Lista de questão: Espaço Rural-Sistemas Agrícolas        Quantidade de questões: 79        Criada por: MARCIO PADOVANI

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

1)

Ao longo do tempo a humanidade foi aperfeiçoando as formas de explorar a natureza e de intervir no meio ambiente por meio das relações econômicas e culturais. Estas transformações, atreladas ao desenvolvimento tecnológico, por vezes tem provocado problemas fundiários e ambientais.

 

Nesse sentido é verdadeiro afirmar que:

A)

dada as condições econômicas e ambientais, a produção agrícola mundial é obtida de forma bastante homogênea, isto é, livre de problemas fundiários e repletos de conflitos de cunho ambiental.

B)

o uso de técnicas tradicionais na cultura de irrigação no Sudeste asiático – região das monções – a exemplo da rizicultura, alia produção para o consumo externo e baixos impactos socioambientais.

C)

ao mesmo passo que o Brasil se dinamiza economicamente, destacando-se pelo seu desenvolvimento tecnológico agrícola, em particular na produção de commodities, mantém em sua estrutura social, características arcaicas, como concentração fundiária e violência no campo.

D)

duas grandes paisagens agrícolas da Europa, apresentam reduzidos problemas ambientais em decorrência do seu restrito uso de tecnologia e modernização agrária, combinando por sua vez, a agricultura de seca com a rotação de cultivos.

E)

a política de subsídios agrícolas implementada pelos Estados Unidos da América tem como objetivo evitar a concorrência de produtos de importação e viabilizar um novo modelo agrário nacional assentado em pequenas propriedades de uso coletivo da terra.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

2)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEPB20093geo06.png

Com base no esquema de localização das propriedades agrícolas da figura acima, assinale com V ou com F as proposições conforme sejam respectivamente Verdadeiras ou Falsas em relação aos fatores de localização geográfica.

( ) Considerando que as propriedades agrícolas A, B e C apresentam as mesmas condições produtivas e de acessibilidade ao mercado, é correto afirmar que a propriedade C é a que leva maior vantagem devido à maior proximidade ao mercado consumidor.

( ) Se a propriedade A dispõe de melhor acesso aos créditos, às tecnologias modernas (assistência técnica, maquinário, fertilizantes etc) e ao sistema de transportes eficiente, pode oferecer menor preço e se tornar mais competitiva que as propriedades de localização mais próximas ao mercado consumidor.

( ) Para o capitalismo a relação tempo/custo na produção, se tornou um fator mais importante para o aumento da renda do produtor agrícola, que a proximidade física ao mercado consumidor e a fertilidade natural do solo.

( ) A localização geográfica, no tocante à proximidade entre produtor e consumidor, é o fator determinante para os custos da produção e para o valor final do produto, pois quem estiver mais próximo dos centros consumidores sempre apresentará maior acessibilidade ao mercado consumidor e adquirirá maior renda diferencial da terra.

A sequência correta das assertivas é

A)

V V V F

B)

V F F V

C)

F V V F

D)

F V V V

E)

V V F F

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

3)

A produção agrícola, considerada como um sistema que envolve a análise das dimensões físicas (fertilidade do solo, topografia, disponibilidade de água) e de aspectos socioeconômicos (desenvolvimento tecnológico, capitalização, estrutura fundiária, relações de trabalho), tende a ser obtida em condições muito heterogêneas.

Em face da diversidade de modos de vida e de produção, das leis trabalhistas e ambientais, de condições econômicas e ofertas de crédito, além de outros fatores encontrados em diferentes países e regiões, a agricultura adquire formas variadas em todo o mundo.Com relação a esses sistemas referentes à produção agrícola, considere as seguintes afirmativas, assinalando V (verdadeiro) ou F (falso).

 

( ) A agricultura itinerante corresponde a um sistema agrícola arcaico, típico de sociedades primitivas, como se verifica em determinadas áreas da América Latina e da África.

( ) O sistema plantation, introduzido pelos europeus em suas colônias, a partir do século XVI, caracteriza-se pela utilização de grandes propriedades, mão-de-obra numerosa e pela aplicação de grandes capitais na produção de gêneros agrícolas.

( ) A agricultura de jardinagem, característica da Ásia, Japão, Indonésia e Tailândia, é praticada em grandes áreas através da monocultura. Esse sistema agrícola utiliza pouca mão-de-obra manual por empregar grande tecnologia mecanizada.

( ) A agricultura contemporânea regulada pelo mercado caracteriza-se pela crescente industrialização do processo de produção agrícola e pela interferência e domínio das grandes empresas na industrialização e comercialização dos produtos.

 

Com base nas informações anteriores e em seus conhecimentos, indique a alternativa que apresenta a sequência correta.

A)

V, F, V e V.

B)

F, V, V e F.

C)

F, F, V e V.

D)

V, V, F e V.

E)

V, F, V e F.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

4)

"Sistema agrícola que utiliza importantes volumes de mão de obra, baseia-se em monoculturas, depende predominantemente de demanda externa, sofre oscilações de preços e gera regime de grandes propriedades"

(MARINA e TÉRCIO, 2009).

Esse sistema agrícola é conhecido por:

A)

sistema de plantation.

B)

agricultura itinerante.

C)

sistema de jardinagem.

D)

agricultura moderna.

E)

agricultura orgânica.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

5)

Os principais sistemas agrícolas mundiais são representados pela agricultura itinerante, plantation, agricultura de jardinagem e agricultura moderna.

 

Com relação ao sistema de plantation, coloque V para a afirmativa verdadeira e F para afirmativa falsa.

 

( ) É um sistema típico dos países subdesenvolvidos, foi utilizado amplamente durante a colonização europeia na América Latina.

( ) Caracteriza-se pelo uso de sementes selecionadas e uso intensivo de máquinas e técnicas modernas.

( ) É um sistema praticado em regiões que possuem escassez de espaço para o plantio.

( ) Caracteriza-se, atualmente, por compreender o minifúndio e a monocultura.

( ) Utiliza-se de mão-de-obra barata, numerosa e desqualificada e destina-se à exportação.

 

ASSINALE a alternativa que apresenta a sequência correta.

A)

V, V, F, V, F

B)

F, F, V, V, F

C)

V, F, F, F, V

D)

F, V, F, F, V

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

6)

No final de 2007 e início de 2008, a provisão de alimentos estava apertada e os preços dos grãos subiram drasticamente. Alguns dos principais produtores reduziram as exportações para manter o custo nacional sob controle.

[...] Foi então que, em 2008, Arábia Saudita, China e Coreia do Sul começaram a comprar ou arrendar terra em outros países, particularmente na África, mas também na América Latina e no Sudeste da Ásia, a fim de produzir alimentos para si.

(www.ecodebate.com.br/2011/10/25/nos-limites-da-terra--entrevista-com-lester-brown. Adaptado)

Sobre o fato descrito no texto, pode-se afirmar que

A)

vários países da África, como a Etiópia e o Sudão, proibiram a ocupação de estrangeiros em suas terras, como medida de proteção às suas respectivas populações.

B)

essa é uma situação temporária, pois os países com agricultura avançada têm condições de aumentar a produtividade agrícola e suprir os mercados mundiais.

C)

o problema dos suprimentos alimentares para muitos países está a cargo da FAO, órgão da ONU voltado para as questões agrícolas.

D)

a busca de áreas agricultáveis, em nível internacional, representa o traçado de uma nova geopolítica relacionada à escassez de terras e alimentos.

E)

a probabilidade de se atender às necessidades alimentares de toda a população do globo parece cada vez mais próxima devido à expansão das áreas agrícolas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

7)

Analise as seguintes afirmações a respeito da realidade social, econômica e política do campo brasileiro e de sua estrutura fundiária, na atualidade.

I. Trata-se ainda hoje de uma das estruturas fundiárias mais concentradas do mundo, em que uma maioria de proprietários possui latifúndios e controla cerca de 80% da área agrícola ocupada no país.

II. Uma boa parte dos latifúndios é ociosa, improdutiva e está retida com finalidades de especulação fundiária.

III. Grande parte dos estabelecimentos agrícolas possui minifúndios, que ocupam menos de 30% da área agrícola ocupada no país.

IV. A produção dos pequenos estabelecimentos agrícolas, apesar das relações de trabalho familiares e do menor nível tecnológico, tem sido essencial no fornecimento de boa parte dos alimentos da cesta básica nacional.

 

São afirmativas válidas:

A)

I, II, III e IV.

B)

I, III e IV, apenas.

C)

I e II, apenas.

D)

II, III e IV, apenas.

E)

II, apenas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

8)

Umas das práticas do cultivo do solo, ainda corrente, mas considerada ultrapassada pelos impactos que provoca é o (a)

A)

uso de agrotóxicos para controle das pragas, por contaminar a cultura.

B)

método de irrigação por aspersão, por requer elevada quantidade de água.

C)

utilização de queimadas, por destruir os nutrientes do solo.

D)

cultivo de monoculturas, por provocar gradativo enfraquecimento químico do solo.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

9)

Há muito, o meio rural brasileiro convive com problemas relativos à má distribuição da terra entre as diferentes classes sociais envolvidas na produção agropecuária. De um lado, existe um pequeno número de grandes proprietários de terra e, de outro, existem milhares de famílias em busca de um pedaço de terra. Isto faz com que hoje a luta pela posse da terra (ou luta pela democratização da terra) faça parte da realidade de diversos movimentos sociais no campo. Sobre esta questão, é CORRETO afirmar:

A)

Movimentos como o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e a Pastoral da Terra defendem a permanência do latifúndio e lutam pela reforma agrária.

B)

A inexistência ou a pequena quantidade de movimentos reivindicatórios indígenas no Brasil, nos últimos anos, deve-se à demarcação das terras indígenas e ao respeito ao seu território.

C)

Por meio da mecanização do campo, os grandes proprietários adotaram uma série de medidas de prevenção e controle ambiental para evitar impactos negativos, coibindo assim a presença de movimentos ambientalistas.

D)

A questão da terra no Brasil evidencia a oposição entre diversos grupos, como as comunidades tribais, os minifundiários, os posseiros, os grileiros, os bóias-frias, os colonos, os garimpeiros e os grandes proprietários de terra.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

10)

Escreva F ou V conforme sejam Falsas ou Verdadeiras as proposições que tratam dos interesses da soja em terras das regiões Sul, Centro-Oeste, e sua expansão no Norte e Nordeste.

( ) Seu cultivo tem garantido aos pequenos proprietários rurais o acesso à terra.

( ) Sua produção tem exigido grandes investimentos em insumos industriais.

( ) Sua produção está associada aos complexos agroindustriais e ao agronegócio.

( ) Seu preço no mercado mundial tem envolvido mercados de ações e grupos financeiros.

( ) Sua exportação tem contribuído para a obtenção de superavits na balança comercial.

 

A alternativa que apresenta a sequência correta é:

A)

V V F F F

B)

V V V V F

C)

F V V V V

D)

F F F V V

E)

V F V F V

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

11)

As proposições a seguir analisam aspectos dos Complexos Agroindustriais.

I. Os empresários rurais que compõem o agrobusiness são os donos da terra, dos meios de produção, têm acesso aos pacotes tecnológicos e financeiros e às pesquisas científicas de produção.

II. Sem condições de competir com os agrobusiness e seus arsenais tecnológicos, a agricultura tradicional brasileira vive um longo período de decadência. Para os agricultores tradicionais que vêm resistindo no campo, a modernização é sinônimo de pobreza.

