P A D O G E O                                                 

INICIAL

CONTEÚDOS

QUESTÕES DE VESTIBULARES

LINKS

 INTERESSANTES

PROFESSOR

PADOVANI

 

 

 

Geografia Geral - Geologia

 

1. (FUVEST-SP) Existem problemas geomorfológicos que ocorrem naturalmente em áreas tropicais de chuvas intensas e topografia íngreme. São mais comuns quando associados a uma urbanização densa e irregular. Em cidades brasileiras como São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, esses processos são frequentes e envolvem perdas de vidas humanas e de habitações.
Os comentários acima referem-se ao processo de:

a) intemperismo físico

b) erosão laminar

c) assoreamento

d) laterização

e) escorregamento

 

2. De maneira geral, pode-se dizer que a atmosfera e a terra são constituídas por sucessão de camadas concêntricas que aumentam a densidade de fora para den­tro. Nesse sentido, a seqüência correta das camadas é a seguinte:

 

a)  Núcleo, Manto, Litosfera, Troposfera, Estratosfera, Mesosfera e Ionosfera.

b)  Núcleo, Manto, Litosfera, Troposfera, Estratosfera, Ionosfera e Mesosfera.

c)  Troposfera, Estratosfera, Litosfera, Mesosfera, Ionosfera, Manto e Núcleo.

d)  Ionosfera, Mesosfera, Estratosfera, Troposfera, Litosfera, Manto e Núcleo.

e)  Estratosfera, Mesosfera, Ionosfera, Troposfera, Litosfera, Manto e Núcleo.

 

3. A seqüência correta das camadas da estrutura da terra, a partir do núcleo central NIFE (A) é:

 

a)      manto, camada intermediária e crosta terrestre.

b)      manto, litosfera e superfície terrestre.

c)      camada intermediária, manto e litosfera.

d)      manto, crosta terrestre e litosfera.

e)      manto, camada intermediária e litosfera.

 

4. No mapa abaixo, as áreas numeradas de 1 a 4 representam as unidades geológico-geomorfo-lógicas da Amazônia Ocidental. Relacione tais unidades (de 1 a 4) com as características agrupadas na seqüência:

 
I. Cadeia montanhosa/rochas ígneas e metamórficas/ Cordilheira dos Andes.

II. Área cratônica/rochas ígneas e metamórficas/ Planalto das Guianas.

III. Bacia intracratônica/sedimentos e rochas sedimentares/Planícies e Terras Baixas da Amazônia.
IV. Área cratônica/rochas ígneas e metamórficas/Planalto Brasileiro.

Assinale a alternativa correta:

área 1

área 2

área 3

área 4

a)

I

III

II

IV

b)

I

IV

II

III

c)

II

I

IV

III

d)

III

II

I

IV

e)

IV

II

III

I

 

5. ‘‘Uma seqüência de rochas similares encontra-se na África, América do Sul, Índia e em outras terras emersas, no hemisfério sul. As rochas são principalmente de origem continental e indicam que, quando se formaram, as terras do hemisfério sul eram parte de um mesmo supercontinente’’. (Adap. Eicher: 1969).

O mapa representa a posição aproximada dessas massas
continentais no final do período Jurássico.

O texto e o mapa fazem referência ao super-continente chamado:

a) Avalônia

b) Laurásia

c) Eurásia

d) Gondwana

e) Atlântida

 

6. A Terra guarda, em ‘‘arquivos mortos’’ naturais, a memória dos climas do passado. A leitura da história da Terra é possível graças à análise dos materiais acumulados nos continentes e oceanos. Esses ‘‘arquivos’’ são especialmente significativos para o estudo dos paleoclimas nos casos de:

I. derrames de lava

II. fósseis animais e vegetais

III. florestas temperadas

IV. gelo das calotas glaciais

V. massas de água fria.

Está correto apenas o que se afirma em

a)     I e II.

b)     I e III.

c)      II e III.

d)     II e IV.

e)     III e V.


7. De acordo com o esquema, é verdadeiro afirmar que:

a) quanto menores os valores de temperatura e pluviosidade, maior é a profundidade de alteração da rocha.

b) quanto maiores os valores de temperatura e pluviosidade, menor é a profundidade de alteração da rocha.

c) quanto maiores os valores de temperatura e pluviosidade, maior é a profundidade de alteração da rocha.

d) é no cruzamento das linhas de temperatura e pluviosidade que a profundidade de alteração da rocha é maior.

e) a profundidade de alteração da rocha não se correlaciona com temperatura e pluviosidade.

