Geografia do Brasil - Recursos Naturais

 

1. Os estados de Minas Gerais, Goiás, Pará e Rondônia possuem, respectivamente, as maiores reservas minerais nacionais de:
A ) ferro, níquel, bauxita e cassiterita.
B ) níquel, bauxita, cassiterita e ferro.
C ) bauxita, cassiterita, ferro e níquel.
D ) cassiterita, ferro, níquel e bauxita.

E ) ferro, bauxita, ferro e níquel.

 

2. Numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda e, em seguida, assinale a alternativa que contém a seqüência correta.
1 - Bacia do Paraná
2 - Bacia de Campos
3 - Pantanal
4 - Bacia do Ribeira de lguape
5 - Bacia do Paraíba do Sul

( ) exploração de petróleo
( ) produção de chá
( ) terra-roxa
( ) turismo - pesca esportiva
( ) concentração industrial
( ) pecuária extensiva
( ) produção de hidroeletricidade

a ) 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 1 - 2
b ) 4 - 1 - 2 - 3 - 5 - 3 - 4
c ) 2 - 4 - 1 - 3 - 1 - 5 - 1
d ) 2 - 4 - 1 - 3 - 5 - 3 – 1

e ) 3 - 4 - 1 - 3 - 5 - 2 – 1

 

3. Dentre os grandes projetos que objetivaram a integração da Amazônia, destacase o que visava à ocupação efetiva das áreas fronteiriças, ao desenvolvimento de infraestrutura e valorização econômica e à demarcação de terras indígenas. A descrição diz respeito ao Projeto

a) Calha Norte.
b) Jari.
c) Trombetas.
d) Carajás.
e) Tucuruí.

 

4. Alguns anos vivi em Itabira.

Principalmente vivi em Itabira.

Por isso sou triste, orgulhoso: de ferro.

Noventa por cento de ferro nas calçadas.

Oitenta por cento de ferro nas almas...

Carlos Drummond de Andrade

Os versos acima referem-se à cidade de Itabira,

a) situada no Quadrilátero Ferrífero, tendo Ponta da Madeira (Itaqui) como porto exportador.

b) localizada na importante jazida de ferro de Carajás, uma das maiores reservas minerais do mundo.

c) produtora de ferro e carvão, servida pela energia elétrica de Furnas e Trombetas.

d) situada na mais antiga área de exploração do minério de ferro no Brasil, em região de escudo cristalino.

e) localizada no principal corredor de exportação de ferro e carvão do Brasil, tendo Paranaguá como porto exportador.

 

5. Na tabela abaixo, cada porto brasileiro movimenta um produto mineral dominante. Assinale a associação correta.

Tubarão (ES)

Imbituba (SC)

Macau (RN)

São Sebastião (SP)

a)

Ferro

Fosfato

Petróleo

Sal

b)

Carvão

Sal

Fosfato

Ferro

c)

Manganês

Xisto

Sal

Fosfato

d)

Zinco

Cobre

Carvão

Petróleo

e)

Ferro

Carvão

Sal

Petróleo

 

6.  Quanto aos combustíveis, o Brasil enfrenta alguns problemas, pois:

A) as reservas conhecidas de petróleo são pequenas e o carvão mineral é de qualidade inferior;

B) o sistema energético brasileiro baseia-se, exclusivamente, na eletricidade de que somos grandes produtores;
C) a má localização de combustíveis fósseis, em relação aos centros consumidores, dificulta a sua exploração;
D) não ocorrem, no Brasil, as estruturas geológicas sedimentares propícias à formação desses jazimentos;
E) N.D.A.

 

7. O crescimento do uso de um determinado tipo de fonte de energia, em detrimento de outro, decorre do modelo político-econômico de um país e das políticas de desenvolvimento econômico por ele adotadas. No Brasil, a partir da década de 50, passou-se a impulsionar um setor da economia e, com ele, uma fonte de energia teve seu uso ampliado consideravelmente. O setor da economia e a fonte de energia mencionados são, respectivamente:

 a) Setor de transportes / álcool.

b) Setor comercial / carvão mineral.

c) Setor industrial / petróleo.

d) Setor agropecuário / óleo diesel.

e) Setor de serviços / carvão vegetal.