III. Os agricultores envolvidos com a agricultura familiar integram-se aos agrobusiness, muitas vezes vendendo diretamente toda sua produção para empresas processadoras, que impõem normas técnicas rigorosas de qualidade e estipulam preços ou vendem a produção em cooperativas que se atrelam a empresas de transformação agroindustriais, que convertem os “cooperados” em fornecedores cativos.

 

Está(ão) correta(s):

A)

apenas a proposição I

B)

apenas as proposições I e II

C)

apenas as proposições I e III

D)

todas as proposições

E)

apenas as proposições II e III

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

12)

Sobre os tipos de solos e suas características, assinale a alternativa INCORRETA.

A)

Os solos aluviais formam-se por acúmulo de sedimentos e partículas, transportados a grandes distâncias pela força das águas e dos ventos.

B)

O solo muito arenoso apresenta alto teor de matéria orgânica e grande capacidade de retenção de água, sendo, assim, muito fértil.

C)

Os solos mais escuros são os de mais alto valor para a agricultura, pois apresentam grande quantidade de matéria orgânica.

D)

O processo de formação do solo, a partir de uma rocha matriz, é um processo lento e depende da ação de elementos naturais como o clima.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

13)

Semear foi preciso - a invenção da agricultura, há mais ou menos 12 mil anos, foi fundamental para o nascimento das civilizações (SuperInteressante, junho de 2009). Com o passar do tempo, foram incorporadas novas e diferentes tecnologias para potencializar a produção.

Com base no fragmento de texto apresentado e na análise das figuras, considere as afirmativas:

I - As condições físico-geográficas (os tipos de solo, as condições climáticas e os aspectos topográficos) de uma região influenciam na definição do sistema de produção agropecuária.

II - A cultura e o nível de desenvolvimento econômico de uma dada sociedade determinam os tipos de plantas cultivadas, as técnicas empregadas e os hábitos alimentares.

III - O poder financeiro dos grandes grupos econômicos permite a aplicação da tecnologia avançada a qual assegura ganhos expressivos de produtividade e homogeneização do espaço agrário mundial.

2010_UFSM_1_7.JPG

Está(ão) correta(s):

A)

apenas I e II.

B)

apenas I e III.

C)

apenas II.

D)

apenas III.

E)

I, II e III.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

14)

Os índices mínimos de uso da terra utilizados atualmente pelo INCRA para que ela cumpra sua função social foram elaborados em 1980, com base nos indicadores de produtividade das lavouras e dos rebanhos por hectare, levando-se em conta o nível técnico da agropecuária, segundo os dados do censo agropecuário de 1975 do IBGE. Hoje eles estão completamente defasados, pois, por exemplo, no estado de São Paulo, basta produzir 1.900 kg/hectare de milho para que a propriedade seja considerada produtiva. Entretanto, a produtividade média do milho nesse estado na safra de 2005/6 foi de 4.150 kg/ha. E por que até agora esses índices não foram atualizados? Porque assim imóveis com baixas produtividades escapam da desapropriação e da reforma agrária.

(Adaptado de: OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. "Me engana que eu gosto": A não atualização dos índices de produtividade da terra no governo Lula. Rádio Agência Notícias do Planalto, 26 mar. 2007.)

 

A respeito desse tema, considere as seguintes afirmativas:

1. A expansão das áreas para agropecuária, elevando os indicadores de produtividade, mostra que os índices de uso da terra não precisam ser atualizados, pois ainda estão de acordo com as necessidades do campo.

2. O debate sobre a atualização dos índices de produtividade mostra que, na dinâmica da reforma agrária, convergem aspectos legais, técnico-produtivos e sobretudo políticos.

3. A mudança dos indicadores da função social da terra ajuda a reforma agrária, pois mostra que esta deve ser implementada onde não foram alcançados altos índices de produtividade.

4. A resistência à atualização dos índices de produtividade revela a manutenção do latifúndio, que teve sua origem na forma de repartição da terra realizada pelos portugueses após a conquista e se prolonga até os nossos dias, como uma estrutura produtiva que condena o campo à subutilização.

 

Assinale a alternativa correta.

A)

Somente a afirmativa 1 é verdadeira.

B)

Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.

C)

Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.

D)

Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.

E)

Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

15)

O mapa abaixo representa a expansão da cultura da soja no Brasil entre os anos de 1973 e 2004.

0

Essa expansão está diretamente relacionada a dois processos principais que são:

A)

mecanização da agricultura e crescimento da população rural.

B)

industrialização da agricultura e migrações inter-regionais temporárias.

C)

globalização e metropolização das grandes cidades.

D)

urbanização e aumento da taxa de crescimento populacional.

E)

modernização da agricultura e constituição do complexo agro-industrial.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

16)

Texto 1“Os astecas acreditavam no mito de que, sem o sangue humano (a “água preciosa”) oferecido ao Sol, a engrenagem do mundo deixava de funcionar. Por isso, procuravam manter um ‘estoque’ de prisioneiros destinados aos sacrifícios. Essa era uma de suas justificativas para a guerra.”

(FIGUEIRA, Divalte Garcia. História. Série Novo Ensino Médio. São Paulo: Ática, 2004, p. 131)

Texto 2“No final do século XI, a ordem feudal sofreu outro impacto de grandes proporções: as cruzadas, expedições de caráter religioso e militar destinadas a arrancar a Terra Santa das mãos dos muçulmanos”

(FIGUEIRA, Divalte Garcia. História. Série Novo Ensino Médio. São Paulo: Ática, 2004, p. 89)

Os textos 1 e 2 evidenciam:

A)

ações de violência relacionadas com crenças religiosas em mundos geográfico e culturalmente diversos, na Europa e na América.

B)

formas de conversão das populações que viviam no entorno das sociedades citadas, pelo mecanismo da ação armada.

C)

tanto na sociedade asteca como na sociedade europeia do medievo, o uso de práticas mágico-religiosas para converter povos de outras religiões.

D)

entre os povos pré-colombianos, como os Astecas, o sacrifício humano como uma prática comum, o que não ocorria nas sociedades europeias da Antigüidade e da Idade Média.

E)

formas opostas de devoção de sua religiosidade, visto que as sociedades europeias não utilizaram a guerra como prática de conversão de outros povos como os Astecas usavam.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

17)

Apesar de serem muitas as formas de praticar a agricultura, todos os sistemas agrícolas têm três fatores comuns:

A)

O capital, a terra e o trabalho.

B)

Produção, o trabalho e a tecnologia.

C)

A tecnologia, o mercado consumidor e o trabalho.

D)

O capital, a tecnologia e o mercado consumidor.

E)

O trabalho, o mercado consumidor e o preço único por produto.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

18)

Observe o esquema a seguir:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/pucsp0565.JPG

A partir dessa “fotografia esquemática” da paisagem de dois segmentos territoriais é CORRETO afirmar que

A)

o interior (o oeste) de S. Paulo é o reduto dos maiores fragmentos florestais do território do estado, em vista da eliminação ocorrida noutras áreas.

B)

a matriz do interior de S. Paulo tem na cafeicultura seu principal componente, o que é bom para a preservação dos fragmentos florestais em razão do baixo uso de agrotóxicos nessa lavoura.

C)

as maiores e mais profundas manchas na matriz florestal do interior da Amazônia produzidas pelo extrativismo são aquelas associadas à extração da castanha e do látex.

D)

o principal obstáculo para a defesa dos fragmentos no interior de S. Paulo é a ameaça constante de eliminação, em vista da pressão poderosa das atividades agropecuárias.

E)

no interior da Amazônia, em razão do envelhecimento da floresta e da ação humana, já se pode dizer que as formações vegetais arbustivas estão se transformando na matriz da paisagem.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

19)

Analise as afirmações seguintes que se relacionam à agropecuária nos países subdesenvolvidos.

I. A agricultura no mundo subdesenvolvido é responsável pelo fornecimento dos produtos agrícolas de clima tropical mais procurados no mercado internacional: café, cacau, frutas diversas (abacaxi, laranja, banana, etc.).

II. São as pequenas e médias propriedades rurais dos países subdesenvolvidos que garantem a maior parte das exportações de gêneros alimentícios e matérias-primas, atividades consideradas menos lucrativas do que a produção destinada ao mercado interno.

III. Nos países subdesenvolvidos, existem ainda lavouras de subsistência, ou seja, pequenas propriedades que cultivam gêneros alimentícios e criam gado, tendo em vista, principalmente, o consumo próprio do produtor e de sua família.

Estão corretas as afirmativas

A)

I e III apenas.

B)

I e II apenas.

C)

II e III apenas.

D)

I, II e III.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

20)

Um agrossistema é um tipo ou modelo de produção agrária em que se observa quais cultivos ou criações são praticados, quais são as técnicas utilizadas, como é a relação da agricultura ou da pecuária com o espaço – tanto em termos de densidade quanto da dimensão e propriedade da terra – e qual é o destino da produção.

 

A partir desse conceito, qual seria a melhor forma de classificar os agrossistemas?

A)

Agricultura tradicional, moderna e alternativa.

B)

Agricultura mediterrânea, plantations, itinerante e de subsistência.

C)

Agricultura irrigada, minifúndios e latifúndios.

D)

Agricultura de jardinagem, itinerante e mediterrânea.

E)

Pecuária extensiva e intensiva.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

21)

A economia rural transformou-se em fornecedora de matérias primas para as indústrias e para o abastecimento dos mercados urbanos. Para realizar essa função, os complexos agroindustriais organizaram-se em torno de cadeias produtivas. Assinale a alternativa correta que exemplifica a(s) função(ões) que complementa(m) a cadeia produtiva até o comércio varejista.

A)

Ensilamento.

B)

Cooperativismo.

C)

Beneficiamento e distribuição da produção.

D)

Empacotamento.

E)

Publicidade do produto.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

22)

Um sistema agrário é um tipo de modelo de produção agropecuária em que se observa que cultivos ou criações são praticados, quais são as técnicas utilizadas, como é a relação com o espaço e qual é o destino da produção. Existem muitas classificações de sistemas agrários, pois os critérios para a definição variam de acordo com o autor ou a organização que os classifica. Além disso, os sistemas agrários são diferentes conforme a região do globo ou a sociedade, sua cultura e nível de desenvolvimento econômico.

CAMPANHOLA, C.: Silva, J. G. O novo rural brasileiro, uma análise nacional e regional. Campinas: Embraça/Unicamp, 2000 (adaptado).

 

Dentro desse contexto, o sistema agrário tradicional tem como características principais o predomínio de pequenas propriedades agrárias, utilização de técnicas de cultivo minuciosas e de irrigação, e sua produção é destinada preferencialmente ao consumo local e regional. Essa descrição corresponde a que sistema agrícola?

A)

Plantations.

B)

Sistema de roças.

C)

Agricultura orgânica.

D)

Agricultura itinerante.

E)

Agricultura de jardinagem.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

23)

A expansão do agronegócio provocou profundas mudanças no campo brasileiro, gerando riquezas, mas também problemas ainda não resolvidos. Sobre o agronegócio é INCORRETO afirmar:

A)

A expansão do agronegócio da soja na franja sul da Amazônia, ao sul do Maranhão e do Pará e a oeste da Bahia é uma das principais causas do desmatamento;

B)

O agronegócio é responsável pela permanência da concentração de renda e terras nas mãos de poucos, o que causa tensões e conflitos no campo;

C)

O agronegócio é uma potência na economia brasileira, responsável por 30% do PIB, 37% das exportações e 35% dos empregos brasileiros;

D)

Os polêmicos produtos transgênicos não fazem parte dos agronegócios brasileiros;

E)

Nos últimos anos, o agronegócio modernizou-se graças a pesados investimentos, avanços tecnológicos importantes, como a mecanização agrícola.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

24)

Sempre deixamos marcas no meio ambiente. Para medir essas marcas, William Rees propôs um(a) indicador/estimativa chamado(a) de “Pegada Ecológica”.

