)

contenção do crescimento demográfico, criando alternativas para a população migrante retornar a seus locais de origem.

E)

estabelecimento de restrições à expansão urbana como forma de conter a crescente especulação imobiliária.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

113)

O crescimento populacional foi explicado ao longo do tempo, por diversas teorias que buscaram estabelecer relações entre o crescimento populacional e as condições de vida, não sendo, no entanto, suficientes para explicá-lo. Observe os diversos comportamentos demográficos recentes apresentados abaixo:*  Maior custo para criar filhos;* Acesso a métodos anticoncepcionais;* Trabalho feminino extradomicilar; * Acesso a tratamento médico, saneamento básico e programas de vacinação. Os comportamentos indicados acima, em conjunto, caracterizam, em geral:

A)

O aumento do poder aquisitivo das famílias médias.

B)

O avanço da medicina preventiva.

C)

A evidência de que a mulher suporta uma dupla jornada de trabalho (em casa e no trabalho).

D)

A queda global dos índices de natalidade e de mortalidade.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

114)

Analise os dados das tabelas a seguir.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/crescimentovegetativo.JPG

Comparando-se o crescimento demográfico entre os países desenvolvidos e subdesenvolvidos, é correto afirmar que

A)

o crescimento demográfico vertical influenciou a evolução populacional de países como a Itália, Japão e França.

B)

as taxas de natalidade, nos países pobres, diminuíram a partir do século XIX e das primeiras décadas do século XX.

C)

a mobilidade horizontal de muitos povos contribui para o crescimento negativo ou nulo de países como a Bulgária, Romênia e Geórgia.

D)

a brusca queda do crescimento vegetativo nos países pobres representou um encargo econômico para a previdência social em função do elevado número de idosos.

E)

a redução das taxas de natalidade, nos países desenvolvidos, ocorreu a partir do processo de urbanização e, nos países pobres, as taxas de crescimento vegetativo permaneceram altas.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

115)

Em 1979 a população mundial alcançou a marca de 6 bilhões de pessoas, o último bilhão tendo sido acrescentado há apenas doze anos depois de ter atingido 5 bilhões. Se a última taxa de crescimento registrada na década de 90 fosse mantida na próxima década, a população no planeta alcançaria 7 bilhões daqui a sete anos, em torno do ano 2011 ou um pouco antes.

(COUTINHO, 2004, p. 6).

Com base nas informações do texto e nos conhecimentos sobre população, crescimento, distribuição e movimentos, pode-se afirmar:

A)

A desaceleração do crescimento populacional verificada nas últimas décadas ocorre devido à política demográfica adotada pelos governantes dos países subdesenvolvidos.

B)

A teoria de Malthus foi reafirmada, porque previa a desaceleração demográfica no século XX.

C)

O impacto da AIDS, a popularização dos anticoncepcionais e a urbanização constituem as principais causas da desaceleração demográfica mundial.

D)

A redução da taxa de natalidade ocorreu de forma desigual, e essa afirmação explica a explosão demográfica verificada na América Latina, na China e na África.

E)

O movimento mais expressivo da população mundial, nas últimas décadas, é a transumância.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

116)

A notícia da criação de uma emissora voltada para as questões do negro no Brasil vem em um momento muito especial, quando a sociedade brasileira começa a debater, de maneira mais sistemática, seja no âmbito governamental ou dentro da sociedade civil organizada, a necessidade de políticas afirmativas para os descendentes de africanos. (NUNES, 2005, p. 12).

Considerando-se as informações do texto e os conhecimentos sobre a formação da população brasileira, pode-se afirmar:

I. Os fatos destacados indicam que transformações sociais estão ocorrendo no Brasil, tendo como objetivo a inclusão de grupos étnicos.

II. O objetivo dos fatos destacados no texto é atribuir o real valor à diversidade cultural, permitindo às comunidades mobilizadas acesso à mídia.