 

8.

A antigüidade geológica do território brasileiro, associada aos diferentes tipos de rochas e terrenos que se formaram ao longo de mais de 2 bilhões de anos, confere ao país uma extraordinária riqueza mineral.

(Coelho, Marcos de A. Geografia do Brasil. 1996)

Sobre os recursos minerais brasileiros, considere os itens seguintes:

I – A bauxita é explorada principalmente na Região Norte, no vale do Rio Trombetas, entre outras áreas do Estado do Pará. Há uma forte presença de multinacionais do setor de alumínio, associadas quase sempre a empresas nacionais, tanto na exploração quanto no beneficiamento do minério.

II – O minério de manganês é extraído, na quase totalidade, na Serra do Navio, no Amapá, onde se encontram as maiores reservas do país, suficientes para garantir o suprimento do principal comprador, os EUA, por cerca de mais um século.

III – O minério de ferro é extraído no Pará, na Serra dos Carajás, em Minas Gerais, no Quadrilátero Ferrífero, e no Mato Grosso do Sul, em pequena escala, no Maciço de Urucum. O mercado interno é atendido, principalmente, pela produção do Quadrilátero Ferrífero.

IV – O ouro é extraído, principalmente, em Minas Gerais e no Pará, sendo que o aumento da produção, decorrente da exploração empresarial de novas jazidas, tornou o produto a mais importante fonte de divisas do país.

V – A cassiterita é explorada em Rondônia, estado que possui as maiores reservas e é responsável pela totalidade da produção brasileira de estanho. O baixo consumo interno justifica a grande exportação do metal.

Assinale a alternativa que contém todos os itens corretos:

A) I, II, III, IV e V

B) I, II e V

C) III, IV e V

D) I e III

E) II e IV

 

9. O crescimento econômico de um país depende, em grande parte, de sua matriz energética, ou seja, da quantidade e da qualidade dos recursos energéticos disponíveis para o setor produtivo, de transporte doméstico:

Assinale a alternativa incorreta:

a) o setor energético que mais tem apresentado problemas, nos últimos vinte anos, apesar dos esforços do governo, é o dos combustíveis líquidos.

b) o carvão de Santa Catarina é o único dos produzidos no Brasil que pode ser coqueificado ou usado em altos-fornos siderúrgicos, apesar de apresentar altos teores de cinza.

c) o potencial hidrelétrico nacional está praticamente esgotado, sendo urgente a busca de fontes alternativas de energia.

d) o proálcool pode ser considerado um sucesso, embora a ocupação de vastos espaços pelos canaviais se dê em detrimento das culturas alimentícias.

e) a utilização do gás natural pelas indústrias nacionais é ainda incipiente, podendo ser dinamizada a partir do melhor aproveitamento do gás gerado pela bacia de Campos e pela importação do gás boliviano.

 

10. A reintrodução do "horário de verão" no Brasil foi conseqüência da:
a) crise energética que afeta especialmente as regiões Sul e Sudeste.
b) necessidade de racionalização dos horários dos diferentes setores industriais do país.
c) prolongada estiagem que assolou, nos últimos anos, a região Nordeste.
d) ampliação da demanda de hidroeletricidade no setor de serviços acompanhada pelo declínio do consumo no setor industrial.
e) melhoria geral das condições de vida no país, que permite maior disponibilidade de tempo para o lazer.

 

11. A expressão aluvial ou aluvião refere-se normalmente:

A) à desintegração das rochas pela pressão do congelamento das águas nas regiões polares ou montanhosas.
B) ao processo de subducção que teria formado cordilheiras como a andina, ao longo da orla marítima.
C) à estrutura da Terra no que diz respeito ao núcleo interno e núcleo externo na geração do magnetismo terrestre.
D) a mapas hipsométricos como os da proposta do professor Jurandyr Ross.
E) aos solos criados pela ação das águas correntes, principalmente.