 

Segundo a Organização WWF, esse índice calcula a superfície exigida para sustentar um gênero de vida específico. Mostra até que ponto a nossa forma de viver está de acordo com a capacidade do planeta de oferecer e renovar seus recursos naturais e também de absorver os resíduos que geramos. Assim, por exemplo, países de alto consumo e grande produção de lixo, bem como países mais industrializados e com alta emissão de CO2, apresentam maior Pegada Ecológica.

www.wwf.org.br. Acessado em 17/08/09. Adaptado.

Assinale a anamorfose que melhor representa a atual Pegada Ecológica dos diferentes países.

Nota: Considere apenas os tamanhos e as deformações dos países, que são proporcionais a informação apresentada.Fonte: www.worldmapper.org.Acessado em 17/08/2009. Le Monde. Diplomatique, 2009

A)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/FUVEST2010geo44.aPNG.PNG

B)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/FUVEST2010geo44.bPNG.PNG

C)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/FUVEST2010geo44.cPNG.PNG

D)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/FUVEST2010geo44.dPNG.PNG

E)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/FUVEST2010geo44.ePNG.PNG

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

25)

O HOMEM ATRAVÉS DOS TEMPOS: DO MEIO NATURAL AO MEIO TÉCNICO- CIENTÍFICO INFORMACIONAL

Durante milhares de anos o planeta foi habitado por caçadores e coletores. Nesse período a natureza comandava direta e indiretamente as ações do homem e a precariedade das técnicas disponíveis fazia com que ela triunfasse. Com a domesticação das plantas e dos animais, característica da Revolução do Neolítico, intensificou-se a criação de técnicas destinadas a ampliar o controle humano sobre a natureza. Mais tarde a invenção e difusão das máquinas através da Revolução Industrial intensificaram as mudanças ao meio natural. Esse domínio das sociedades humanas sobre a natureza acelerou o potencial produtivo, com tecnologias que afetaram profundamente a agropecuária e a indústria e, ao mesmo tempo, intensificaram as alterações ambientais. A partir do meio técnico-científico-informacional o espaço geográfico ganhou novos conteúdos e impôs à sociedade novos comportamentos, onde o mercado graças à ciência, à técnica e à informação tornou-se um mercado global.

O relativo domínio das sociedades humanas sobre a natureza ocasionou reflexos na relação de apropriação e utilização dos recursos naturais - particularmente a terra - e no desenvolvimento das nações. Os países com diferentes realidades geográficas e níveis de desenvolvimento técnico diversos, apresentam também distintos problemas de origem fundiária.

Sobre o assunto é correto afirmar que:

A)

no espaço mundial, o Japão se destaca pelo predomínio das pequenas propriedades, consequência da reforma agrária implantada logo após a 2ª Guerra Mundial, seguido da introdução de técnicas modernas, máquinas e fertilizantes, que garante um ritmo acelerado de produção agrícola, apesar de sua reduzida superfície.

B)

na América Latina, os grandes proprietários rurais, apesar de se apresentarem em menor número, detêm o domínio das áreas destinadas à agricultura. Assim, concentração fundiária, elevada produtividade e auto-suficiência se apresentam como as marcas da produção agrícola nesta região.

C)

a estrutura fundiária concentrada no espaço geográfico mundial e o baixo uso de tecnologias, tanto nos países ricos como nos países pobres, vem promovendo uma nova configuração do campo desde o início do século XX. Destaca-se neste contexto o avanço do agronegócio e da agroindústria.

D)

a chegada do capitalismo às terras expropriadas dos senhores feudais originaram os latifúndios, os quais são as bases ainda hoje da estrutura fundiária do espaço geográfico mundial. Como exceções destacam-se as antigas colônias que promoveram reforma agrária logo após as lutas de independência.

E)

uma diferença fundamental da política agrícola dos países ricos em relação aos pobres é o fato de o Estado bancar o custo da produção. Tal iniciativa dos países ricos resulta do tipo de relação que possui “Terra”, priorizando o mercado externo.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

26)

Leia o fragmento de texto a seguir:

“Na década de 1990 aumentaram, a um só tempo, a produção nacional e a importação de fertilizantes, que passaram de 1,862 milhão de toneladas em 1990 para 2,417 milhões em 1997 e de 1,43 milhão para 3,510 milhões, respectivamente. Somadas as quantidades produzidas e importadas, o aumento foi de cerca de 80%. As vendas de defensivos agrícolas no mercado interno sobem de 1.084.400 em 1990 para 2.180.800 em 1997, crescimento determinado sobretudo pelo aumento das vendas de herbicidas, que nesse período cresceram mais de duas vezes. [...]”.

SANTOS, M; SILVEIRA, M.L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001, p.89.

Os dados apontados pelos geógrafos Milton Santos e Maria Laura Silveira relacionam-se à forma de produção no campo brasileiro nos últimos anos. Em relação a esse assunto, assinale a alternativa correta.

A)

O uso crescente de produtos químicos na agricultura brasileira propiciou maior produtividade e, consequentemente, maior número de empregos no setor agrícola.

B)

A chamada quimização do campo, aliada aos movimentos sociais de luta pela terra têm diminuído a concentração de terras no Brasil.

C)

Os dados relacionam-se diretamente à consolidação de um modelo agrícola pautado nas monoculturas de exportação, como a soja, que é uma cultura altamente tecnificada e realizada em grandes extensões de terra.

D)

A crescente presença de herbicidas e fertilizantes na agricultura brasileira promove o aumento da produtividade, principalmente nas pequenas propriedades e culturas como o arroz e o feijão.

E)

O uso excessivo de fertilizantes e herbicidas aumenta a produtividade não causando danos ao meio ambiente; daí o crescimento de sua utilização no Brasil nos últimos anos.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

27)

A fertilidade do solo está intimamente relacionada à disponibilidade de elementos nutritivos, que possibilita ou não um bom desenvolvimento dos vegetais. Quanto aos solos de maior fertilidade natural, no território brasileiro, pode-se afirmar que eles

A)

pertencem à classe dos litossolos, cujo horizonte A está alojado diretamente sobre o substrato rochoso.

B)

são de origem aluvial, com textura arenosa, grande profundidade e estrutura típica dos cambissolos.

C)

resultam do intemperismo químico na decomposição de rochas básicas, o que lhes confere uma coloração clara e PH acima de 7.

D)

ocorrem em superfícies planas e levemente ondulosas, relacionadas com derrames balsáticos e diques de diabásio.

E)

são encontrados no litoral nordestino, onde as camadas interiores, bastante adensadas, permitem o desenvolvimento de lavouras permanentes com raízes profundas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

28)

Quase toda a produção de batata, nos Estados Unidos, depende apenas de três variedades mais produtivas. Já a produção das ervilhas, de apenas dois tipos, e se tem situações similares para o trigo, a soja e o milho. No Brasil, o café se restringe a duas espécies mais rentáveis.

Dez mil anos atrás, a população mundial estava ao redor de 5 milhões. Cada um daqueles caçadores e coletores dispunha de cerca de 5 mil tipos diferentes de plantas alimentares. Hoje, os mais de 6 bilhões de habitantes têm somente 150 plantas alimentares presentes no comércio mundial.

Trata-se de uma verdadeira erosão genética e alimentar.

(Adaptado de: TIEZZI, Enzo. Tempos históricos, tempos biológicos. São Paulo: Nobel, 1988).

 

Pode-se concluir que o principal causador desse processo de erosão genética e alimentar é

A)

a agricultura comercial com alto grau técnico-científico dos países capitalistas.

B)

a agricultura comercial com baixo grau técnico-científico dos países subdesenvolvidos.

C)

a agropecuária extensiva e de subsistência, baseada na policultura altamente mecanizada.

D)

a seleção das espécies de plantas agrícolas segundo processos evolutivos naturais.

E)

a redução de espécies para selecionar as menos lucrativas, porém mais nutritivas.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

29)

A erosão do solo é um sério impacto ambiental causado pela retirada da cobertura vegetal que protege o solo para o plantio de lavouras e pastagens. Milhares de toneladas de solo são perdidas anualmente, em decorrência das práticas agrícolas sem o manejo adequado do solo. Quais têm sido as técnicas desenvolvidas para minimizar os problemas causados pela erosão em áreas agrícolas?

A)

Terraceamento, curva de nível e associação de cultura.

B)

Curva de nível, compactação do solo e ravinamento.

C)

Associação de cultura, terraceamento e irrigação.

D)

Compactação do solo, ravinamento e terraceamento.

E)

Ravinamento, irrigação e reflorestamento.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

30)

A população rural do Brasil tem decrescido nas últimas décadas. De acordo com dados do IBGE, na década de 80, a população rural era de aproximadamente 37 milhões; no ano 2000 havia cerca de 31 milhões de brasileiros morando no campo. O gráfico apresenta o comportamento da agricultura no Brasil nas duas últimas décadas em relação à produção e à área cultivada.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/questoesoffline/questoes/95142-828-imgs/img1.jpg

Adaptado de Boletim Técnico O agrônomo, Instituto Agronômico de Campinas,

Volume 51, nº 213, 1999.

Levando em consideração as mudanças ocorridas no campo nas últimas duas décadas e analisando o comportamento do gráfico, é correto afirmar que

A)

as áreas destinadas à lavoura têm aumentado consideravelmente, graças ao crescimento do mercado consumidor.

B)

a produção agrícola aumentou juntamente com a área cultivada, devido à abertura do mercado para exportação.

C)

a densidade demográfica nas áreas cultivadas tem crescido junto com a produção agrícola.

D)

a área destinada à agricultura não aumentou, mas a produtividade tem crescido, graças à aplicação de novas tecnologias.

E)

a produção agrícola do País cresceu no período considerado, enquanto a produtividade do homem do campo diminuiu.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

31)

Esse mundo diverso

Em uma das minhas muitas viagens ao Katmandu, no Nepal, em suas ruelas estreitas e pontes suspensas nos escondidos vales do Himalaia, na Ásia, deparei com um enorme cortejo de pessoas vestidas com roupas coloridas e enfeitadas, tocavam vários instrumentos, acompanhados pelo baque surdo de um tambor, todos dançavam alegremente (...) parecia uma demonstração folclórica de um tempo há muito perdido, para muitos poderia parecer um bloco carnavalesco, mas era um séqüito que culminaria com a cremação do corpo de um habitante local, fato comum na cultura dos povos dessa região. (...) Voltei no tempo, presenciava cenas medievais. Ao fundo dessa paisagem, campos agrícolas nas encostas montanhosas e, pasmem, agricultores lavrando a terra com arados manuais, lembrei-me das aulas de Geografia e História onde aprendi que alguns povos pré-colombianos, a exemplo dos Incas, usavam este tipo de agricultura. Meu Deus será que isto ainda existe? Sabe meus amigos, sou brasileiro, paulista e moro em plena região industrial de Cubatão, onde chaminés e fumaças poluentes fazem parte da paisagem, que diferença! Nestes vales, nota-se a presença forte da natureza, as matas de encostas com majestosas coníferas encontram-se bastante preservadas. Não, não é miragem. (...) Acho que a dificuldade de acesso, devido às elevadas altitudes preservou estes vales. (...) Como este país é diferente da China, que visitei anteriormente, tão grandioso em sua extensão territorial, na sua população e crescimento econômico, mas com graves desigualdades sócio-econômicas e problemas ambientais. (...) Os turistas, a maioria, vestidos à moda ocidental, a tudo fotografavam e filmavam, com suas máquinas digitais, essas cenas, cujas imagens poderiam mandar em segundos para diversos lugares do mundo. (...) De repente, este viajante errante pensou: será que viajei no tempo? Ou essas manifestações resistiram a ele (o tempo). (...) Estou presenciando diferentes “tempos” em um mesmo espaço. É, realmente nossos tempos são contraditórios; a tecnologia com seus avanços aproxima cada vez mais povos geograficamente distantes e culturalmente diferentes. Mas será que podemos falar em uma “aldeia global”? Ou ainda podemos dizer que existem centenas, milhares de “mundos” (uma Babilônia) em um único mundo, mesmo que se diga que ele é globalizado. Afinal, somos “plural” ou “singular”?