III. O único grupo étnico, no Brasil, historicamente excluído do processo produtivo é o negro.

IV. As novas perspectivas para inclusão de grupos étnicos na sociedade só ocorrem na Bahia, porque a população negra é majoritária.

V. A inclusão dos afrodescendentes só se efetivará se políticas públicas forem adotadas, porque viabilizarão uma mídia mais democrática e etnicamente plural.

A alternativa em que todas as afirmativas indicadas são verdadeiras é a

A)

I e III.

B)

II e IV.

C)

IV e V.

D)

I, II e V.

E)

II, III e IV.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

117)

Leia a tabela a seguir:

0

Com base na análise da tabela e nos seus conhecimentos sobre a população mundial, assinale a afirmativa correta:

A)

O aumento do percentual da população urbana é decorrente da industrialização, do êxodo rural e do crescimento vegetativo dessa população.

B)

O continente asiático dobrou sua população urbana, consequência do processo de abertura econômica no Japão e do incentivo ao aumento da natalidade na China.

C)

O alto percentual da população urbana na América Latina e no Caribe é explicado pela industrialização pautada na indústria de alta tecnologia e nas emigrações para os E.U.A.

D)

O continente africano teve uma redução do percentual da população urbana, em função dos processos de modernização da agricultura e diminuição da pobreza.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

118)

Observe o gráfico a seguir.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFG200754.PNG

A diferença entre as taxas de natalidade e de mortalidade indica aumento, redução ou estabilização na taxa de crescimento vegetativo. A leitura e interpretação do gráfico demonstra que o crescimento vegetativo

A)

aumenta quando as taxas de natalidade e mortalidade são elevadas.

B)

estabiliza-se quando a taxa de natalidade é maior que a de mortalidade.

C)

é maior quando a diferença entre as taxas de natalidade e mortalidade é elevada.

D)

é baixo quando a taxa de mortalidade é menor que a de natalidade.

E)

aumenta quando as taxas de natalidade e mortalidade são baixas.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

119)

Leia o texto a seguir.

Nas décadas de 1950 e 1960, a maior parte dos países subdesenvolvidos registrou taxas elevadas de incremento populacional. No Brasil, as taxas de crescimento populacional batiam recordes históricos, projetando a duplicação da população a cada 25 anos. Entretanto, desde a década de 1970, a população brasileira vem crescendo em ritmos cada vez mais lentos.

(Demétrio Magnoli e Regina Araújo, A Nova Geografia)

Pode-se atribuir, como principal causa da diminuição do crescimento vegetativo no Brasil

A)

a melhoria das condições de vida da população, refletindo o aumento da expectativa de vida.

B)

a diminuição das taxas de natalidade e aumento da mortalidade, em especial nas zonas rurais.

C)

os baixos índices das taxas de mortalidade infantil, visíveis em todas as regiões do país.

D)

a queda da taxa de fecundidade em todas as regiões do país, ainda que em ritmos diferentes.

E)

a contenção das altas taxas de mortalidade, devido às conquistas recentes na prevenção de doenças.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

120)

Se for considerada a população relativa e absoluta de diferentes áreas da Terra, é correto afirmar que

A)

o Rio Grande do Sul, com 6 milhões de habitantes, concentra a sua população na Região Metropolitana de Porto Alegre, sendo considerado o estado brasileiro mais populoso.

B)

o Brasil apresenta uma população de aproximadamente 180 milhões de habitantes, sendo considerado um dos países mais povoados do mundo.

C)

a Índia é o país mais povoado e populoso do mundo, sendo que a sua população está concentrada no setor norte, junto às fronteiras do Paquistão e Nepal.

D)

países como Mônaco, na Europa, e Cingapura, na Ásia, estão entre os mais povoados do mundo, devido principalmente a sua pequena área territorial.

E)

na África, a população está concentrada no Saara e junto ao delta do Rio Nilo, sendo a Argélia o país mais populoso do continente.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________