 

8. Quanto às formas de relevo, as Américas do Norte e do Sul apresentam, em comum, a predominância de:

a) cadeias montanhosas do terciário a oeste e planícies sedimentares a leste.

b) grandes planícies sedimentares na porção central e dobramentos recentes na porção oriental.
c) cadeias montanhosas do terciário a oeste e planaltos antigos a leste.

d) grandes planícies sedimentares na porção central e planaltos erodidos na porção ocidental.

e) escudos cristalinos a oeste e planaltos antigos a leste.

 

9. Sobre as alterações das rochas e formação dos solos, afirma-se:

 I.       Nas regiões de clima quente e seco (semi-árido nordestino), os processos que respondem pela destruição das rochas são, sobretudo, decorrentes do intemperismo físico.

 II.       Os fatores responsáveis pela formação dos solos são: rocha, tempo, clima, relevo e vegetação.

 III.       Nas áreas de clima equatorial, há uma tendência das rochas serem menos alteradas em função da maior precipitação.

 Está(ão) correta(s)

a)    apenas I

b)    apenas I e II

c)    apenas I e III      

d)    apenas II e III

e)    todas

                                                               

10.    A geomorfologia estuda as formas da superfície terrestre, bem como os processos responsáveis pela gênese e mutação dessas formas. Nesse sentido, é correto afirmar que

a) as falésias são produto de um processo conhecido como abrasão marinha.

b) as dunas são formas tipicamente litorâneas e, nesse caso, as linhas de dunas encontram-se sempre bordejando o mar.

c) os mares de morros encontram-se associados às depressões sertanejas.

d) os inselbergs são formas típicas de áreas úmidas.

e) os meandros dos rios são produzidos pela erosão eólica.

 

11. A expressão aluvial ou aluvião refere-se normalmente:

a) à desintegração das rochas pela pressão do congelamento das águas nas regiões polares ou montanhosas.

b) ao processo de subducção que teria formado cordilheiras como a andina, ao longo da orla marítima.
c) à estrutura da Terra no que diz respeito ao núcleo interno e núcleo externo na geração do magnetismo terrestre.

d) a mapas hipsométricos como os da proposta do professor Jurandyr Ross.

e) aos solos criados pela ação das águas correntes, principalmente.

 

12. Com relação ao quadro natural e sua importância na organização do espaço, assinale a alternativa correta.

a) Nas regiões desérticas, pela ausência de água predomina o intemperismo químico. Por isso, as argilas são o material típico dessas regiões.

b) A formação das jazidas carboníferas do sul do país ocorreu na era cenozóica.

c) Os agentes externos que modelam as formas de relevo são os rios, as chuvas, as geleiras, os ventos, os mares e os seres vivos.

d) Morenas ou moraínas são tipos de acumulação eólica.

e) O tectonismo é o movimento de mudança da superfície da Terra, como os dobramentos e falhamentos, provocados pelos agentes externos existentes no manto terrestre.

 

13. (Puc/rj) O relevo terrestre é resultante da atuação de dois conjuntos de forças denominadas agentes do relevo, que compreendem os agentes internos ou criadores do relevo. Podemos considerar como agentes internos e externos, respectivamente:

a)   tectonismo e intemperismo 

b)   águas correntes e seres vivos 

c)   vento e vulcanismo 

d)   águas correntes e intemperismo 

e)   abalos sísmicos e vulcanismo 

 

14. Sobre a estrutura geológica e as grandes formas de relevo existentes no mundo, considere as afirmativas abaixo:

I - Os escudos são estruturas formadas pela consolidação da magma e constituem as áreas mais recentes da crosta terrestre. Sendo cristalinos, portanto rígidos, os escudos sofreram movimentos tectônicos que os dobraram, formando elevações, como a Serra do Mar.

II - As bacias sedimentares são depressões que foram preenchidas por detritos oriundos das partes mais elevadas. Os melhores exemplos são a Bacia Amazonas e a Bacia do Paraná.