(Adaptado de www.venturas.com.br/destinos/diaadia.e viajante.uol.com.br/diamong.htm. (diário de um mochileiro )

 

“Voltei no tempo, presenciava cenas medievais. Ao fundo dessa paisagem, campos agrícolas [...] e pasmem, agricultores lavrando a terra com arados manuais [...]”. O cenário abaixo se relaciona com a descrição da paisagem medieval narrada pelo mochileiro, no excerto acima, do Texto, na medida em que:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEPA2009GEOG22.PNG

A)

destaca trabalhadores realizando atividades agrícolas com técnicas e instrumentos rudimentares associando-as a um cenário exclusivamente medieval.

B)

os trabalhadores aparecem arando a terra sem o arado manual, o que indica a inexistência desse tipo de instrumento de trabalho na sociedade medieval.

C)

ela completa as informações sobre o cenário medieval, contrastando as condições rudimentares do trabalho dos camponeses com as construções arquitetônicas da época.

D)

se refere à descrição dos trabalhadores, do arado manual, que auxiliava os camponeses no plantio e cultivo em feudos medievais pertencentes aos servos da gleba.

E)

recria o cenário descrito no diário, inserindo-o na paisagem natural do medievo, caracterizada pela utilização maciça do arado manual e presença dominante da mão-de-obra feminina no campo de cultivo.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

32)

As figuras ilustram a adoção de técnicas distintas de aproveitamento de encostas para a produção agrícola.

Analisando-as, marque a afirmativa CORRETA.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/PUCMG20091semestreGEO15.png

A)

Na área representada pela figura I, o plantio preserva os padrões de fertilidade do solo, ao respeitar o alinhamento e o distanciamento preciso entre as plantas.

B)

Na área representada pela figura II, o plantio procurou respeitar as curvas de nível do terreno, reduzindo a ação destrutiva das águas pluviais e amenizando os processos erosivos.

C)

Na área representada pela figura II, o cultivo paralelo mantém as diferenças de altitude entre os alinhamentos, acentuando o processo erosivo.

D)

Nas áreas das figuras I e II, os processos erosivos apresentarão a mesma intensidade, pois em ambas houve a preocupação de preservar a vegetação nativa nos pontos mais elevados do terreno.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

33)

“De todas as atividades humanas, a agricultura é a que ocupa as maiores áreas terrestres e uma das que mais provocam modificações no meio ambiente. Quando considerada em seu sentido mais amplo, ou seja, englobados os cultivos agrícolas, as criações de animais e a silvicultura, ela é responsável direta pela alteração de mais de um terço da superfície terrestre do planeta, atingindo quase todos os biomas. A relação entre a agricultura e a natureza é de duplo sentido, pois, ao mesmo tempo que a agricultura afeta enormemente a natureza, é também afetada por ela e dela dependente”.

(Adaptado Antonio Vitor Rosa. Agricultura e meio ambiente. 1998).

Com base no texto e sobre a relação agricultura e natureza, pode-se afirmar que:

I - Os principais ciclos biogeoquímicos que ocorrem no meio ambiente são dependentes diretos do desenvolvimento agrícola que realiza a reciclagem de nutrientes entre os seres vivos e o meio abiótico, procedimento indispensável para a realização dos ciclos.

II - A ocupação de vastas regiões com culturas de mesma variedade, provocou a destruição de ecossistemas que abrigavam as variedades tradicionais e silvestres de culturas importantes, provocando, assim, a chamada “erosão genética”, ou seja, a extinção das variedades ou raças de uma dada espécie vegetal ou animal.

III - As intensas aplicações de agroquímicos e a uniformização de extensos campos de cultivos estão diminuindo a população de pragas super-resistentes aos agrotóxicos e provocando a eliminação de insetos benéficos. Os pesticidas, por eliminarem os insetos predadores, podem causar explosões populacionais de presas dos referidos insetos.

IV - A modernização agrícola provocou desequilíbrio ambiental: os fertilizantes utilizados na agricultura liberam o óxido nítrico na atmosférica, gás mais potente que o dióxido de carbono que provoca o efeito estufa. Em alguns casos, os agroquímicos alcançam os lençóis freáticos provocando contaminação das águas.

 

Após análise das afirmativas, assinale a alternativa correta.

A)

Apenas I, II e III estão corretas.

B)

Apenas I e II estão corretas.

C)

Apenas III, IV estão corretas.

D)

Apenas II e IV estão corretas.

E)

Apenas I e III estão corretas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

34)

A erosão é constituída pelo desgaste, transporte e deposição dos materiais que compõem o solo. Ela pode ser acelerada ou reduzida pela ação humana. É exemplo de ação humana que reduz o processo erosivo

A)

a derrubada de florestas.

B)

a exposição do solo.

C)

a verticalização urbana

D)

o plantio de monoculturas.

E)

o terraceamento

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

35)

Analise este mapa:

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFMG2005GEO24.png

A partir da análise desse mapa e com base em outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que, nos espaços agrícolas brasileiros,

A)

a modernização mais intensa está presente nas regiões que sofrem maior influência da metrópole global mais dinâmica do País.

B)

as características do meio físico condicionam o processo de modernização nas diversas regiões.

C)

o avanço da fronteira agrícola tem sido acompanhado, de perto, pelo incremento da modernização.

D)

o grau de modernização comprova a existência de estreita correlação entre as atividades industriais e as agrícolas.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

36)

Sabemos que a irrigação eleva a produtividade agrícola em inúmeras regiões, proporcionando a subsistência de muitos agricultores.

 

Nas regiões onde projetos de irrigação extensiva foram implantados, com a abertura de poços artesianos para extrair água de aquíferos ― gigantescos depósitos subterrâneos de água ―, muitas foram as consequências devido à extração excessiva, sendo que entre elas é correto apontar

A)

o aumento da produtividade sem perdas ambientais.

B)

a preocupação dos agricultores com os impactos ambientais, evitando desperdícios de água.

C)

o aumento das exportações, devido a uma produção crescente, com o mínimo de perdas ambientais.

D)

o rebaixamento do nível do lençol freático, podendo levar à exaustão de muitas reservas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

37)

A chamada Revolução Verde promoveu grande aumento da produtividade em diferentes regiões agrícolas do  planeta, por meio do uso de fertilizantes químicos, agrotóxicos e sementes selecionadas. Apesar do desenvolvimento técnico e econômico, a Revolução Verde provocou consequências ecológicas e sociais. Assinale a alternativa incorreta.

A)

A utilização de fertilizantes e de agrotóxicos tem por objetivo aumentar a produtividade e evitar quebra na safra.

B)

Os fertilizantes e agrotóxicos são levados pela chuva para os córregos e rios, prejudicando o equilíbrio ecológico de seus ecossistemas.

C)

Houve um enriquecimento tanto da flora quanto da fauna silvestre, devido a grande utilização de fertilizantes e produtos químicos.

D)

Devido à utilização de fertilizantes e agrotóxicos, os produtos cultivados são mais vigorosos e abundantes.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

38)

O processo de modernização da agricultura brasileira, realizado nas últimas décadas do século XX, foi marcado pelo uso cada vez mais frequente de insumos industriais. Os equipamentos mecânicos utilizados nas grandes propriedades monocultoras e a aplicação de fertilizantes e agrotóxicos vêm provocando graves desequilíbrios ambientais. Sobre os problemas ambientais que resultaram da expansão da agricultura, analise as afirmativas a seguir.

I - As constantes aplicações de agrotóxicos estão aumentando a incidência de pragas porque estão reduzindo a população de predadores naturais e tornando os seus vetores mais resistentes aos venenos aplicados.

II - Os sulcos abertos pelos tratores na preparação do solo estão facilitando o escoamento superficial da água das chuvas, acelerando o processo de degradação dos solos.

III – O desmatamento indiscriminado, provocado pelo avanço da “fronteira” agrícola, tem alterado o armazenamento da água no solo, com graves repercussões no regime dos rios.

IV – O uso da queimada na preparação do solo vem aumentando a quantidade de dióxido de carbono na atmosfera, fazendo com que a atmosfera retenha mais calor do que deveria em seu estado natural.

Assinale:

A)

se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.

B)

se apenas as afirmativas II e IV estiverem corretas.

C)

se apenas as afirmativas I, II e IV estiverem corretas.

D)

se apenas as afirmativas I, II e III estiverem corretas.

E)

se todas as afirmativas estiverem corretas.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

39)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UESC2010GEOG15.PNG

Com base nos conhecimentos sobre a vegetação do ecossistema destacado no mapa, identifique as afirmativas verdadeiras.

I. Estendia-se, em épocas anteriores, do litoral do Ceará às fronteiras do Brasil com o Uruguai.

II. Corresponde a uma floresta ombrófila, densa e perene.

III. É considerado um dos ecossistemas mais complexos do planeta e corresponde à Mata Atlântica.

IV. Constitui-se o único ecossistema brasileiro que é, atualmente, protegido pela legislação ambiental.

V. Sofreu grande degradação, ao longo da história do país, graças à expansão urbana e à mineração de urânio e manganês.

A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é a

A)

III, IV, V

B)

II, III, IV

C)

I, II, IV

D)

II, III

E)

I, IV

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

40)

A partir da última década do século XX, o meio rural brasileiro vem passando por intensas mudanças no seu processo produtivo, favorecendo o estabelecimento de novas relações entre o campo e a cidade. É fator que contribui para esse processo de mudança:

A)

o aumento da produção de subsistência, decorrente da modernização agroindustrial e da expansão do capital.

B)

o surgimento do agronegócio, devido ao fortalecimento das atividades agrícolas tradicionais.

C)

a expansão da pequena produção agrícola, em virtude das políticas de combate ao êxodo rural.

D)

a expansão de atividades não-agrícolas, promovida pelo transbordamento do mundo urbano para áreas rurais.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

41)

Ao compararmos as condições de trabalho de servos e vilões, vigentes no sistema socioeconômico feudal da Idade Média da Europa Ocidental, destaca-se, como elemento diferenciador entre ambos:

A)

a relação de vassalagem exclusiva dos servos em relação aos senhores proprietários de terra, enquanto os vilões permaneciam como camponeses livres.

B)

a condição de escravidão a que estavam submetidos os servos nos ambientes domésticos dos senhores feudais, diferenciada da situação de trabalho livre dos camponeses vilões.