 

12. Considere o texto e as seguintes afirmações sobre a energia nuclear no Brasil.

"No Brasil, o programa nuclear venceu as denúncias de corrupção, sobreviveu à crise econômica e driblou a imagem de incompetência... Segundo os planos do governo Itamar Franco, dele dependerá o fornecimento de energia para a Região Sudeste...

FONTE: Os caminhos da Terra / Ano 2 / Número 4.

I - A localização das usinas nucleares está ligada a proximidade da fonte de matéria-prima e ao mercado consumidor.
II - A Alemanha é um dos países que mais tem investido em usinas nucleares no país.
III - O Brasil tem as usinas de Angra I, Angra II e Angra III no litoral do Rio de Janeiro.

Quais estão corretas:

 (a) Apenas I

 (b) Apenas II

 (c) Apenas I e III

 (d) Apenas II e III

 (e) I, II e III

 

13. A queimada nos ecossistemas campestres do Brasil é uma prática a que os agricultores recorrem anualmente como uma forma tradicional de gestão agrícola em suas propriedades. Com o decreto que institui a Lei de Crimes Ambientais no País (Lei nº 9605/98), esta prática é considerada como sendo crime ambiental passível de aplicação de multas. Em relação a queimada, são feitas as seguintes afirmações.

I. Favorece a disseminação de microorganismos no solo, possibilitando assim, uma maior fertilidade.
II. Diminui a biodiversidade dos ecossistemas campestres, comprometendo o desenvolvimento de uma série de espécies de gramíneas.
III. Favorece o rebrote acelerado das gramíneas palatáveis aos rebanhos, após sua ocorrência.

Quais estão corretas?

(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e II.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.

 

14. A figura abaixo apresenta uma charge cuja temática envolve empresas petrolíferas, aludindo a uma situação ocorrente no Brasil, a partir de 1999.


A charge se refere

(A) à perda de parcela de perfurações e de bacias petrolíferas sofridas pela PETROBRÁS, devido à sua privatização.
(B) à liberalização dos preços da gasolina e à sua distribuição por empresas estrangeiras no país, devido às altas nos preços do petróleo no mercado internacional.
(C) à venda dos direitos de prospecção e extração de hidrocarbonetos na plataforma continental do Brasil.
(D) à necessidade de definir os limites da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) para preservar a soberania da plataforma continental brasileira.
(E) à grande alta do preço do petróleo no mercado internacional em 1999, o que provocou os aumentos no petróleo e seus derivados.

 

15. Sobre a produção do álcool combustível no Brasil, assinale o que for correto.

 I. O Programa Nacional do Álcool foi criado na década de 70, como forma de enfrentar a crise internacional do petróleo.

II. Na década de 80, devido à guerra entre Irã e o Iraque, importantes fornecedores de petróleo para o nosso país, o governo brasileiro manteve uma política de apoio ao Proálcool.

III. A expansão das lavouras de cana-de-açúcar, para atender a produção alcooleira, levou à substituição de áreas antes ocupadas por pastagens e por cultivos, como arroz e o feijão, por extensos canaviais.

IV. O Proálcool foi capaz de amenizar os problemas criados com a crise do petróleo, reduzindo o impacto do aumento dos custos no transporte rodoviário de carga e nos meios de transporte coletivo de passageiros. Estão corretos apenas os itens:

 a) I e II apenas.

b) II e III apenas.

c) III e IV apenas.

d) I, II e III apenas.

e) I, II e IV apenas

  

16. A respeito da produção de energia no Brasil é correto afirmar.

 a) Após os “choques” do petróleo em 1973 e 1979, a Petrobrás ampliou a pesquisa e a prospecção. O resultado desse esforço foi a descoberta de bacias petrolíferas na plataforma continental.

b) O Programa Nuclear Brasileiro tem alcançado resultados positivos na geração de energia nuclear. Já estão em funcionamento as usinas Angra I, II e III.

c) Devido à presença do carvão mineral, a Região Sudeste concentra uma porcentagem significativa da capacidade geradora de termeletricidade do país.

d) A Bacia Amazônica abriga um grande potencial energético amplamente aproveitado.

e) No Brasil a nossa principal matriz energética é de origem térmica (uso do carvão mineral e do petróleo).