III - As montanhas recentes ou cadeias alpinas foram dobradas na Era Terciária. Correspondem às maiores elevações do planeta, como o Himalaia. São sujeitas a vulcanismo e abalos sísmicos.

Assinale:

a)     Se somente a afirmativa II está correta.

b)     Se somente as afirmativas III estão corretas.

c)     Se somente as afirmativas I e II estão corretas.

d)     Se somente as afirmativas I e III estão corretas.

e)     Se somente as afirmativas II e III estão corretas.

 

15.  Os tipos de rochas de um determinado espaço geográfico estão relacionados com o modelado do relevo terrestre. Neste sentido, pode-se dizer que está correta a afirmativa:

a)  a ação da erosão hídrica em rochas calcárias resulta na formação de grutas e rios subterrâneos;

b)  os sedimentos arenosos acumulados nas praias são transportados pela ação dos ventos levando à formação de planícies fluviais;

c)  as rochas sedimentares, como o arenito, favorecem uma densa drenagem superficial;

d) inselbergs e pediplanos são formas de relevo típicas de regiões onde predominam rochas sedimentares e clima úmido;

e)  as rochas graníticas são decorrentes de derrames vulcânicos, e formam um relevo de planícies e tabuleiros.

 

16.  As altas montanhas são unidades de paisagem constituídas por um relevo relativamente jovem. Sobre esta grande unidade de paisagem do globo terrestre, considere as seguintes afirmações:

I)     sua vegetação é bastante heterogênea compartimentando-se por andares que variam de acordo com as condições climáticas, influenciadas pelo relevo;

II)    o continente australiano possui as maiores cadeias de montanhas com altitudes superiores a 4.000 metros, dentre elas destacando-se o Atlas;

III)         geralmente ocorre em latitudes baixas e médias, sendo que a altitude lhe confere características ambientais próprias, distintas das que são determinadas pelo clima zonal.

 De acordo com as afirmações acima, pode-se dizer que:

a)  as afirmações I, II e III estão corretas;

b)  as afirmações II e III estão corretas;

c)  as afirmações I e III estão corretas;

d)  apenas a afirmação I está correta;

e)  apenas a afirmação III está correta.

 

17. Muitas catástrofes naturais abalam a humanidade, como terremotos, vulcanismo e maremotos. No Brasil, a ausência desses fenômenos é explicada pela

a) existência de terrenos cristalinos antigos localizados nos limites de placas tectônicas.
b) Ausência de rochas vulcânicas basálticas, indispensáveis na ocorrência de vulcões.
c) Localização, distante de dorsais oceânicos e das bordas das placas tectônicas.
d) Grande massa continental, que evita o escape do magma, mesmo estando em áreas de subducção.
e) Localização na Placa Sul-Americana, que não se movimenta desde a era Mesozóica.

 

18. No ano de 1999, a crosta terrestre tremeu na Turquia, Taiwan e México. Fenômenos dessa natureza são comuns nas regiões localizadas em:

I- zonas de instabilidades tectônicas.

II- zonas de relevo jovem.

III- área incluídas na região denominada de Círculo do Fogo.

Quais são corretas?

a) Apenas I;

b) Apenas II;

c) Apenas I e III;

d) Apenas II e III;

e) I, II e III.

 

19. (UFBA) Com base no estudo das placas tectônicas, você vai escolher e somar as opções corretas nas frases a seguir:

a.   As teorias da deriva continental e da tectônica das placas explicam os deslocamentos dos continentes e a formação dos dobramentos modernos.(1)

b.   A alternância de períodos glaciais e interglaciais, comprovada através da evolução geológica, determinou a feição atual do modelado terrestre. (2)

c.   O avanço do mar, ou transgressão marinha, sobre áreas continentais, inundando antigos vales glaciais, teve como efeito a formação de fiordes na Noruega, Escócia e S do Chile. (4)

d.   O granito é uma rocha magmática oriunda de metamorfismo no interior da crosta terrestre. (8)

e.   Movimentos tectônicos originados de pressões verticais sobre rochas muito resistentes resultam na formação de grandes dobramentos denominados orogênese. (16)

f.     Os fenômenos sísmicos e vulcânicos são mais comuns nas bordas das placas tectônicas, especialmente nas que circundam o Oceano Pacífico, que está contraindo, enquanto os outros se expandem. (64)

A soma das opções corretas é:____