C)

a presença dos vilões como um fator de desequilíbrio do ordenamento estamental feudal, na medida em que se impunham como exemplos de camponeses livres frente à situação de obrigação/obediência do servo em relação ao senhor feudal.

D)

o livre acesso dos vilões às terras comunais, enquanto que aos servos era estritamente proibido o seu uso, por conta das obrigações assumidas do servo para com o senhor feudal.

E)

o fato dos vilões serem pequenos proprietários de terras, mesmo que mantendo algumas obrigações para com os senhores feudais, mas sendo esta relação diferente da condição dos servos como camponeses presos à terra concedida pelo senhor feudal.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

42)

Sobre a modernização da agricultura desencadeada em países subdesenvolvidos industrializados, a partir da década de 1960, é INCORRETO afirmar que

A)

a modernização da agricultura difundiu e ampliou o uso de sementes, insumos e implementos agrícolas que possibilitou o aumento da produção de alimentos, porém, mantendo a carência alimentar nesses países.

B)

as medidas técnicas destinadas a aumentar a produção e a produtividade da agricultura ocorreram, notadamente, nas atividades desenvolvidas pelos complexos agroindustriais.

C)

as atividades agrícolas de subsistência e a comercial moderna passaram a ser desenvolvidas a partir da utilização de novas variedades de plantas, do melhoramento de sementes e da mecanização do processo produtivo.

D)

a agricultura passou a depender da indústria e dos estudos de melhoramento genético para adquirir sementes, fertilizantes e equipamentos agrícolas.

E)

as pesquisas para a criação de novas variedades de plantas e para a produção de alimentos transgênicos e agrotóxicos elevaram as necessidades de investimentos nos complexos agroindustriais.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

43)

Sobre urbanização e rede urbana, pode-se afirmar:

A)

O crescimento, nas últimas décadas, das regiões metropolitanas de São Paulo, do Rio de Janeiro e das cidades de médio porte localizadas no Vale do Paraíba do Sul vem dando origem à primeira megalópole brasileira.

B)

O desenvolvimento da urbanização brasileira despovoou o campo, contribuiu para o aumento da fertilidade da mulher e, consequentemente, para o crescimento vegetativo do país na década passada.

C)

Uma cidade, no Brasil, para ser considerada como metrópole regional tem que possuir um setor terciário hipertrofiado e uma economia informal em declínio.

D)

A criação das regiões metropolitanas visam inibir o inchaço das capitais, criando centros alternativos de consumo e de produção.

E)

As cidades de São Paulo e Belo Horizonte, no Brasil, são representadas no ápice da hierarquia das cidades globais.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

44)

A agricultura é uma das atividades básicas da humanidade e provavelmente foi responsável pela primeira grande transformação no espaço geográfico. Com relação às formas de organização do espaço da produção agrícola, pode-se afirmar:

A)

A expansão da mecanização, na agricultura de jardinagem, resulta da introdução dos latifúndios na estrutura fundiária dos países do Sudeste Asiático.

B)

O desenvolvimento do capitalismo, no espaço rural latino-americano, aumentou a produtividade agrícola e revigorou a concentração de terras.

C)

A agricultura familiar estadunidense, estruturada com base na pequena propriedade, é impulsionada, unicamente, pela força do mercado interno.

D)

A presença de complexos industriais no Brasil é restrita ao Centro-Sul, devido à expansão da lavoura da soja, estimulada pelo desenvolvimento do cooperativismo, de financiamentos e da difusão de técnicas.

E)

O sistema de plantation, praticado nas áreas tropicais do globo e voltado para exportação, caracteriza-se pelo predomínio excessivo de técnicas de adubação, irrigação e terraceamento.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

45)

“De todas as atividades humanas, a agricultura é a que ocupa as maiores áreas terrestres e uma das que mais provocam modificações no meio ambiente. Quando considerada em seu sentido mais amplo, ou seja, englobados os cultivos agrícolas, as criações de animais e a silvicultura, ela é responsável direta pela alteração de mais de um terço da superfície terrestre do planeta, atingindo quase todos os biomas. A relação entre a agricultura e a natureza é de duplo sentido, pois, ao mesmo tempo que a agricultura afeta enormemente a natureza, é também afetada por ela e dela dependente”. (Adaptado Antonio Vitor Rosa. Agricultura e meio ambiente. 1998).

 

Com base no texto e sobre a relação agricultura e natureza, pode-se afirmar que:

I - Os principais ciclos biogeoquímicos que ocorrem no meio ambiente são dependentes diretos do desenvolvimento agrícola que realiza a reciclagem de nutrientes entre os seres vivos e o meio abiótico, procedimento indispensável para a realização dos ciclos.

II - A ocupação de vastas regiões com culturas de mesma variedade, provocou a destruição de ecossistemas que abrigavam as variedades tradicionais e silvestres de culturas importantes, provocando, assim, a chamada “erosão genética”, ou seja, a extinção das variedades ou raças de uma dada espécie vegetal ou animal.

III - As intensas aplicações de agroquímicos e a uniformização de extensos campos de cultivos estão diminuindo a população de pragas super-resistentes aos agrotóxicos e provocando a eliminação de insetos benéficos. Os pesticidas, por eliminarem os insetos predadores, podem causar explosões populacionais de presas dos referidos insetos.

IV - A modernização agrícola provocou desequilíbrio ambiental: os fertilizantes utilizados na agricultura liberam o óxido nítrico na atmosférica, gás mais potente que o dióxido de carbono que provoca o efeito estufa. Em alguns casos, os agroquímicos alcançam os lençóis freáticos provocando contaminação das águas.

 

Após análise das afirmativas, assinale a alternativa correta.

A)

Apenas I, II e III estão corretas.

B)

Apenas I e II estão corretas.

C)

Apenas III, IV estão corretas.

D)

Apenas II e IV estão corretas.

E)

Apenas I e III estão corretas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

46)

Há várias práticas de agricultura que visam à construção de modelos que associem o desenvolvimento social rural à conservação ambiental, embora possam ocasionar dificuldades na conciliação dos interesses econômicos. Nesse contexto, a silvicultura é caracterizada

A)

pelo manejo de árvores onde são desmatadas pequenas áreas de floresta e aproveitada matéria orgânica do solo.

B)

pelo uso da terra em que são cultivadas árvores em consórcio com culturas agrícolas, concomitantemente à criação de animais.

C)

pelo cultivo de espécies arbóreas exóticas ao ecossistema local, alterando os ciclos hidrológicos e a biodiversidade.

D)

pela recuperação de áreas agrícolas degradadas, transformando-as em matas biologicamente diversificadas e produtivas.

E)

pela cultura de produtos orgânicos em pequena escala, sem adição de fertilizantes, pesticidas e impactos ambientais.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

47)

Analise as afirmações a seguir sobre os espaços agrários.

I - A atividade agroindustrial é uma das principais características da agricultura moderna, que compreende desde a produção até o processamento e a distribuição.

II - Os produtos originados do agronegócio também são conhecidos no mercado mundial pela dominação de commodity.

III - As geotecnologias e a biotecnologia geram mecanismos que permitem, entre outras atividades, mapear as áreas plantadas, determinar a melhor época do ano para se plantar um tipo de cultura, selecionar sementes e corrigir solos.

 

É correto o que se afirma

A)

somente em I e II.

B)

somente em I e III.

C)

somente em II e III.

D)

em I, II e III.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

48)

Ao longo do século XX, os países subdesenvolvidos e industrializados intensificaram a produção agrícola, permitindo-lhes a utilização de um número bem menor de mão-de-obra.

 

Em relação à configuração dessas atividades agrícolas, pode-se afirmar que

A)

os agricultores utilizam a queimada como forma de eliminar a vegetação existente e, consequentemente, acelerar o cultivo.

B)

o agricultor e sua família produzem de acordo com as suas condições e necessidades, visando comercializar o excedente da produção.

C)

o sistema agrícola intensivo investe em maquinários, utiliza-se de agrotóxicos e resulta em alta produtividade.

D)

devido ao excedente populacional as condições dos trabalhadores são precárias, substituindo a mão-de-obra por máquinas potentes.

E)

a agricultura é extensiva, com alta produtividade e visa a grandes investimentos na área da biotecnologia.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

49)

O HOMEM ATRAVÉS DOS TEMPOS: DO MEIO NATURAL AO MEIO TÉCNICO- CIENTÍFICO INFORMACIONAL

Durante milhares de anos o planeta foi habitado por caçadores e coletores. Nesse período a natureza comandava direta e indiretamente as ações do homem e a precariedade das técnicas disponíveis fazia com que ela triunfasse. Com a domesticação das plantas e dos animais, característica da Revolução do Neolítico, intensificou-se a criação de técnicas destinadas a ampliar o controle humano sobre a natureza. Mais tarde a invenção e difusão das máquinas através da Revolução Industrial intensificaram as mudanças ao meio natural. Esse domínio das sociedades humanas sobre a natureza acelerou o potencial produtivo, com tecnologias que afetaram profundamente a agropecuária e a indústria e, ao mesmo tempo, intensificaram as alterações ambientais. A partir do meio técnico-científico-informacional o espaço geográfico ganhou novos conteúdos e impôs à sociedade novos comportamentos, onde o mercado graças à ciência, à técnica e à informação tornou-se um mercado global.

As mudanças ocorridas com o processo de modernização técnico-científica sobre a dinâmica produtiva do campo introduziu, neste espaço, nova forma de conceber as relações de trabalho e a relação homem-natureza.

Neste contexto é correto afirmar que:

A)

a chamada agropecuária moderna, caracterizada pelo uso intensivo de recursos tecnológicos no campo, como máquinas, insumos, dentre outros, concorreu de forma significativa para a diminuição de problemas ambientais e sociais tão comuns aos países pobres.

B)

grande parte das propriedades rurais é administrada como uma empresa familiar, controlando-se os custos da produção em todas as etapas do preparo do solo a colheita. Tais empreendimentos primam pela autonomia do trabalho e sociabilidade camponesa.

C)

ocorre a especialização da produção resultante da imposição de grandes corporações transnacionais do setor alimentício, que ditam as regras ao mercado mundial. A substituição de ecossistemas importantes por áreas de monoculturas implicou na autossuficiência alimentar dos países pobres.

D)

o modelo de desenvolvimento agrícola, conhecido como revolução verde, resultou no processo de desconcentração da terra nos países onde foi implantado, bem como contribuiu significativamente para a eliminação da fome mundial.

E)

tais mudanças tendem a desarticular as práticas agrícolas de trabalho familiar, impondo o plantio de culturas que interessam ao mercado mundial de alimentos. Ao mesmo tempo se processam diferentes movimentos de lutas pela terra, especialmente nos países latino-americanos.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

50)

A agricultura depende menos da natureza do que dependia no passado, porém passa a depender cada vez mais de técnicas e consequentemente da indústria ou das grandes empresas ligadas ao comércio internacional. Porém, esta não é uma realidade em grande parte dos países pobres onde ainda é praticada uma agricultura em pequenas propriedades, nas quais predomina o autoconsumo e apenas o excedente da produção é comercializado. Funciona como complemento regional das culturas comerciais de exportação, organizadas sob a forma de plantations.

A agricultura praticada em grande parte dos países pobres é do tipo

A)

terraceamento.

B)

jardinagem.

C)

subsistência.