 

 17. Em relação as fontes de energia é correto afirmar.

 a) Um dos fatores que propiciam a um país ter grande potencial hidrelétrico é a presença de drenagem do tipo arréica.

 b) O aproveitamento industrial do xisto ainda não é realizado devido a escassez das reservas e dificuldades técnicas.

c) O álcool combustível somente é obtido a partir da cana-de-açúcar.

d) As fontes alternativas de energia, comparadas às fontes tradicionais, apresentam uma série de inconvenientes, entre eles a poluição.

e) No decorrer de toda a sua história, o petróleo tem sido um recurso político por excelência, tanto à sua importância vital para os países, como aos enormes lucros que possibilita.

 

18. "Em 1978, a produção deste minério não chegava a um milhão e maio de toneladas e as áreas de Ouro Preto, Mariana e Poços de Caldas, em Minas Gerais, respondiam por 93% da produção nacional. Em 1983, a produção brasileira atingiu os 7 milhões de toneladas e Minas Gerais cedeu sua liderança para este Estado, que produziu 70% do total nacional."
O minério e o Estado assinalados no texto sã:

(A) Cassiterita - Rondônia.
(B) Manganês - Mato Grosso do Sul.
(C) Cobre - Bahia.
(D) Carvão Santa Catarina.
(E) Bauxita - Pará.


19. Solo escuro e rico em matéria orgânica, formado por decomposição do gnaisse e do calcário. É encontrado principalmente na Zona da Mata nordestina, onde vem sendo utilizado no cultivo da cana-de-açúcar desde o século XVI:

(A) Massapé.
(B) Salmourão.
(C) Aluvial.
(D) Terra-roxa.
(E) Pedzol.

 

20     Nas relações abaixo entre produto e produtor, está correto:

a)       SAL – Rio Grande do Sul; FERRO – Amapá.

b)       FERRO – Amapá; ALUMÍNIO – Rio Grande do Norte.

c)       ALUMÍNIO – Rio Grande do Norte; FERRO – Pará.

d)       MANGANES  - Rondônia; FERRO – Amapá.

e)       FERRO – Pará; FERRO – Amapá.

 

21. "O solo não é estável, nem inerte; muito pelo contrário: constitui um meio complexo em perpétua transformação, submetendo-se a leis próprias que regem sua formação, sua evolução e sua destruição. Forma-se no ponto de contato da atmosfera, da litosfera e da biosfera; participa intimamente nesses mundos tão diversos, pois mantém relações constitutivas com o mundo mineral, assim como com os seres vivos."

Extraído de DORST, Jean. Antes que a natureza morra:
por uma ecologia política.
São Paulo: ED. USP, 1973.

A partir do texto acima, assinale a alternativa que NÃO está correta:
(A) Em áreas desmatadas, a velocidade de escoamento superficial é acelerada, e a água diminui sua capacidade de transportar partículas sólidas em suspensão.
(B) As características do solo estão relacionadas com as formas de relevo e a drenagem da água dos terrenos.
(C) O tipo de solo predominante no Brasil é o latossolo, próprio das regiões de clima quente e úmido, devido ao processo intenso de lavagem e dissolução dos sais minerais que o compõem - a lixiviação.
(D) O plantio de espécies leguminosas intercaladas entre os cultivos permanentes, como o café, garante o equilíbrio orgânico do solo e o protege da erosão.
(E) Os solos se desenvolvem a partir de um processo lento de intemperismo físico e químico sobre uma determinada rocha e sob a influência de seres vivos.

 

22. (FUVEST/SP)


No esquema acima, X e Y são, respectivamente:
a) manganês e bauxita.
b) manganês e cobre.
c) cobre e cassiterita.
d) ferro e cassiterita.
e) ferro e bauxita.

 

23. (FUVEST/SP) Na última década, a ampliação das reservas e da extração de petróleo no Brasil foi possibilitada pela descoberta de novos campos localizados principalmente nas bacias sedimentares:
a) do Amazonas.
b) da Plataforma Continental.
c) do Planalto Atlântico.
d) do Meio-Norte.
e) do Recôncavo Baiano.