D)

consorciada.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

51)

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/Enem2011dia1geo15.PNG

O organograma apresenta os diversos atores que integram uma cadeia agroindustrial e a intensa relação entre os setores primário, secundário e terciário. Nesse sentido, a disposição dos atores na cadeia agroindustrial demonstra

A)

a autonomia do setor primário.

B)

a importância do setor financeiro.

C)

o distanciamento entre campo e cidade.

D)

a subordinação da indústria à agricultura.

E)

a horizontalidade das relações produtivas.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

52)

Nativas do Brasil, as várias espécies das plantas conhecidas como fava-d´anta têm lugar garantido no mercado mundial de produtos cosméticos e farmacêuticos. Elas praticamente não têm concorrentes, pois apenas uma outra planta chinesa produz os elementos cobiçados pela indústria mundial. As plantas acham-se dispersas no cerrado e a sua exploração é feita pela coleta manual das favas ou, ainda, com instrumentos rústicos (garfos e forquilhas) que retiram os frutos das pontas dos galhos. Alguns catadores quebram galhos ou arbustos para facilitar a coleta. Depois da coleta, as vagens são vendidas aos atacadistas locais que as revendem a atacadistas regionais, estes sim, os revendedores de fava para as indústrias. Depois de processados, os produtos são exportados. Embora os moradores da região tenham um vasto conhecimento sobre hábitos e usos da fauna e flora locais, pouco ou nada sabem sobre a produção de mudas de espécies nativas e, ainda, sobre o destino e o aproveitamento da matéria-prima extraída da fava d´anta.

Adaptado de: Extrativismo e biodiversidade: o caso da fava-d´anta. Ciência Hoje, junho, 2000.

A coleta de favas é feita por famílias inteiras de trabalhadores rurais (não-proprietários). Enquanto o jovem apanhador de favas pode ganhar até R$7,50 por dia, os demais trabalhadores adultos ganham, em média, R$5,12 por dia, podendo dedicar-se a outras atividades extrativistas: a coleta de pequis e panãs, frutos vendidos à beira da estrada, e de lenha, vendida a pequenos compradores. A tabela apresenta a renda média anual dos jovens e adolescentes de uma cidade de Minas Gerais, com essas atividades extrativistas.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/enem0211.JPG

Foram feitas as seguintes afirmações sobre a importância socioeconômica do extrativismo da fava-d´anta:

I. A desinformação impede qualquer controle da situação por parte dos coletores, aos quais cabe apenas o papel de trabalhadores braçais.

II. O retorno financeiro para a população é compatível com a importância dos produtos derivados da fava.

III. A atividade é menos rentável porque, entre os compradores de favas, existem atravessadores, ao contrário do que acontece na venda do pequi.

IV. A atividade eleva o salário diário do trabalhador, representando a fonte mais importante de sua renda anual.

Está correto apenas o que se afirma em

A)

I, III e IV.

B)

II, III e IV.

C)

I e III.

D)

II e IV.

E)

I e IV.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

53)

Observe a tabela sobre a estrutura agrária brasileira:

 Tamanho dos imóveis(em ha)                       Área ocupada (%)                       Valor da produção (%)  

 Menos de 100 ha                                              20,0                                                48,3  

De 100 a 1000 ha                                              34,9                                                 34,9  

Mais de 1000 ha                                               45,1                                                 16,8

Fonte: Almanaque Abril

Em relação a esses dados, julgue as afirmativas abaixo e assinale, em seguida, a alternativa CORRETA:

I. As grandes propriedades podem ser consideradas as mais produtivas, visto que produzem para exportação e adotam tecnologia moderna.

II. Mais de 80% da produção agropecuária provém das pequenas e médias propriedades, que ocupam pouco mais da metade da área total dos estabelecimentos agrícolas.

III. As pequenas propriedades podem ser consideradas as mais produtivas, pois abastecem em grande parte o mercado interno.

IV. Proporcionalmente, as grandes propriedades são mais improdutivas, visto que ocupam a maior parte da área e têm a menor quantidade de produção.

A)

Somente as alternativas III e IV são verdadeiras.

B)

Somente a alternativa III é verdadeira.

C)

Somente as alternativas II, III e IV são verdadeiras.

D)

As alternativas I e II são verdadeiras.

E)

As alternativas I, II e IV são verdadeiras.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

54)

ÁFRICA: UMA HISTÓRIA E UM ESPAÇO DE EXPLORAÇÃO

Desde o momento em que as trocas comerciais se expandiram em escala mundial, a partir dos séculos XV e XVI, a África tornou-se um dos espaços mais explorados do planeta. Nesse primeiro momento, tratava-se de explorar as riquezas minerais e capturar africanos para escravizá-los. Esse foi o início da destruição de inúmeras tribos. Cerca de 11 milhões de africanos foram vendidos como escravos para a colonização das Américas.

A partir do século XIX, com o desenvolvimento do capitalismo industrial e financeiro, a conquista europeia, na África, traduziu-se pela busca de novas e abundantes matérias-primas para expandir o processo produtivo. Em 1885, a África começou a ser dividida entre Inglaterra, França, Alemanha, Itália, Bélgica, Portugal e Espanha, em cerca de quarenta territórios distintos, sem que fossem levadas em conta as diferenças culturais de centenas de tribos. Tudo sob a ideologia europeia da “civilização dos povos selvagens”.

Hoje, a África é um dos continentes mais economicamente desiguais do mundo. As principais atividades são a extração mineral (ouro, diamante, petróleo, gás natural, urânio, bauxita, cobre e manganês) e a agricultura, que é praticada de três formas: agricultura de subsistência, agricultura permanente e agricultura de plantations. Isso dá um aspecto predominantemente rural aos países. O nível de industrialização da África é o menor do mundo. No norte e no sul do continente, porém, existem indústrias desenvolvidas, como a petrolífera e a têxtil no Egito, ou a química e a siderúrgica na África do Sul. Este último país, sozinho, é responsável por quase 50% da produção industrial africana.

(MOREIRA, I. e AURICCHIO, E. Construindo o espaço mundial. São Paulo: Ática, 2006, pp. 138-149. Adaptado.)

De acordo com o texto, a agricultura africana “é praticada de três formas: agricultura de subsistência, agricultura permanente e agricultura de plantations.” A agricultura de plantations caracteriza-se pelo cultivo de produtos

A)

tropicais (como frutas e algodão) em grandes áreas, voltados para a exportação.

B)

equatoriais (como banana e sisal) em grandes florestas, voltados para a exportação.

C)

temperados (como cereais e oliveiras) em pequenas áreas, voltados para a exportação.

D)

tropicais (como legumes e frutas) em zonas de pradarias, voltados para o mercado europeu.

E)

tropicais (como tâmara e arroz) em áreas semidesérticas, voltados para o mercado interno.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

55)

Um sistema agrícola singular é caracterizado pela existência de pequenas comunidades de agricultores, que, organizados em aldeias, praticam a policultura. Esse sistema, além da geração de produtos básicos para consumo próprio e para o mercado interno, concentra-se em um produto voltado exclusivamente para exportação.

Apesar de praticada em moldes tradicionais, com baixa tecnologia e produtividade, a policultura se sustenta pelas rendas geradas com o produto de exportação, que tem como destino mercados com população de alta renda.

 

Um exemplo desse sistema agrícola é o da produção e consumo

A)

do cacau, matéria-prima para o chocolate, exportado por alguns países da África para o mercado europeu.

B)

da coca, produzida nos países andinos e que tem como destino os países vizinhos mais ricos: Brasil e Argentina.

C)

do chá, que desde o século XIX se mantém como principal produto de comércio entre a Índia e a Inglaterra.

D)

do algodão, matéria-prima da indústria têxtil, exportado em grande escala do Brasil para os Estados Unidos.

E)

do milho, sustentáculo dos países do sudeste asiático e que tem como destino os grandes mercados da Índia e China.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

56)

Assinale com V ou com F as proposições conforme sejam respectivamente Verdadeiras ou Falsas em relação à leitura da paisagem agrária mostrada na foto.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UEPB20073geo12.png

( ) A modernização do campo provoca a subordinação crescente do campo à cidade e à indústria, destino da produção agrícola e de onde recebe insumos e equipamentos.

( ) A modernização da agricultura torna as paisagens agrícolas homogeneizadas, através da especialização produtiva, para atender ao mercado urano/industrial cada vez mais exigente.

( ) O campo torna-se cada vez mais auto-suficiente em função de ser o espaço que mais rapidamente absorve as modernizações do meio técnico-científico-informacional.

( ) A modernização do campo reduz a população rural, mas contribui para a formação de uma população agrária, que, além dos boias-frias, inclui agrônomos, tratoristas, mecânicos e outros profissionais qualificados, que, mesmo morando nas cidades, dedicam-se as atividades agrárias.

A sequência correta das assertivas é:

A)

F V V V

B)

F V V V

C)

V F F F

D)

V V F V

E)

V F F F

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

57)

As colunas abaixo dizem respeito à organização da produção na agricultura brasileira. Faça as correlações entre as colunas A e B e, em seguida, marque a alternativa CORRETA.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/ufla200916geografia.png

A)

4 – 1 – 3 – 2

B)

4 – 3 – 1 – 2

C)

3 – 2 – 4 – 1

D)

3 – 1 – 2 – 4

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

58)

TEXTO I

Eis aqui, portanto, o princípio de quando se decidiu fazer o homem, e quando se buscou o que devia entrar na carne do homem. Havia alimentos de todos os tipos. Os animais ensinaram o caminho. E moendo então as espigas amarelas e as espigas brancas, Ixmucaná fez nove bebidas, e destas provieram a força do homem. Isto fizeram os progenitores, Tepeu e Gucumatz, assim chamados. A seguir decidiram sobre a criação e formação de nossa primeira mãe e pai. De milho amarelo e de milho branco foi feita sua carne; de massa de milho foram feitos seus braços e as pernas do homem. Unicamente massa de milho entrou na carne de nossos pais.

(Adaptado: SUESS, P. Popol Vuh: Mito dos Quiché da Guatemala sobre sua origem do milho e a criação do mundo. In: A conquista espiritual da América Espanhola: 200 documentos - Século XVI. Petrópolis: Vozes, 1992, p. 32-33.)

TEXTO II

" Se você é o que você come, e consome comida industrializada, você é milho", escreveu Michael Pollan no livro O Dilema do Onívoro, lançado no Brail. Ele estima que 25% da comida industrializada nos EUA contenha milho de alguma forma: do refrigerante, passando pelo Ketchup, até as batatas fritas de uma importante cadeia de fast food - isso se não contarmos vacas e galinhas que são alimentados quase exclusivamente com o grão.

O milho foi escolhido como bola da vez devido ao seu baixo preço de mercado e também porque os EUA produzem mais da metade do milho distribuído no mundo.

(Adaptado: BURGOS, P. Show do milhão: milho na comida agora vira combustível. Super Interessante. Ediçâo 247, 15 dez. 2007, p. 33.)

Com base no Texto II e nos conhecimentos sobre a produção e uso do milho, assinale a alternativa correta.

A)

No atual estágio do capitalismo, o milho ganhou destaque, pois dispensa o uso das novas tecnologias de produção.

B)

A descoberta dos usos do milho garante aos EUA hegemonia econômica no mercado mundial.

C)

Os novos usos alimentares do milho têm atuado como obstáculo à pesquisa brasileira do biodisel.

D)

O milho confirma a vocação agrícola dos EUA, outrora abandonada com a insdustrialização do país.

E)

Apesar de seu uso industrial, produtos primários ainda desempenham papel de destaque na economia de países centrais como os EUA.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

59)

A partir do final do século XIX, o consumo de alimentos pela população e de matérias-primas agrícolas, pelo setor industrial, atingiu patamares sem precedentes na história das sociedades. Nesse contexto estabeleceu-se a chamada agropecuária comercial moderna.

 

Em relação à agropecuária comercial moderna, todas as afirmações constantes das alternativas a seguir estão corretas, EXCETO:

A)

Nesse sistema agrícola, grande parte das propriedades rurais é administrada como uma empresa.

B)

O nível de tecnicismo aplicado na agropecuária comercial moderna dispensa a mão-de-obra especializada.

C)

Os altos custos dos equipamentos e dos insumos fazem com que a agropecuária moderna seja viável, especialmente em médias e grandes propriedades rurais.

D)

A agropecuária moderna é caracterizada pelo uso intensivo de recursos tecnológicos no campo.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

60)

Existe um sistema agrícola, introduzido no mundo tropical pelos europeus, a partir do século XVI, período que coincide com a decadência do feudalismo e o início da expansão comercial e colonial europeia. Destacou-se por  aplicar grandes capitais na produção de gêneros agrícolas para o mercado internacional e o emprego de latifúndios e de numerosa mão-de-obra.

 

Trata-se do sistema:

A)

Agricultura de “Plantation.”

B)

Sistema de Jardinagem.

C)

Sistema Agrícola Itinerante.

D)

Roça Tropical.

E)

Sistema de Sovkhozes.

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

61)

“O Brasil é o maior produtor de mamão do mundo, mas ocupa só o terceiro lugar entre os exportadores da fruta. Para conquistar mais mercado, os agricultores estão investindo alto. Uma fazenda usa tecnologia de ponta e está criando novas variedades de mamão. Setecentos hectares de pomar, quase800 mil pés de mamão produzindo. [...] A fazenda resolveu produzir as próprias mudas para ter um maior controle da qualidade, inclusive da qualidade do material genético [...] em45 dias as mudas estão prontas para plantio mecanizado.[...] Um trator abre o sulco e outro distribui o adubo. O terceiro faz a mistura de terra com fertilizantes e ajeita as linhas de cultivo. O quarto trator traz dois trabalhadores [...] A mecanização torna o plantio mais uniforme e barato, porque emprega metade dos trabalhadores necessários para fazer o serviço manualmente.”(http:// globoruraltv. globo.com, em 18 de junho de 2005.)

 

Assinale com V ou com F as proposições, conforme sejam respectivamente verdadeiras ou falsas em relação aos aspectos da agricultura moderna presentes no texto.

( ) Para atender ao mercado urbano/industrial moderno, unidades produtivas rurais especializam-se e transformam o campo, marcando as paisagens rurais pela monotonia das monoculturas.

( ) Na busca do aumento da produtividade, o campo tem se modernizado através da especialização e da mecanização da produção agrícola e do uso da biotecnologia, o que torna o espaço rural altamente dependente do consumo e dos serviços urbanos.

( ) No mercado unificado pela globalização, os estabelecimentos agrícolas que não utilizam o emprego maciço de capital e tecnologia, nem inovam nos aspectos organizacionais, tornam-se fragilizados e sujeitos ao fracasso.

( ) No mercado globalizado, a produção agrícola científica e programada exige tanto trabalhadores qualificados como crescente emprego de mão-de-obra não qualificada, resultando no atual processo de “ruralização” dos países ou regiões onde a agricultura se modernizou.

 

A sequência correta é:

A)

V V V F

B)

F F F V

C)

V F V F

D)

F F V V

E)

V F F V

 

Resposta: A

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

62)

I. Atividade agrícola praticada em pequena escala de produção. Baseia-se na produção de alimentos, como feijão, milho, mandioca, inhame e outros, para seu próprio sustento. Apresenta, como características principais, pequenas propriedades, onde se faz a rotação de terras, técnica rudimentar, de baixa produtividade, que consegue, no máximo, atender às necessidades de subsistência do grupo familiar que aí trabalha.

II. Forma de cultivo de cereais e hortaliças, muito comum no sul, sudeste e leste da Ásia. Apresenta, como características principais, o uso intensivo da força de trabalho e o baixo investimento de capital, em áreas com adensamento populacional e poucas terras agricultáveis, com baixa produtividade por pessoa e alta produtividade por hectare. (COELHO; TERRA, 2005, p. 358).

 

Os sistemas de produção rural, retratados nos textos I e II, são, respectivamente,

A)

agricultura extensiva e agricultura de terraceamento.

B)

agricultura de terraceamento e agricultura comercial.

C)

agricultura itinerante e agricultura de jardinagem.

D)

agricultura intensiva e agricultura de subsistência.

E)

agricultura extensiva e agricultura científica.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

63)

A introdução de organismos geneticamente modificados (OGMs) de alto rendimento pode implicar uma homogeneização cada vez maior das práticas de cultivo e, também, do meio natural. Por outro lado, o homem tem abandonado os cultivares tradicionais, mais adaptados aos diferentes ecossistemas. Essa situação, que preocupa os ambientalistas, é denominada

A)

Revolução Verde.

B)

Assoreamento Biotecnológico.

C)

Erosão Genética.

D)

Corredor Transgênico.

E)

Biopirataria.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

64)

O texto a seguir revela como a modernização dos agronegócios pede por novas tecnologias, tal como o monitoramento via satélites.

Algumas técnicas de geografia e cartografia vêm sendo empregadas na análise e gestão agrícola, uma vez que novos satélites comerciais oferecem imagens cada vez mais precisas, detalhadas e atualizadas de qualquer localidade do território nacional brasileiro.

Conhecido como Sensoriamento Remoto, esse conjunto de técnicas possibilita a obtenção de informações sobre alvos na superfície terrestre (objetos, áreas, fenômenos), através do registro da interação da radiação eletromagnética com a superfície, realizado por sensores distantes, ou remotos. Geralmente esses sensores estão presentes em plataformas orbitais ou satélites(...).

SEABRA, Felipe. http://www.digibase.com.br

O texto aponta para aspectos importantes, que podem ser relacionados à evolução moderna dos agronegócios.

 

Pode-se afirmar CORRETAMENTE que, nos termos do texto,

A)

as informações obtidas por imagens de satélites não influenciam outras áreas, como as de abastecimento e distribuição de alimentos.

B)

além da agricultura extensiva, os segmentos de meio ambiente, recursos hídricos e segurança pública estão sendo beneficiados com a nova geração de satélites.

C)

o monitoramento de safras a partir de imagens de satélites é, atualmente, uma fonte importante de informações para melhor aproveitamento das áreas das lavouras modernas.

D)

o Sensoriamento Remoto favorece o manejo e o monitoramento das safras agrícolas, sem promover interferências na gestão logística da produção.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

65)

“A agricultura tem passado por grandes mudanças em relação às forças produtivas, à propriedade da terra e às relações de produção.”

(Geografia Geral – Marcos Amorim Coelho)

A respeito das mudanças provocadas na agricultura moderna, conforme fragmento citado, todas as alternativas apresentam interpretações corretas, para esse fato, EXCETO:

A)

Ocorre a submissão ao grande capital, a interferência e o domínio das grandes empresas.

B)

Aumenta, consideravelmente, o número de produtores especializados.

C)

Permite o aperfeiçoamento dos mecanismos de comercialização e escoamento da produção.

D)

Possibilita a integração dos trabalhadores rurais e a redução dos conflitos pela posse da terra.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

66)

Na busca de maiores lucros, a agricultura moderna, capitalista, tem utilizado recursos que, ambientalmente, nem sempre são adequados.

 

Assinale a alternativa INCORRETA a respeito das técnicas utilizadas para aumentar a produtividade do cultivo das grandes lavouras comerciais.

A)

O solo é, geralmente, fertilizado quimicamente por meio de aplicação de técnicas às vezes de altos custos.

B)

Para manter a lavoura “saudável”, utiliza-se a adubação orgânica em larga escala.

C)

Os cultivos e colheitas são feitos de forma rápida e sem desperdício, utilizando implementos agrícolas e, em alguns casos, máquinas.

D)

A umidade (água) é disponibilizada naturalmente ou por meio de sistema de irrigação artificial, com o objetivo de se evitar o déficit hídrico.

E)

As sementes selecionadas devem germinar rapidamente, produzir mais e estar prontas para a colheita em pouco tempo.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

67)

Rotação de culturas é uma técnica agrícola de conservação que visa diminuir a exaustão do solo. Isto é feito trocando as culturas a cada novo plantio de forma que as necessidades de adubação sejam diferentes a cada ciclo.

 

Consiste em alternar espécies vegetais, numa mesma área agrícola. A rotação de culturas é vantajosa por que

A)

viabiliza a possibilidade de produção de vários produtos na mesma safra.

B)

diminui a longo e médio prazo os gastos com recuperação de solo.

C)

garante, ao agricultor, maior lucratividade em curtíssimo prazo.

D)

aumenta a lucratividade do produtor por conta da qualidade do produto.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

68)

Caracterizou-se pela modernização do campo, principalmente por meio da introdução de novas técnicas de cultivo, tais como: uso intensivo de agrotóxicos no combate às pragas, aplicação de adubos e fertilizantes para a recuperação dos solos, emprego de máquinas e implementos agrícolas, além da utilização de sementes selecionadas, mais resistentes e produtivas.

As características acima foram adotadas, a partir da segunda metade do século XX, por vários países do mundo, inclusive o Brasil, e receberam o nome de

A)

agricultura moderna.

B)

revolução verde.

C)

agricultura de precisão.

D)

industrialização no campo.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

69)

As bases da produção agrícola são a terra, o trabalho e o capital. A importância de cada um na economia agrícola está relacionada ao grau de desenvolvimento econômico de cada país.

 

Nesse contexto, é correto afirmar que o

A)

sistema agrícola mais utilizado nos países centrais é o plantation.

B)

sistema de plantation se caracteriza pela policultura, pela produção voltada para o mercado interno e pelo uso de latifúndios de exploração.

C)

sistema intensivo manual, denominado de jardinagem, é amplamente utilizado no sudeste asiático.

D)

aumento da demanda de gêneros alimentícios, em função do crescimento demográfico mundial, fez da agricultura a atividade econômica mais rentável do planeta.

E)

sistema extensivo, no Brasil, só é praticado em larga escala no Paraná, que, por essa razão, se tornou o maior produtor nacional de grãos.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

70)

As figuras abaixo representam o espaço agrário brasileiro em sua unidade contraditória. Esta unidade contraditória é dada pela produção/reprodução da grande agricultura moderna (figura 01) e da pequena agricultura (figura 02).

0

Com base nos seus conhecimentos sobre os dois modelos de organização do espaço agrário brasileiro, representados nas duas figuras, marque V para as afirmações verdadeiras, F para as falsas.

( ) A forte presença de tecnologias avançadas na intermediação da produção na grande agricultura moderna constitui as suas paisagens como típicas do meio geográfico técnico-científico-informacional. Por outro lado, na pequena agricultura, as forças humana e animal são intensamente utilizadas para realizar o trabalho e para produzir o espaço geográfico.

( ) Na grande agricultura moderna prevalece a utilização da mão-de-obra ciência, a presença do trabalho assalariado permanente e a ausência do trabalhador temporário (volantes ou boias-frias). Na pequena agricultura, predomina a força de trabalho representada pelo trabalhador temporário (volantes ou bóias-frias), sem nenhuma garantia trabalhista.

( ) Na grande agricultura moderna, a produção está voltada para o mercado externo, portanto, vincula-se profundamente com as redes globais de produção, circulação, distribuição e consumo. Na pequena agricultura, a produção visa à própria subsistência das famílias que a pratica e à comercialização no mercado interno.

( ) A soja, a cana-de-açúcar, a laranja etc. são culturas bastantes praticadas no modelo agrícola moderno e de elevada escala de produção. Por outro lado, produtos tradicionais da mesa brasileira, como a mandioca, o milho, o feijão, as hortaliças etc., provêm da pequena agricultura.

( ) Na grande agricultura, as intensas mecanização e quimificação causam grandes impactos ambientais, a exemplo da degradação dos solos, das águas, da destruição da biodiversidade etc. Já na pequena agricultura, os impactos ambientais inexistem, uma vez que suas técnicas e seus métodos de produção não são destrutivos dos dois principais fatores de produção na agricultura (o solo e a água).

A sequência correta é:

A)

V V V F F.

B)

V F V V F.

C)

V V V F V.

D)

V V F F F.

E)

V V V V V.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

71)

O HOMEM ATRAVÉS DOS TEMPOS: DO MEIO NATURAL AO MEIO TÉCNICO- CIENTÍFICO INFORMACIONAL

Durante milhares de anos o planeta foi habitado por caçadores e coletores. Nesse período a natureza comandava direta e indiretamente as ações do homem e a precariedade das técnicas disponíveis fazia com que ela triunfasse. Com a domesticação das plantas e dos animais, característica da Revolução do Neolítico, intensificou-se a criação de técnicas destinadas a ampliar o controle humano sobre a natureza. Mais tarde a invenção e difusão das máquinas através da Revolução Industrial intensificaram as mudanças ao meio natural. Esse domínio das sociedades humanas sobre a natureza acelerou o potencial produtivo, com tecnologias que afetaram profundamente a agropecuária e a indústria e, ao mesmo tempo, intensificaram as alterações ambientais. A partir do meio técnico-científico-informacional o espaço geográfico ganhou novos conteúdos e impôs à sociedade novos comportamentos, onde o mercado graças à ciência, à técnica e à informação tornou-se um mercado global.

“Não é exagero afirmar que o espaço geográfico contemporâneo é o resultado das transformações introduzidas pela Revolução Industrial em suas diferentes etapas. O modo de vida atual é (...) fruto das transformações trazidas pela tecnologia industrial.(...) A ciência, no estágio atual, está estreitamente ligada à atividade industrial e às outras (...) econômicas: agricultura, pecuária, serviços.(...), componente fundamental para as empresas, o desenvolvimento científico e tecnológico é revertido em novos produtos (...) redução de custos, permitindo (...) maior capacidade de competição num mercado cada vez mais disputado.”

Orbita.starmedia.com/geoplanetbr/indústria.htmlacessado em 17/09/2009

No contexto da citação acima, é correto afirmar que:

A)

embora a ciência esteja diretamente ligada ao atual desenvolvimento industrial, as atividades deste setor que apresentam maior crescimento são aquelas que simplesmente transformam matérias-primas em produtos manufaturados.

B)

este avanço tecnológico, no setor industrial, provoca a substituição dos trabalhadores humanos por robôs ou máquinas inteligentes sempre em busca de maior competitividade. Tal fato origina entre outras consequências o chamado “desemprego estrutural”, algo bem característico e presente na indústria contemporânea.

C)

um setor considerado de ponta, nesta fase técnico-científica-informacional, é a biotecnologia e, particularmente, a engenharia genética, que atua em várias direções, sendo que, na agropecuária, o surgimento dos cultivos com sementes transgênicas atingiu alta produtividade, conseguindo com isto diminuir significativamente a fome endêmica de alguns países africanos e asiáticos.

D)

o avanço do setor de engenharia genética tem possibilitado não só a prevenção de doenças congênitas, mas também a seleção das características genéticas das pessoas, antes mesmo do nascimento, fato considerado ético e aceito por unanimidade entre as comunidades científicas e religiosas.

E)

uma grande vantagem deste avanço técnico-científico na indústria é a distribuição homogênea, pelo espaço geográfico global, das vantagens advindas do mesmo, atingindo com igual intensidade as diferentes sociedades contemporâneas da Terra.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

72)

Em 1492, quando os europeus chegaram nas terras que seriam chamadas de América encontraram uma população bastante numerosa, a qual, em relação à organização e à divisão do trabalho, apresentava-se:

A)

com traços de homogeneidades, quando se tratava dos Incas, pois, estes, ao dominarem diversos povos andinos, mantiveram suas tradições culturais, permitindo que os mesmos conservassem as formas de trabalho que desenvolviam em suas regiões.

B)

utilizando os critérios de sexo e idade, quando se fala dos Guaranis, povo associado aos Tupis, em que mulheres, homens e crianças trabalhavam respectivamente na agricultura e na coleta; na caça e na pesca; e nas tarefas domésticas.

C)

assentada na mão-de-obra escrava originária das regiões dominadas pelos Maias, que tinham como base de suas atividades econômicas a lavoura e o pastoreio, utilizando prioritariamente a mão-de-obra masculina.

D)

com formas semelhantes, quando eram povos situados na mesma região, como é o caso dos Maias, Astecas e Incas, pois a densidade demográfica de suas regiões contribuiu para que as terras fossem cultivadas por famílias camponesas, inexistindo a escravidão.

E)

utilizando o critério de que todos os habitantes da aldeia participavam da caça, da coleta de frutos e raízes e da pesca, quando se tratava de povos nômades, como é o caso dos Tupinambá e Guaranis, que viviam nas florestas do continente sulamericano.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

73)

“É um tipo de sistema agrícola primitivo, adotado historicamente nos ecossistemas de floresta tropical, em que o ser humano derruba trecho da floresta, queimando-o como preparo da terra para o cultivo de subsistência, obtendo durante poucos anos (4 a 6) alimento e, posteriormente, abandonando essa área que se tornou improdutiva. Passa então a ocupar novo trecho de floresta e assim por diante. A área inicial abandonada, onde se estabeleceu vegetação  secundária, após cerca de 20 anos, poderá ser novamente utilizada para o cultivo.”

 

Essa é a definição do:

A)

Sistema de “Plantation”.

B)

Sistema Intensivo.

C)

Sistema de Agricultura de Vazante.

D)

Sistema de Agricultura Itinerante.

E)

Sistema de Rotação de Culturas.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

74)

O processo de modernização tem afetado extensões significativas do meio rural brasileiro. A prática da agricultura moderna, no entanto, tem gerado diversos problemas ecológicos. Dentre esses problemas, pode-se destacar

A)

a aplicação excessiva de agrotóxicos, o que favorece a proliferação de microorganismos que fertilizam o solo.

B)

a utilização de adubos orgânicos, o que intensifica a poluição das águas subterrâneas.

C)

o uso intensivo de agrotóxicos para combater pragas, o que contribui para o aumento da poluição das águas.

D)

o emprego de técnicas de controle biológico das pragas agrícolas, o que diminui a fertilidade do solo.

 

Resposta: C

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

75)

Observe o mapa, no qual estão assinaladas áreas de plantio de um importante produto agrícola.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/FUVEST2012GEO08.PNG

Esse produto e características de suas áreas de ocorrência estão corretamente indicados em:

A)

 Produto  Declividadedo terreno  Clima  arroz  muito baixa (<3%)  temperado e subtropical

B)

 Produto  Declividade do terreno  Clima  soja  variável  equatorial

C)

 Produto  Declividade do terreno  Clima  cana-de-açúcar  variável  subtropical e tropical

D)

 Produto  Declividade do terreno  Clima  milho  baixa (até 12%)  tropical úmido

E)

 Produto  Declividade do terreno  Clima  trigo  baixa (até 12%)  temperado e subtropical

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

76)

As pesquisas arqueológicas das civilizações marajoaras, por meio do estudo dos vestígios da cultura material (especialmente objetos de cerâmica) que remontam ao século I a.C., revelam a existência de uma estrutura sociopolítica nomeada pelos pesquisadores de cacicados. Nesse sentido, caracteriza-se o sistema político de cacicado como:

A)

regime democrático em que a atividade produtiva de criatórios aquáticos, complementados pela atividade de caça e pesca dava sustentação a um perfeito igualitarismo no que se refere à participação política.

B)

regime de poder centralizado, existente em sociedades baseadas em recursos aquáticos, em que rituais e crenças religiosas eram provavelmente controlados por grupos pequenos no poder.

C)

regime político dirigido por uma elite religiosa monopolizadora da fabricação e difusão de símbolos religiosos em vasilhas e urnas de cerâmica voltadas exclusivamente para os rituais.

D)

sistema de pequenas comunidades autogestadas sem chefia centralizada, cujos vestígios estão nos tesos marajoaras, que são aterramentos artificiais do que constituíam assentamentos humanos.

E)

sistema sócio-político plenamente igualitário organizado a partir das relações de parentesco vigentes entre famílias, linhagens familiares e clãs.

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

ID: 55476

77)

Durante muito tempo foi visto como forma menor de ambiente natural e com terras imprestáveis para a agricultura; ocupava originalmente 2,1 milhões de Km2; possui grande biodiversidade; na década de 50 e 60 do século passado recebeu significativo contingente populacional, iniciando assim seu desmatamento; as atividades econômicas predominantes desenvolvidas em sua área são as monoculturas e a pecuária.

 

As características apresentadas no texto referemse a que domínio vegetacional brasileiro?

A)

Floresta Amazônica.

B)

Mata dos Pinhais.

C)

Pantanal.

D)

Campos.

E)

Cerrado.

 

Resposta: E

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

78)

Alguns pequenos agricultores residentes no município de Ouro Preto do Oeste (RO), organizados na Associação de Produtores Alternativos (APA), plantam roças e, ao mesmo tempo, mantêm a vegetação nativa. Como resultado a cobertura vegetal das propriedades apresenta espécies típicas como ipê, mogno, cerejeira, consorciadas com espécies exóticas: cacau, babaçu, teca, pupunha, café entre outras.

(Programa Globo Rural. São Paulo, Rede Globo, 26 set. 2004. Programa de TV.)

Esse sistema de manejo sustentável é denominado:

A)

Multiflorestal

B)

Agroflorestal

C)

Agrossistêmico

D)

Plantio ecológico

E)

Plantio direto

 

Resposta: B

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

79)

Analise os mapas abaixo.

http://www.educandusweb.com.br/ewbco/portal/upload/xinha/UFU201121GEOG28.PNG

 Assinale a alternativa correta.

A)

O pequeno número de imóveis rurais com grande área relativa é uma característica da região litorânea do nordeste, resultante do avanço histórico dos latifúndios monocultores sobre as áreas de caatinga.

B)

A região do oeste amazônico apresenta um grande número de propriedades que possuem as maiores áreas, o que a caracteriza como a região dos grandes latifúndios, resultante da ocupação por grandes empresas.

C)

A expansão da fronteira agrícola no centro-oeste é caracterizada pelo grande número de imóveis rurais com pequena área relativa, resultante do processo de colonização baseado em assentamentos familiares.

D)

As regiões de ocupação humana mais intensa, desde o período colonial, no território brasileiro, são aquelas onde se encontra o maior número de imóveis com área relativa menor, o que indica um processo histórico de parcelamento do solo.

 

Resposta: D

_________________________________________________________________________________________________________________________